O presidente é um gozador

0

Demonstrando a sua face  de gozador e brincalhão emérito, o Presidente Jair Bolsonaro, na quinta-feira, meio de improviso anunciou que daria um churrasco para os seus convidados. Isto é, para todos os jornalistas que cobrem o Planalto e mais “alguns outros” convidados. Seriam em torno de mil convidados e acrescentou: cada um contribuiria com 70 reais. Antes que se recolhesse aos seus aposentos, já tinha órgãos de Imprensa criticando o Presidente: “um absurdo, o país enfrentando uma pandemia , e o presidente se divertindo com um churrasco nos jardins do Palácio”. O vice-presidente, o general Hamilton, que conhece muito bem a sovinice do Sr. Bolsonaro, só teve um comentário fazer:  “A contribuição de 70 reais está muito cara”.Etajbém deu um sorrisinho maroto. No outro dia, Bolsonaro  deu mais detalhes: o churrasco teria pelo menos mil pessoas. Mais tarde, veio a se descobrir que o tal churrasco não existiria. Era uma simples brincadeira para passar o tempo. Ao saber das criticas que lhe fizeram, Bolsonaro ria pois não imaginou que sua brincadeira fora longe demais… Alguns outros ministros diziam não acreditar: “No dia em que Bolsonaro der um churrasco, o mundo se acaba”.

João Gomes Barreto

Aracaju chora a perda do professor João Gomes Barreto, marido da professora Olga, com quem era casado há quase 50 anos. Não tiveram filhos. Nos áureos tempoo que cinema era a maior diversão, o casal era sempre visto de braços dados assistindo os lançamentos proporcionados pelo Vitória, Palace, Rio Branco, Aracaju, etc. O casal, como se dizia, “batia a coxia” atrás de um lançamento nos cinemas. Ele nos deixou aos 92 anos de idade, deixando opesaroso seus inúmeros amigos.

Despacha em casa

O Governador Belivaldo Chagas trocou o Palácio do Governo pela sua própria casa. É que, depois que vários servidores do Palácio, foram abatidos pelo corona-vírus, ele ficou com certo receio de também ser derrubado pelo vírus da moda. Só vai ao Palácioi quando não tem  jeito. Uma outra constatação: o Governador Belivaldo tem evitado viajar, mesmo tendo agenda oficial. Sempre que pode manda uma pessoa no seu lugar com a intrução de que, se a negociação ficar complicada, ligue para ele.

As borras de petróleo

Lembram-se daquelas borras de petróleo que sujaram nossas praias há seis meses atrás? Pois já esqueceram. Ninguém se lembra mais delas. Chegaram a dizer que o petróleo daquelas borras era venezuelano. Mas, perícia nelas nunca fizeram. Assim como vieram, também foram embora. Já caiu no esquecimento. É torcer para não voltar mais…

Sem vôos para Aracaju

Nestes tempos de pandemia, Aracaju perdeu metade dos vôos de aviões que pousavam aqui diariamente. Já tivemos quatro vôos diários, hoje, estamos reduzidos a um võo quase que semanal. Ou o povão deixou de viajar, ou as companhias aéreas não tem mais interesse em conquistar frequentadores para suas aeronaves. O mercado nunca esteve tão ruim, como agora.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários