O mundo maravilhoso do Sr. WJ

0

O Sr. WJ convenceu a mulher e a alguns amigos que viviam em um mundo maravilhoso e, portanto, por mais que a maioria se atormentasse com tantas coisas ruins que ocorriam diariamente, eles deveriam ignorar tudo isso e condenar aqueles que teimavam em lembrar que o mundo e a vida não eram perfeitos Alguém falou sobre a violência cada vez mais presente nos tempos atuais. O Sr. WJ repreendeu-o: e você ainda fica lendo coisas sobre violência e crimes, deveriam orientar esses jornalistas e escritores que evitassem esses temas! Vou lhe emprestar uns livros sobre amores ternos e vidas serenas, lindas! Que bom, respondeu o amigo. A mulher deu um beijo na face do Sr. WJ e sorriu, feliz:  seu marido era tão inteligente! E aproveitaram para um passeio em um lugar alegre, seguro e sem confusões. Foram todos juntos. Comeram pizza e olharam as vitrines e evitaram a livraria e a banca de jornais. Que jóias lindas! exclamou a Sra. WJ. Vamos olhar, disse o Sr. WJ. Quando entraram na loja foram atropelados por dois homens armados que arrastavam uma moça  como refém e transformaram o local em uma praça de guerra. Impávido, o Sr. WJ ordenou: fechem os olhos! Façam de conta que isso não aconteceu!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários