PFL/PSDB: o acordo

0

Diálogo futuro de Albano para Deda: é companheiro Deda, não adianta, o dote da noiva (PFL) foi irrecusável. (foto César de Oliveira).

 

 

      Desde a semana passada alguns tucanos mostram de maneira eufórica uma vontade explicita de fazer um acordo com o PFL. Depois de muitas conversas, diálogos e negociações, falta muito pouco para que seja selado o acordo político que fará o governador João Alves Filho (PFL) e o ex-governador Albano Franco (PSDB) voltarem a subir juntos no mesmo palanque desde a briga política em 1998, quando Albano, então no governo e depois de ter acabado de vender a Energipe, anunciou no Palácio de Veraneio a adesão à reeleição dele ao maior líder político da oposição naquele momento: Jackson Barreto, que trocou a candidatura ao governo pela disputa ao Senado Federal. O resultado todo mundo já sabe.

   

     Desta vez Albano Franco está numa posição bastante privilegiada por conta do interesse explicito do PT, de Marcelo Deda, no apoio dele, que seria importante no interior do Estado. Porém, o governador João Alves depois de muito dialogo cedeu em vários pontos. Leiam os principais pontos do acordo político PFL/PSDB:

 

– Albano, digo o PSDB, indicará o vice. João Alves tem preferência especial por Fabiano Oliveira, que tem o perfil jovem e tem um         

   potencial eleitoral grande em Aracaju e região metropolitana. Depois de muita conversa, Fabiano já cedeu.

– Albano, digo, o PSDB, indicará os dois suplentes de Maria do Carmo no Senado Federal. Serão Miriam Ribeiro, pessoa de confiança

  do ex-governador, que foi candidata a vice-governadora em 2002 na chapa de Chico Rollemberg e Luciano Carvalho, outra pessoa de   confiança que foi o primeiro suplente de Jackson Barreto no acordo que deu errado na eleição de 1998.

– Albano, digo o PSDB, indicará uma vaga no Tribunal de Contas, com a aposentadoria de Hildergards Azevedo. Aí entra a alegria do empresário Ricardo Franco. A indicada será a ex-primeira dama e advogada Leonor Franco.

– Agora o ponto que está pegando: Albano será candidato a deputado federal, porém quer manter também a candidatura de Bosco Costa, por isso pediu que Mendonça Prado não seja candidato e os colégios eleitorais do pefelista sejam dados a Bosco.

 

         Não é mera especulação. Todos os pontos acima foram colocados na mesa e aceitos pelo PFL. Apenas a saída de Mendonça Prado do pleito está sendo contornada, principalmente com a senadora Maria do Carmo que deseja a continuação do genro na Câmara dos Deputados. Pelo que se vê, as tentações são grandes e dificilmente os tucanos não cederão aos encantos do PFL. Resta saber o que o eleitorado pensa de tudo isso, já que João Alves e Albano Franco, se confundem tanto na história política como nas idéias neo-liberais.

 

Saúde

De quebra, no acordo entre PFL e PSDB, ainda fala-se numa possível participação de Albano, digo do PSDB, no governo estadual, com a nomeação para Secretaria de Estado da Saúde, da enfermeira e ex-secretaria da área, Marta Barreto.

 

20 votos

Já tem tucano contando quantos votos Leonor Franco terá na Assembléia Legislativa para referendar o nome dela como indicada para o Tribunal de Contas. Pelas contas são 20 votos. Apenas os deputados Belivaldo Chagas, Mardoqueu, Gualberto e Ana Lúcia não devem referendar o nome dela.

 

Chapão I

Feito o acordo o governador João Alves Filho montará uma chapão para a Câmara dos Deputados para tentar eleger no mínimo, cinco deputados. Os principais nomes do chapão: Albano Franco, José Carlos Machado, Eduardo Amorim, Zezinho Guimarães, Jeronimo Reis, Pedrinho Valadares e Bosco Costa.

 

Chapão II

Agora o problema com os estaduais. Num chapão a dificuldade será grande para Jorge Araújo, Ulices Andrade, Luiz Mitidieri e José Teles de Mendonça. Destes apenas dois podem chegar lá, já que a legenda do PFL e do PSC têm candidatos com densidade eleitoral muito forte.

 

Veraneio

O governador João Alves intensificou as visitas dos jovens estudantes ao Palácio de Veraneio. Na última quarta-feira foram cinco ônibus que levaram jovens para almoçar. Depois visitam orla, conhecem a obra da ponte e, alguns chegam até a visitar um shopping da cidade. Os jovens vêm do interior do Estado e alguns, com alguma sorte, chegam até mesmo tomar banho na piscina do Palácio. O jantar também está no pacote. A meta é levar 70 mil estudantes. Por pura coincidência, uma pesquisa qualitativa mostrou que o governador está fraco neste segmento. Porém é coincidência, não tem nada com eleição estadual. Quem pensar nisso é maldade, pura maldade…

 

Testemunha

O radialista Fábio Henrique disse ontem que é testemunha do  harmonioso convívio de Nivaldo Fernando, presidente do Sepuma, com Edvaldo Nogueira, prefeito de Aracaju. Segundo Fábio, quando saiu da prisão Nivaldo disse a Edvaldo que uma relação  entre o Sepuma e a Prefeitura de Aracaju só ocorreu de maneira melhor na administração de Wellington Paixão.

 

Calçadas

A Prefeitura está organizando o transito de algumas ruas do bairro 13 de Julho, porém na rua Álvaro Silva, esquina com a rua da Frente, freqüentadores da academia Sport Connection insistem em colocar seus veículos na calçada. E o pior, organizaram até mesmo uma faixa na calçada, deixando uma pequena passagem para os pedestres. E aí SMTT, o Código de Trânsito não vale naquele local? Ou tem alguma orientação para não multar os veículos? Dois pesos e duas medidas não vale!

 

 

Fazenda

O Fórum Empresarial de Sergipe está há três meses aguardando que o secretário da  Fazenda, Gilmar Mendes, encontre vaga em sua agenda para receber seus representantes a  fim de discutir a pauta de reivindicações encaminhadas a este secretário desde o mês de fevereiro. Com diversos temas relacionados ao Fisco Estadual, empresários ligados a mais de 20 entidades de classe que estão congregadas no Fórum aguardam que seja marcada a data da reunião para a qual o secretário se mostrou receptivo durante almoço com os empresários.

 

Estância

A partir do dia 31 de maio a cidade de Estância passa a ser um dos maiores celeiros festivos do Brasil com a realização do São João. Este ano garante o prefeito Ivan Leite, os grupos culturais serão pelo segundo ano valorizados. O forró-pé-serra, os grupos culturais, as quadrilhas juninas e as batucadas serão mostradas nas feiras livres, praças, coretos e nas escolas da zona rural, culminando com diversas atrações no forródromo Governador João Alves, local onde também serão realizados shows de bandas de renome nacional, queima de barcos de fogo, de espadas e de busca-pés

 

 

Fraude I

O Tribunal de Contas da União multou em R$ 10 mil, individualmente, Clínio Carvalho Guimarães, ex-diretor do Departamento de Administração e Finanças da Secretaria da Educação e do Desporto de Sergipe, Maria Willema Nascimento Argôlo, ex-diretora do Departamento de Administração Escolar, e em R$ 5 mil, Luzia Cristina Guedes Magalhães e Núbia Fernanda Andrade Noronha, ex-presidente e ex-secretária, respectivamente, da comissão permanente de licitação da secretaria, por fraudarem licitação para aquisição de merenda escolar.

 

Fraude II

O grupo simulou certames licitatórios na tentativa de legitimar a aquisição de amendoim e milho cozido já adquiridos anteriormente no âmbito do Programa Estadual de Alimentação Escolar, que engloba a gestão de recursos federais.      A decisão decorreu de representação do Tribunal de Contas do Estado do Sergipe (TCE/SE) com base em denúncias feitas pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Ensino de 1° e 2° Graus da Rede Oficial do Estado do Sergipe. O TCU constatou que os membros da secretaria promoveram o processamento de licitações dissimuladas, com ganhadores predefinidos, na tentativa de legitimar os pagamentos de compras já realizadas, com produtos até distribuídos às escolas.

 

Frase do Dia

“Política tem esta desvantagem: de vez em quando o sujeito vai preso em nome da liberdade”.Stanislaw Ponte Preta.

Comentários