Professores suspendem a greve

0

A greve dos professores da rede pública escolar foi suspensa na última segunda-feira e os estudantes já tiveram aula normalmente no dia de ontem, terça-feira. Mas, não será por muito tempo: na próxima sexta-feira haverá uma nova paralisação também em protesto pela reforma da Previdência e contra a terceirização do trabalho. Mas, os professores preparam as cargas para a greve geral marcada para o dia 28 de abril que pretende paralisar todo o país. A esta greve devem aderir todas as categorias. No caso dos professores prevaleceu o bom senso: afinal, eles já tinham cruzado os braços por uma semana e não se tinha a menor ideia de um possível retorno ao trabalho, porquanto as discussões na Câmara dos Deputados sobre a reforma da Previdência ainda estão longe de acabar… O melhor foi mesmo voltar as salas de aula, paa não prejudicar ainda mais o ano letivo.

Assessora vai para a Alemanha

A deputada Ana Lúcia usou a tribuna da Assembleia Legislativa para se despedir da assessoria Tatiana Carvalho Oliveira que, no seu entender, desenvolve um belo trabalho na justiça social.“Nos grandes embates promovidos nesta Casa, ela sempre esteve presente”, frisou Ana Lúcia. Tatiana vai fazer um Curso em Berlim, onde vai ficar pelos próximos seis meses. Aliás, ela já morou na Alemanha – onde mora uma tia sua – e, por isso, fala alemão fluentemente.

Senador Lindberg Farias em Aracaju

Nome de importância da política nacional, o Senador Linderberg Farias, do PT, vai estar em Aracaju hoje, para participar de uma audiência pública sobre a precarização do trabalho, recentemente aprovada em primeira discussão pela Câmara dos Deputados. O Senador vai participar da reunião ordinária de hoje da Assembleia e participa de uma audiência pública á tarde sobre a Reforma da Previdência. À noite, terá um encontro com a militância do PT. As orelhas de Michel Temer, portanto, vão arder durante todo o dia com a programação da visita de Linderberg Farias.

Família Reis desconfiada com Jackson

A família Reis, muito influente em Lagarto, está com uma pulga atrás da orelha, por causa da atuação do Governador Jackson Barreto, que está dando apoio total ao Secretário da Saúde, Sr. Almeida Lima, sem olhar para o que ele tem feito atravessando o bom relacionamento com o pessoal dos Reis. Recentemente, a deputada Goretti Reis foi destratada pelo barulhento Secretário. Por causa disso, até o presidente da Fundação Hospitalar de Sergipe, pediu o chapéu e não quis mais continuar nas asas de Almeida. Como todo sergipano está careca de saber, Almeida é um criador de casos e abriu uma cratera enorme na amizade dos Reis com o Governador Jackson Barreto.

Um novo jeito de assaltar residências

Os marginais de Aracaju andam muito criativos. Inventaram agora uma nova modalidade de assalto. Em plena madrugada, tocam a campanhas de casas previamente escolhidos e se do lado de lá a tende uma voz feminina a mulher pede socorro, pois está sendo perseguida por dois ou três homens com más intenções. Se a dona da casa, abrir a porta, tá lascada: os três invadem a residência e aí roubam o que puderem. Se a dona de casa não dá importância ao pedido de socorro, os marginais xingam e pintam o diabo, mas se recolhem à simples menção de chamar a polícia. São assaltantes perigosos.

Aprovada extensa pauta na AL

Como foi noticiado aqui, as comissões temáticas da Assembleia Legislativa se reuniram na terça-feira e aprovaram uma extensa pauta de 28 projetos. Que depois foram apreciados peloplenário da sessão ordinária. Todos os projetos foram aprovados, alguns com mais ou menos votos. Mas, o projeto do deputado Georgeo Passos que tanta celeuma causou na Comissão de Constituição e Justiça, o que estabelece o piso salarial dos advogados foi aprovado na Comissão mas não foi levado ao plenário. Ficou para a próxima semana.

   …e para  encerrar… 

TECENDO A REDE – O Seminário Tecendo a Rede, promovido pela Frente Parlamentar das Mulheres, leia-se a deputada Goretti Reis, transferiu o local de realização do encontro. Vai ser no auditório do Ministério Público  devido ao grande número de inscritos. Já são 400, e o Seminário não tem condições de receber mais uma só inscrião.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários