PÉSSIMO EXEMPLO PARA A NAÇÃO

0

O gesto destemperado do Presidente Lula, baforando um charuto, provavelmente cubano, o seu

Cartaz do Ministério da Saúde
preferido, é uma afronta à nação brasileira e bate de frente com as propostas do seu Ministério da Saúde e dos médicos brasileiros que, ao longo da história, vêm travando uma luta hercúlea contra o tabagismo.

E  mais grave que a foto, foram suas declarações, proferidas logo após as comemorações do Dia Nacional de Combate ao Fumo, ocorridas no último dia 29 de agosto.  Disse o presidente: “Eu defendo o uso do fumo em qualquer lugar. Só fuma quem é viciado”.  Simplesmente inacreditável!

É mais uma  declaração infeliz do nosso presidente, entre outras. Talvez ressentido com a repercussão favorável da “lei seca” contra o álcool e a iniciativa do governo paulista, que propõe restringir o uso do fumo em ambientes fechados, Lula dá um péssimo exemplo ao povo brasileiro.

Se o presidente não conhece, os técnicos de seu ministério sabem que:

1.       Segundo dados da Organização Mundial da Saúde morrem cinco milhões de pessoas por ano em função do cigarro;

2.       Metade dos seis tipos de câncer que mais matam no país que Vossa Excelência governa tem o cigarro como fator de risco;

3.       O fumo é responsável  por 90% dos casos de câncer de pulmão, causador de 12 mil mortes por ano no país que governa;

4.       O fumante passivo, se Vossa Excelência não sabe, é aquele que não fuma, porém respira a fumaça do seu cigarro. As crianças são as maiores vítimas de vosso péssimo exemplo.

5.       Se Vossa Excelência soubesse ( com certeza não sabe), quanto o seu governo gasta com o tratamento de pessoas acometidas de doenças provenientes do uso do fumo, seguramente não teria dito essa infâmia.

6.       Depois do álcool, senhor presidente, o tabaco é a droga mais consumida entre os jovens. Como a propaganda na mídia está proibida,  atitude reprovável como a de Vossa Excelência  se constitui em grande estímulo para as nossas crianças e adolescentes.

Em função dessas considerações, cabe ao Presidente Lula um pedido formal de desculpas ao povo brasileiro.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários