Pôncio Pilatos e a força estranha q não dá desconto mensalidade Unit

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

É incrível a repercussão negativa em todo o Estado de Sergipe da atitude da Unit em não reduzir as mensalidades neste período de aulas apenas on-line. Agora a culpa não é só dela, mesmo as outras universidades dando descontos, a Unit tem um dado favorável que os pais de alunos tentam descobrir: qual a força estranha existente em Sergipe Del Rey que vai na contramão de quase todos os outros Estados que conseguiram redução das mensalidades? Nem mesmo o projeto do deputado Gilmar Carvalho para reduzir as mensalidades neste período foi votado. A mais recente decisão judicial foi no Rio de Janeiro onde uma faculdade foi obrigada a reduzir a mensalidade neste período de pandemia em 50%. Matéria aqui.

“Que força estranha é essa? Confabulações, penduricalhos?”, indaga um pai de aluno.
O blog não tem como responder a essa pergunta, mas essa situação remete ao nome de Pôncio Pilatos, o governador, prefeito ou procurador (cada autor tem um nome diferente para o cargo) e logo surge a imagem de “lavar as mãos.”

Aqui, lavar as mãos não significa um simples ato tão divulgado, ultimamente, no combate à pandemia para combater a propagação da COVID-19, mas muito além disso.

Quando alguém não quer se comprometer com nada, principalmente com assuntos sérios, dizemos: fulano quer lavar as mãos. Outro exemplo: fulano lavou as mãos em determinado caso para favorecer alguém. Essas coisas são muito comuns no vocabulário do nosso país, mas principalmente em Sergipe Del Rey.

A verdade, é que deve haver motivos de sobra para muitos que se comportam como Pôncio Pilatos, porém as pessoas hoje em dia estão bastante antenadas para a ação dos lavadores de mão.

Portanto, que os Pôncios Pilatos dos dias de hoje fiquem cuidadosos, porque as máscaras caem e a omissão de hoje, como no caso da redução da cobrança de mensalidades para centenas de estudantes pode ser cobrada num futuro próximo.

E o blog fica torcendo para que o gesto de lavar as mãos de Pôncio Pilatos seja apenas um estímulo de proteção ao coronavírus.

 

Anarriê, viva São João! Hoje, 25 de maio, é dia fogueiras, fogos, milho, canjica e quadrilha junina. Em Aracaju, hoje, 25/05, é 24 de Junho, feriado antecipado de São João. Cá para nós: São João não gostou não! Essa pandemia, se brincar, daqui está deixando todo mundo doido… Se brincar daqui há um mês é o réveillon e vem 2021….

Solidariedade aos radialistas da Jovem Pan em Sergipe A emissora se transformou numa trincheira da ultradireita contra a democracia e a Constituição. Radialistas não podem fazer nada. Rádio caiu no total descrédito. Hoje, 25, mostrará que Bolsonaro é “Mito” e não interferiu na PF do RJ.

O trio parada dura Virou ponto de encontro um apartamento localizado na Rua de Itaporanga, no centro de Aracaju, para um “trio” que vive arquitetando ações para quem discorda dos seus pensamentos e decisões. Até fotos o blog já recebeu do apartamento. A vizinhança não é boba e está acompanhando tudo. Não percam, nesta terça-feira,26.

Irmãos siameses O Presidente Bolsonaro disse, na famosa reunião ministerial revelada pelo STF, que quem fosse elogiado por alguns órgãos da imprensa seria demitido.E não é que em Sergipe um irmão siamês de Bolsonaro, uma famosa autoridade, andou dizendo que quem fosse elogiado por este blog seria considerada “persona non grata”! Ou seja, só presta para ele quem é criticado por este blog. Pelo visto será necessário elogiar essa autoridade. É cada uma!

Eleições CREA/SE: situação tem medo de debater propostas  E pela terceira vez, o candidato da oposição ao CREA/SE, Dilson Luiz, teve o direito de disputar a eleição do Conselho ratificado no plenário do Confea, para uma disputa democrática em Sergipe. O interessante que a perseguição do candidato da situação é só com o candidato a presidente da chapa de oposição. Na última quinta-feira, 21, o candidato da situação, Jorge Silveira, ,perdeu na última instância por 17 x 0, sem nenhuma abstenção. “Porque eles não querem fazer uma disputa de ideias, propostas? Só ele acredita que o nosso sistema deve ficar como sempre esteve, sem você”, desabafou Dilson Luiz. A eleição está programada para 15 de julho, mesmo com todo o problema causado pela pandemia. Estranho, o blog, como já divulgou em outras oportunidades, torce para uma mudança drástica no CREA/SE e por isso apoia Dilson Luiz, Paulo Primo e Ronald Donald.


MPE instaura inquérito contra o Banese Deu no NE Notícias: O Ministério Público de Sergipe, por meio da Promotoria de Defesa do Consumidor Aracaju, decidiu instaurar Inquérito Civil, nos termos do artigo 7o, II da Resolução no 008/2015-CPJ que para apurar supostos lucros abusivos em renegociação de empréstimos do Banese. Servidores reclamavam de supostos juros e taxas abusivas.

Renegociação de empréstimos A decisão foi tomada pela promotora de Justiça Euza Maria Gentil Missano Costa, a fim de que se proceda à apuração dos fatos acima narrados e determina que: I – registre-se e autue-se a presente Portaria; II – atue como escrivã do feito, sob compromisso, Ana Patrícia Fontes da Silva Villacorta, servidora pública estadual lotado nesta Promotoria de Justiça; III – encaminhe-se cópia da presente Portaria ao Centro de Apoio Operacional do MP/SE, na forma do art. 15, §1o da Resolução no 008/2015– CPJMP/SE;IV – registre-se no PROEJ;V – arquive-se cópia da presente Portaria;VI – publique-se no Diário Oficial Eletrônico do MP/SE; VII- emitir recomendação dispondo sobre a conduta a ser adotada.

Mulheres na faculdade Deu no valor: Os estudantes das instituições de ensino superior brasileiras têm um perfil bastante claro: é branco, do sexo feminino, com idade entre 19 e 24 anos, estuda em instituições privadas à noite, fez o ensino médio em escola pública, mora com os pais e tem de trabalhar para ter uma renda de até dois salários mínimos. De acordo com o levantamento, 57% dos estudantes matriculados em instituições de ensino superior são mulheres. Nos cursos de licenciatura, elas ocupam 71,3% das vagas. Em bacharelado, esse número é de 54,9%; e nos da área de Saúde e Bem-Estar, elas são 72,1% dos estudantes, como mostra o Mapa do Ensino Superior no Brasil 2020, divulgado ontem pelo Instituto Semesp, informou a Agência Brasil.

Itabaiana: prefeitura e servidores não param. Trabalho no fim de semana Motivados pelos sentimentos de solidariedade e de amor ao próximo, *servidores públicos da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Itabaiana trabalharam durante todo sábado, 23, confeccionando cestas básicas que serão distribuídas às pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade. As cestas serão entregues nas casas das pessoas, previamente mapeadas pelos assistentes sociais da respectiva secretaria. “’Nesse momento de crise generalizada, o Governo Público Municipal de Itabaiana intensifica suas ações de políticas públicas para amparar, sobretudo, aos mais carentes”, esclarece o prefeito, Valmir de Francisquinho.

Laranjeiras: ações e reuniões continuaram durante todo fim de semana Já em Laranjeiras, por conta dos problemas causados pelas fortes chuvas deste a última quinta-feira, 21, o prefeitoo Paulão das Varzinhas vem realizando reuniões com toda equipe de secretários onde foi montando um planejamento emergencial para enfrentar os problemas pós-enchente, principalmente com a atuação nas partes social, ambiental, de infraestrutura com o apoio da da Defesa Civil e toda equipe da assistência social, além de servidores de todas as outras áreas. As equipes desde quinta-feira estão nas ruas percorrendo os locais atingidos pelas enchentes e dando toda assistência para as famílias desabrigadas.

São Cristóvão: prefeitura cria Auxílio Emergencial Municipal Uma boa ideia em São Cristóvão que poderia ser copiada por outras prefeituras de Sergipe: a Prefeitura irá disponibilizar um auxílio financeiro temporário aos servidores com contratos suspensos em virtude dos impactos sociais e econômicos da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). O projeto de Lei foi encaminhado pelo prefeito Marcos Santana à Câmara de Vereadores e já foi aprovado. Conforme o projeto, os servidores receberão o benefício mensal no valor de 30% do valor do salário-base (confira o lado a tabela), o que representa despesa de R$ 111.922,50 de recursos próprios do município.

Ajuda significativa O Auxílio Emergencial Municipal visa garantir as mínimas condições de segurança alimentar para os servidores municipais contratados através do Processo Seletivo Simplificado da Educação, que tiveram os seus contratos suspensos, a exemplo de cuidadores, professores, motoristas, merendeiros, dentre outros. O auxílio deverá ser disponibilizado pelos próximos três meses, podendo cessar em espaço de tempo menor se houver o retorno à normalidade do calendário escolar ou estender-se para o espaço de tempo necessário a aplicação das medidas de combate à pandemia.

Vínculo “Apesar de estarem com seus contratos suspensos, esses profissionais possuem um vínculo com o município, o que impossibilita que eles possam buscar o Auxílio Emergencial do Governo Federal. Por isto estamos adotando essa medida alternativa de criar nosso próprio auxílio emergencial que será destinado exclusivamente para essas pessoas, garantindo assim as mínimas condições de segurança alimentar para estes profissionais e suas famílias”, declarou o prefeito Marcos Santana, lembrando que os contratos foram suspensos por conta das medidas de redução de gastos.

Trabalhos para reduzir impactos das chuvas Além do plano de enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19), a Prefeitura de São Cristóvão tem adotado medidas para atender outras demandas da população. As fortes chuvas que tem caído nestes mês de maio,elevou o estado de atenção. A Defesa Civil municipal juntamente com a Secretaria de Serviços Urbanos (Semsurb) e Assistência Social e do Trabalho (Semast) tem atuado fortemente para diminuir os impactos. Nos últimos dias as equipes estão nas ruas em diversas áreas, principalmente nas próximas às margens do rio Poxim.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

incertezas sobre a Pandemia em Sergipe Por Antônio Samarone: “Cantem, deusas, a cólera de Aquiles…” Em Sergipe a Pandemia cumpre a sua história natural. Livremente! As medidas de prevenção são quase espontâneas. A ação governamental é simbólica: decretos, marketing, avisos, ameaças, muita conversa fiada, e pouca ação. Quase nenhuma ação!Amanhã é um dia de incertezas. As autoridades tomarão novas decisões sobre o combate a Pandemia. Tem sido assim, a cada oito dias ocorrem mudanças. As coisas andam a base do improviso. Amanhã pode ocorrer de tudo, inclusive nada! Não existe um planejamento para a saída da crise sanitária e Sergipe. A Prefeitura de Aracaju publicou um documento com muitos gráficos, muitas cores e poucas ideias. Uma proposta com regras genéricas.A Pandemia não sossega por aqui. Corre solta. Sergipe chegou a 5.131 casos notificados, uma incidência de 223,21 casos por cem mil habitantes, e 86 óbitos. Sergipe possui o menor isolamento social do Brasil. Sergipe caminha no escuro!

UTILIDADE PÚBLICA – Doação de sangue do Hemose prossegue em horário normal nesta segunda- feira Devido à pandemia, por ser um serviço essencial e a baixa nos estoques dos sangues, O, A, B e Ab, fator Rh positivo e negativo, o Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose) informa que a doação segue de segunda a sexta com o funcionamento no horário regular das 7h30 às 17h. A decisão também será aplicada hoje, 25, com a antecipação do São João.A assessora técnica do Hemocentro, Lourdes Alice Marinho, adverte que desde o advento da pandemia do coronavírus os estoques de todos os grupos sanguíneos apresentaram uma redução de mais de 50%. “Os profissionais da unidade estão comprometidos em receber os doadores, para isso gostaríamos de convidar toda a população em condições de saúde adequadas para doação”, convida a médica.

“Aulas suspensas, e agora” Nesta quarta-feira, dia 27/05, às 17h, acontece o Webinar “AULAS SUSPENSAS, E AGORA? Desafios e experiências em Sergipe”, com a participação do Superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado, da Diretora do Departamento de Educação da Seduc, Ana Lúcia Muricy, do presidente da Undime/SE, José Thiago Carvalho, do Pró-reitor de Ensino do IFS/Se, Alysson Barreto e do presidente da FENEM/SE, Renir Damasceno. A mediação será da assessora da superintendência do Sebrae/Se, Cristiane Fonseca. O tema é imperdível. Vagas limitadas. Inscrições pela Loja Virtual:https://lojavirtual.se.sebrae.com.br/loja/evento/2122653


De um leitor: Talvez fosse o momento da SMTT, começar a multar e apreender os carros e motos que retiram o miolo do silencioso para sair pela cidade a fazer barulho o que é proibido por lei (Artigo 230, inciso XI, do Código de Trânsito Brasileiro, infração grave descarga livre ou silenciador de motor de explosão defeituoso). Na orla diariamente passa algum carro ou moto assim como no vídeo:


PELO E-MAIL E FACEBOOK


O calendário que se vire, não ficamos sem o São João Por Bertulino Menezes

Não tenho nenhuma indicação de que sou depressivo. Prefiro pensar nas coisas alegres e com um pé no lado positivo de tudo. Feita essa observação, preciso dizer que estou muito triste. Profundamente abalado!!
Caramba, não estou preparado para determinadas emoções. Duvido que algum terapeuta consiga explicar o que vou fazer com minhas expectativas… Por exemplo, onde vou ver um arraial decorado com bandeirinhas coloridas, balões, sanfona, o Trio Pé de Serra, ou barraquinhas de canjica, milho cozido, arroz doce e tapioca?

Onde vou ver fogueiras, quadrilhas maravilhosas, bingos e casamentos caipiras? Não estou preparado para esse tipo de frustração. Pois é, o feriado de São João foi antecipado, por causa do coronavirus. E sem festas, elas estão proibidas. A Prefeitura de Aracaju quer todo mundo em casa, e acho muito justo que a preocupação maior seja a preservação de vidas.

Mas, meu Deus, São João antecipado e sem as festas tradicionais em Aracaju? Tô ficando muito bravo com essa doença!! É injusto, um caso inédito na nossa história. Perdemos em tudo: na cultura, no comércio, na alegria… Meu Deus, nessa época, só pensamos numa coisa: festa junina!! Quero, sim, o milho verde, a pamonha, o pau de sebo, o correio do amor, o amendoim cozido…

Esse calendário vai ter que ser ajustado, e não tem pandemia nesse mundo que vai impedir que a gente faça a festa do nosso jeito, ainda que seja em agosto, setembro ou dezembro. São João, São Pedro e Santo Antônio vão entender!! A música, a dança e a alegria vão tomar conta de nossas ruas, um pouco mais à frente, e honrar a maior festa do Nordeste. E com as bênçãos dos santos homenageados!!

FACEBOOK: BERTULINO MENEZES
INSTAGRAM: @bertulinomnz



DENÚNCIA REVISTA VEJA ENVOLVE ANDRÉ MOURA

A edição da revista Veja publicada na última sexta-feira, 22, denunciou um suposto esquema de desvio de recursos públicos no governo do Rio de Janeiro. O governador Wilson Witzel aparece como “o chefe supremo” e o secretário da Casa Civil e Governança, André Moura, é apontado como “o negociador” responsável pela negociação de propina – foram arrecadados o montante de aproximadamente R$ 30 milhões, com percentuais que giram em torno de 20% a 30% – em delação apresentada pelo empresário Arthur Soares.

Condenado a 200 anos de prisão, o empresário é conhecido como “Rei Arthur”, ele integrava o esquema de corrupção no governo de Sérgio Cabral em que ele oferecia produtos e serviços superfaturados. Rogério Vargas, um de seus interlocutores foi procurado por André Moura, que ofereceu o pagamento total da dívida pelo estado, referente a prestação de serviços pela empresa Cor e Sabor, que fornecia alimentação ao sistema penitenciário. No dia 27 de dezembro de 2019 a proposta foi aceita e Arthur recebeu R$ 8,7 milhões de reais e repassou 20% desse valor, ou seja, R$ 1,7 milhões de reais que foram divididos em seis parcelas.O secretário da Casa Civil e Governança, André Moura, afirmou que nunca viu e desconhece o empresário, e nunca se encontrou com interlocutores do mesmo. “Nunca vi esse cara na minha frente nem ninguém ligado a ele. Só ouvir falar das falcatruas dele através de empresas”, revelou André Moura à revista Veja. As investigações seguem com a Procuradoria Geral da República-PGR.

NOTA À IMPRENSA ANDRÉ MOURA

Merece reparos o texto de Veja desta sexta-feira, 22, com o título “Na teia do procurador”, sobre investigações em curso na PGR (Procuradoria-Geral da República) de uma delação premiada que supostamente comprometeria autoridades do Governo do Estado do Rio de Janeiro, onde exerço o comando da Secretaria da Casa Civil.

A matéria passa a impressão enganosa de que “denúncias” do empresário Arthur Soares, um notório bandido condenado a 200 anos de cadeia que busca desesperadamente obter delação premiada no Ministério Público Federal a fim de reduzir sua pena, podem ser levadas a sério. Neste sentido, aliás, a própria revista reconhece que “as tratativas com o MPF não avançaram porque os procuradores avaliaram que as provas apresentadas [pelo meliante] eram insuficientes, e por isso suspenderam as negociações”.

Conforme exposto no texto, jamais estive com Arthur Soares ou com qualquer pessoa ligada a ele. Ouvi falar de suas falcatruas e do envolvimento desonesto com governos passados através da IMPRENSA – a revista, aliás, erra ao colocar em minhas aspas o termo “empresa” no lugar de imprensa.

Veja também diz que o Governo Wilson Witzel, numa demonstração inequívoca de que busca sanear o rombo deixado pelos governos anteriores, a quem o falso delator era intimamente ligado, “conseguiu o bloqueio judicial de bens e valores de empresas e pessoas físicas envolvidas nas denúncias”.

Além disso, cabe esclarecer que a área de compras de cada secretaria de Estado é responsável por liberar seus pagamentos e suspender os contratos com seus fornecedores. Portanto, o secretário da Casa Civil e Governança não tem gerência sobre contratos de outras pastas, como foi citado erroneamente na matéria.

Não obstante, mesmo tendo tais informações, Veja preferiu creditar valor às ilações de um bandido, sem publicar qualquer prova material que as lastreie, senão, apenas, a sua própria palavra. Assim, restou-nos acionar a assessoria jurídica para reparar um texto que induz o leitor à avaliação deletéria e totalmente falsa do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

André Moura

PELO TWITTER

www.twitter.com/benjaminback 8:30h da manhã, não postei nada, mas já bloqueei mais de 20 pessoas! Faz parte, não tem jeito. Mas a faxina por aqui continua: ignorantes, sem educação, lunáticos e afins terão de descarregar suas frustrações em outro lugar! De resto, bom dia para quem é do bem, TMJ!

www.twitter.com/pcn1965 Seria tão bom se nesses tempos de pandemia os gestores públicos parassem de roubar. E tivessem mais zelo pelo dinheiro público.

www.twitter.com/felizolafilho O percentual de pacientes diagnosticados que acabam morrendo por causa da doença em Sergipe é de 1,7%. Em comparação, o Brasil Bandeira do Brasil está com uma taxa de 6,4% e o Nordeste, 5,4%.Estamos fazendo todos os esforços para salvar mais vidas, mas precisamos da conscientização de todos.


Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Não desanime quando for incompreendido.” São Padre Pio de Pietrelcina, nasceu em 25 de maio de 1887.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais