PMDB manda desde Sarney. Agora está nu

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Todos os presidentes que comandaram o país desde Sarney tiveram que se adequarem as ordens do PMDB que sempre teve o comando do Congresso Nacional. Além do próprio Sarney, Itamar Franco, FHC, Lula e agora Dilma se curvaram as pressões e solicitações das suas lideranças. Negar este fato é esconder a história recente do país.

Agora, com a nova fase da lava-jato, o PMDB está Nu. Abriram a caixa de pandora do PMDB. Com as apreensões de documentos e telefones de Eduardo Cunha, o partido definha. Uma das mensagens cita o pagamento, via OAS, de R$ 5 milhões ao vice-presidente Michael Temer. Isto mesmo, Temer, que agora defende o golpe, por baixo do pano, para manter o PMDB no poder. Alguém acha que o Brasil mudará com Temer na presidência?

Retomar a base social – Com a sangria do PMDB e o fatídico 2015, onde viu despencar a popularidade dela, com medidas econômicas duras que afetaram o povo, só resta a presidente Dilma dar uma guinada para retomar a base social que foi a sustentação eleitoral do governo dela e de Lula.

Não tem outro caminho para enfrentar a ânsia de parte do PMDB e de outros segmentos que não respeitam as regras eleitorais. O blog defenderia do mesmo jeito se fosse Aécio no poder. Não se pode quebrar a democracia, não respeitando os resultados das urnas.

Sistema de governo – Aliás, chegou a hora de mudar o atual sistema de governo. Está carcomido. É preciso implantar o parlamentarismo no Brasil de fato, porque na prática já existe. A única diferença é que não tem o primeiro ministro. Se tivesse, com qualquer crise, é só trocar.

Voltando ao tema inicial: o PMDB. Ninguém se engane: o PMDB é um partido que manda no país desde Sarney. E a sangria atual é apenas uma parte da caixa de pandora do PMDB. Que fede, e muito…

Relatório sobre TV Laranja
O blog recebeu um relatório contando uma  história denominada “TV Laranja”. Fala dos verdadeiros donos e de sócios laranjas. No relatório consta uma conversa transcrita, que o autor diz que tem uma gravação que foi feita numa reunião entre três pessoas. Como o blog vai entrar de férias esta semana. Em janeiro, assim que tudo foi comprovado, coloca o suco de laranja, ou melhor, a história na rua.

Itabaiana: ex-politicos montam “gatas” para atrapalhar obras
O blog foi informado que em Itabaiana, o prefeito Valmir de Francisquinho enfrenta um problema até o momento silencioso. Tem algumas pessoas, inclusive ex-politicos, que montaram construtoras, as chamadas “gatas” para participar das licitações. Estas empresas só existem no papel e não tem nem mesmo funcionários com carteira assinadas. Fica o alerta. Quanto melhor expandir as licitações, melhor para que essas “gatas” não ganhem nenhuma obra.

Mensagem de Natal Banese
Bonita a mensagem de Natal e Feliz 2016 do Banese exibida ontem à noite. Parabéns a agência que realizou com maestria a peça publicitária.

Mineiro delivery em Aracaju
A cidade de Aracaju recebeu a franquia de comida mineira mais gostosa do Brasil. Agora os aracajuanos irão conhecer o famoso mexido no box com sabor e tempero inigualável.O Mineiro surgiu em 2012, na cidade de São José do Rio Preto (SP), e vem alcançando grande receptividade por sua inovação no mercado alimentício.São mais de 20 opções de comida mexida que são servidas no box e chegam até o cliente com total comodidade, por meio do sistema Delivery. Prove você também essa delícia que já conquistou tantas pessoas. Rua Cedro, nº 30, bairro São José, Aracaju/SE (79)99959-0139.;

ESPECIAL /  CORRIDA DE RUA / DESAFIO LUNGÃO 51 KM

Lungão 51 km: César de Oliveira, um desafio. Sete guerreiros e o apoio de uma centena de corredores.

Sábado, 19 de Dezembro de 2015. Às 15h10, no estacionamento da Passarela do Caranguejo começava o desafio do fotojornalista

Os sete guerreiros que completaram todo o desafio. César na frente, de meias verdes. (Foto Arthuro Paganini/Facebook/César)

 César de Oliveira: o Lungão 51 km. No início foram apenas 18 corredores. Destes apenas César e mais seis  (os guerreiros:Edson Galdino, Wellington Amarante, Jeorge Davy Porto, Williams Paixao, Kleber Neguinho e Gilvan Santana) percorreram os 51 km. Porém, o desafio tinha o apoio de uma centena de corredores. Alguns entraram faltando 45, 40, 35, 30, 25, 20, 10 e 5 km. Cada um no seu limite.  Os 100 inscritos receberam uma Medalha original do Lungão: um jegue dando coice. Qualquer semelhança com César de Oliveira, não foi mera coincidência.

Dos últimos 10 km até a chegada, no local da partida, foi pura emoção. Entraram na Orla de Atalaia com gritos “Lungão 51, César, César, Cesar..”. Muitas buzinas, aplausos e apoios. Na passarela do Caranguejo a emoção tomou conta de todos. As pessoas pararam para ver César e os seis guerreiros ao lado de dezenas de corredores. Foi bonito. Nem o próprio César esperava tanta recepção e emoção. A Passarela parou para ver o bando de loucos por corrida. Algo inédito em Aracaju.

O desafio foi de César para César – Entre pequenas paradas para hidratação, quase seis horas depois o Lungão 51 km

A emocionante chegada a noite, na Passarela do Caranguejo (Foto Facebook/César de Oliveira)

 terminou. Foi um desafio heroico e como César disse o maior da vida dele de corredor. Não foi uma corrida para disputar, nem para “se aparecer”. Foi um desafio de um ser humano que nos últimos 10 anos mudou o estilo de vida e incorporou a corrida de rua no dia a dia dele. O desafio foi de César para César. Ele tinha o objetivo e o conquistou com o apoio dos amigos e da família.

Estrutura –  De parabéns a estrutura do evento, a Andrey Márcio (além de corredor um verdadeiro showman no percurso final) a incansável Flávia Andrade (Conceito Soluções Esportivas), Jaime Madureira e equipe, Viviane Cavalcante  e todos familiares e amigos de César de Oliveira.

E não tem mais Jeito. Todos já esperam ansiosos 2016 e o Lungão 51km. Podem registrar o desafio no calendário das corridas de Rua de Aracaju.

Valeu César! Pode ter certeza, a sua obstinação e seu exemplo fazem com que a cada dia mais pessoas entrem no “mundo” da corrida.

O desafio foi atingido com coragem e determinação. E o sonho compartilhado por um bando de loucos por corrida. 

Obs: Estou há pouco mais de um ano correndo. Já participei de corridas em Sergipe e em outros estados. Corro apenas 5 km, preciso de uma disciplina maior para chegar pelo menos aos 10 km. Não corri o desafio de César, mas minha esposa fez o último percurso. Prometo que em 2016 vou lhe surpreender César. Pode cobrar. Uma certeza: a corrida transforma as pessoas. Não vira rotina. Não é um vício, é um hábito salutar. Para quem deseja saber o que é superação, basta dá uma lida no livro “Correr” de Drauzio Varella. Lá ele conta a história dele antes de ser famoso e como virou corredor de maratonas.

PELO TWITTER

www.twitter.com/alanbarretoso  Não é todo dia que temos a chance de aprender com os erros dos outros, ..pense nisso!

www.twitter.com/FreiJoaoPaulo  No Brasil é unânime… PT e PSDB enxergam indígenas como entrave ao tal desenvolvimento ! Que o diga os atingidos por barragens etc etc

www.twitter.com/palmeriodoria  Uma força estranha impede Elio Gaspari de digitar Fernando Henrique Cardoso quando admite q a gang se instalou na Petrobras no governo dele.

www.twitter.com/gilgomeslima  “Tudo tenho feito para que a Política seja a arte da partilha do pão para todos”, diz Flávio Dino em artigo sobre o Natal.

ARTIGO

Guardas Municipais e o poder de policia por Ney Lúcio dos Santos*

Monografia apresentada como pré-requisito parcial para conclusão do curso de bacharelado em direito da Faculdade de Administração e Negócios de Sergipe – Fanese. E teve como orientador o professor Alessandro Buarque Couto.

O empenho no presente assunto surgiu devido ao fato deste autor fazer parte da Guarda Municipal de Aracaju por mais de 11 anos e sempre notar as dificuldades de atuação dos membros da referida instituição em relação ao seu dever institucional.

Com o crescimento da violência nos Municípios brasileiros aumentou-se o debate sobre a participação municipal de forma mais efetiva no combate a violência. Diante disso, gerou-se uma discussão social, política, e legal, sobre a utilização das Guardas Municipais como polícia municipal.

Diante de tal problemática, o presente estudo, teve como objetivo identificar qual o poder de polícia atribuído as Guardas Municipais do Brasil. Para isso, abordamos as leis mais recentes que regem sua carreira, assim como, os mais recentes julgamentos judiciais sobre o tema abordado.

Analisamos ainda desde a criação das Guardas Municipais (Guardas “Permanentes” subdivisões das polícias militares), à sua previsão constitucional como servidores municipais subordinados ao chefe do poder executivo municipal.

Diante disso, a interpretação das atribuições das Guardas Municipais, previstas no artigo 144, §8º, da Constituição Federal, não as limita apenas a proteção do patrimônio público municipal (bens e instalações públicas municipais).

Pois a previsão constitucional da proteção aos serviços públicos municipais, acrescido da regulamentação desse dispositivo pela lei 13.022/2014 (estatuto geral das guardas municipais), e pelo julgamento do recurso especial de número 658570 (que conferiu a atribuição de transito às guardas municipais).

Permitem que as Guardas Municipais façam desde a proteção aos usuários dos serviços públicos do município, aos servidores públicos municipais quando da prestação dos serviços do município aos munícipes, a proteção ao meio ambiente, ao patrimônio ecológico e cultural do município, a orientação e fiscalizando do trânsito em todo território municipal nos limites estabelecidos pelo Código de Transito Brasileiro, a repressão administrativa de ações ilícitas, etc. Fazendo o uso do poder de polícia administrativa que lhe é conferido pela legislação vigente.

Além da possibilidade do combate a práticas criminosas, prendendo quem se conforme no permissivo do art. 301 do Código de Processo Penal, isto é, em caso de flagrante.

*Guarda Municipal/ Concluiu o bacharelado em direito e teve como tema “Guardas Municipais e o poder de policia.”

Blog no twitter: http://www.twitter.com/BlogClaudioNun  

Frase do Dia
“O momento exige que os homens de bem tenham audácia dos canalhas.”Benjamin Disraeli, político, escritor, nasceu em 21 de Dezembro de 1804 e morreu em 1881.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários