Pau de galinheiro

0

O Congresso foi corroído pela corrupção. Boa parte dos parlamentares se elege pensando unicamente em se locupletar, roubar os recursos públicos para fazer fortuna rápida. Melhor exemplo disso é o escândalo do lava jato, que está deixando o Parlamento brasileiro mais sujo do que pau de galinheiro. Agora mesmo o Senado está cheio de dedos para votar o afastamento do tucano Aécio Neves, flagrado com a boca no microfone pedindo uma propina milionária. Na Câmara Federal, deputados negociam recursos federais para impedir que o Supremo Tribunal Federal investigue o ainda presidente Michel Temer (PMDB). Bastam estes tristes exemplos para justificar uma rigorosa faxina no Parlamento. Cabe ao eleitor usar o voto para limpar a Câmara e o Senado, passar óleo de peroba na cara safada de boa parte dos políticos e eleger quem realmente esteja comprometido com as reivindicações populares. Tomara que essa assepsia comece a ser feita já nas eleições de 2018.

Na justiça

A Polícia já identificou duas pessoas que teriam produzido e colocado na internet vídeos denegrindo o governador Jackson Barreto e o vice Belivaldo Chagas – ambos do PMDB. Os peemedebistas querem processar os acusados por calúnia, infâmia e injúria. Bem feito!

Cedo demais

Não esperem para este ano uma definição política do senador Antônio Carlos Valadares (PSB). Após se encontrar com o presidente estadual do PPS, Clóvis Silveira, Vavá postou nas redes sociais que o momento é de ouvir e aguardar, pois a pressa é inimiga da perfeição. Segundo ele, a eleição de 2018 será atípica. É vero!

Emendas disputadas

Prefeitos sergipanos se reúnem hoje com o deputado Jony Marcos (PRB), novo líder da bancada federal sergipana. Na pauta as emendas impositivas ao Orçamento da União. Os gestores querem que deputados e senadores coloquem ao menos uma destas emendas para os municípios, que estão em petição de miséria. O encontro vai acontecer na sede da Associação de Engenheiros Agrônomos do Estado de Sergipe, em Aracaju.

Natal sem fome

A campanha Natal sem Fome foi relançada 10 anos depois de sua última edição. A tradicional campanha, promovida pela organização não governamental (ONG) Ação da Cidadania e criada em 1993 pelo sociólogo Betinho, tinha sido encerrada devido à redução da miséria no país. A campanha inclui peças publicitárias na televisão, sites, redes sociais e outdoors. Participe!

Pouco interesse

A cada 100 jovens que ingressam nos cursos de pedagogia e licenciatura, apenas 51 concluem o curso. Entre os que chegam ao final do curso, só 27 manifestam vontade em seguir carreira no magistério. Esse desinteresse pela profissão é motivado pela falta de reconhecimento e de condições de trabalho. A pesquisa se baseou em dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Mal na fita

Sergipe (53%) aparece na penúltima posição no tocante a conservação das rodovias federais, ganhando apenas para o Ceará (56%). Segundo o Indicador de Qualidade das Rodovias Federais, 67% da malha estão em boas condições. Do restante, 20% estão em situação regular, 7% em situação ruim e 5% em estado péssimo. Ressalte-se que os governos estaduais não são culpados pelo abandono das rodovias, pois a conservação das BR’s é de responsabilidade do governo federal.

Feira de volta

Uma boa notícia: a Feira de Sergipe voltará a ser realizada na Orla de Atalaia. O evento acontecerá de 16 a 28 de janeiro de 2018. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 20, na sede do Sebrae, localizada Avenida Tancredo Neves, em Aracaju. Em 2018, a Feira será exclusiva para artesanato, mas também haverá palco para shows com artistas locais e grupos folclóricos. Prestigie!

Ficha limpa

O partido Rede Sustentabilidade está coletando assinaturas para apresentar na Câmara de Vereadores de Aracaju um projeto de iniciativa popular criando a Lei da Ficha Limpa Municipal. A ideia é proibir que a Prefeitura e o Legislativo da capital contratem pessoas condenadas em segunda instância. Para ser apresentado, o projeto carece de 25 mil assinaturas.

Como votam

Os senadores terão mais uma prova de fogo nesta terça-feira: votar pelo afastamento ou não do colega tucano Aécio Neves. Os sergipanos Eduardo Amorim (PSDB) e Maria do Carmo (DEM) devem votar pela permanência do tucano no Senado, enquanto Antônio Carlos Valadares (PSB) já informou que votará pela punição a Aécio.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo, em 26 de setembro de 1946

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários