Prêmio Banese de Literatura – Araripe Coutinho

0

Prêmio Banese de Literatura quer revelar talentos

 

Escritores do Estado de Sergipe podem se inscrever a partir do dia 1° de setembro, nas agências do Banese e nos postos de atendimento do banco em todo o Estado, ao II Prêmio Banese de Literatura. O evento que já é um marco na história da cultura sergipana, pretende ser uma retomada significante na revelação dos  talentos na literatura.

Este ano, os gêneros contemplados são Poesia e Conto.

O Prêmio Banese de Literatura reuniu no último concurso mais de três mil inscritos e contou com a presença da escritora Marilene Felinto da revista Caros Amigos, tendo já escrito para Folha de São Paulo  e com a participação na comissão julgadora de nomes como Maria Lúcia Dal Farra, Francisco Dantas, Jozailto Lima, Aglaé Fontes, Maruze Reis e Paulo Fernando Telles de Morais.

Este ano, os premiados vão ser contemplados com prêmios de 3mil, 2 mil e 1 mil reais para  cada gênero, no primeiro, segundo e terceiro lugares, respectivamente, podendo os interessados se inscrever com até três trabalhos inéditos, no gênero que desejar, ou nos dois.

Os trabalhos serão apresentados em 3 vias, com título e sob pseudônimo e encaminhados juntos com um envelope pequeno lacrado, contendo no seu interior nome, endereço, pseudônimo, título do trabalho(s), e-mail e uma pequena biografia.

Não serão aceitas inscrições de autores premiados anteriormente no Prêmio Banese de Literatura, nem de nenhum membro componente da diretoria do banco, nem da comissão

julgadora, estando abertas, no entanto,  aos  funcionários do banco em geral.

As inscrições começam rigorosamente no dia 1º de setembro até o final do mesmo mês e terá solenidade de entrega dos prêmios com a presença de um escritor que fará uma palestra, além de homenagens especiais do Banese à intelectuais sergipanos.

O regulamento do Concurso Prêmio Banese de Literatura estará à disposição dos interessados a partir do dia 1º em todas as agências e postos de atendimento.

O Presidente do Banese, Jair Araújo, pretende com o evento incentivar a arte literária no Estado, revelando talentos, numa terra que já deu ao mundo  nomes como Acrísio Torres, Sílvio Romero, Tobias Barreto, Núbia Marques, Carmelita Fontes, dentre outros.

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários