PT rachado ao meio

0

A eleição para escolher quem comandará o PT em Sergipe rachou o partido ao meio. A divisão deve recrudescer ainda mais até o próximo dia 24, quando os deputados federais Rogério Carvalho e Márcio Macedo disputam o 2º turno para saber quem presidirá a legenda no estado. A expectativa dos petistas partidários de Carvalho é que ele ganhe o 2º turno, principalmente se receber o apoio da deputada estadual Ana Lúcia, 3ª colocada na votação de ontem. Confirmada essa previsão, os grandes perdedores do Processo de Eleição Direta serão o governador licenciado Marcelo Déda e o diretor da Petrobras, Zé Eduardo Dutra. Os dois preferiram apoiar Márcio Macedo para impedir que Rogério os ofusque e se transforme na principal estrela do PT em Sergipe. Mas, seja qual for o resultado e mesmo juntando os cacos, depois dessa disputa interna o PT sergipano jamais será o mesmo.

Novo algoz

O jornalista Felipe Patury publica na Época.com que o Planalto tem um novo algoz. Trata-se do senador sergipano Eduardo Amorim (PSC). O comunicador afirma que, como relator do projeto de lei do orçamento da União para 2014, o parlamentar reduzirá os índices previstos na proposta do governo para a inflação e o crescimento do PIB. Será uma prévia do que acontecerá nas eleições do ano que vem, quando Amorim disputará o governo de Sergipe contra o grupo do governador Marcelo Déda.

Irregularidade

Filiados do PPS sergipano vão tentar anular a eleição da executiva estadual do partido, ocorrida na última sexta-feira e que elegeu o empresário Marcos Andrade como presidente e Nílson Lima como secretário-geral. Liderados pelo radialista Marcos Aurélio, os inconformados afirmam que o estatuto da legenda foi desrespeitado, pois se permitiu que inadimplentes votassem. A queixa será levada ainda hoje à direção nacional do PPS.

Sem divisão

Moradores da zona de expansão participam amanhã de um debate na Câmara Municipal de Aracaju. Eles protestam contra a decisão da Justiça Federal considerando aquela área como território de São Cristóvão. Os moradores preferem que a zona de expansão continue pertencendo à capital. Além da Câmara, eles pretendem ir à OAB e participar de um debate com os deputados estaduais.

Largou o barco

O ex-prefeito de Areia Branca, Ascendino Souza, trocou o PSB pelo PSDB. Segundo o site Diário do Agreste, a troca foi motivada por contrariedade com o senador Antônio Carlos Valadares, que não teria atendido um pedido do político interiorano. O site informa ainda que no próximo ano Souza vai apoiar para deputado federal o ex-vereador aracajuano Fábio Mitidieri (PSD).

Novo perfil

Nossa Senhora do Socorro deixou de ser uma cidade dormitório para virar um considerável pólo industrial. Segundo o caderno Mercado do Jornal da Cidade, em apenas sete anos o município ganhou 27 indústrias, sendo que outras 16 estão sendo implantadas ali. Isso significa a geração de mais de 4 mil empregos diretos, a maioria ocupada por moradores de Socorro.

Grana alta

Mais de R$ 24,5 milhões de verbas do Fundo Partidário foram distribuídas entre os partidos políticos em outubro último. Todas as 32 legendas registradas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) receberam o repasse. O Partido dos Trabalhadores, com maior bancada na Câmara dos Deputados, ficou com o maior montante: R$ 3.941.499,68. O PMDB embolsou R$ 2.940.745,93, e o PSDB recebeu R$ 2.679.948,45. Boa grana, né?

Triste aniversário

Veja o que escreve o jornalista Eugênio Nascimento: Em 31 de março de 2014, o Golpe Militar ocorrido no Brasil em 1964 completa 50 anos. Em todo o país entidades representativas dos direitos humanos já estão organizando programações para que em fevereiro tenha início a divulgação do que será feito. Sergipe fará o que para dizer o seu “Brasil Nunca Mais” àqueles que torturaram e mataram centenas de brasileiros que defendiam a democracia? Quem vai promover o que num estado que nem sequer ousou ter a sua Comissão da Verdade?

Festa momesca

Será daqui a pouco na sede da Prefeitura de Aracaju o lançamento oficial do Pré-Caju 2014. Enquanto os donos da festa anunciarão algumas atrações, o prefeito João Alves Filho (DEM) assinará a autorização para a utilização da avenida Beira Mar. O Pré-Caju vai acontecer no período de 25 a 26 de janeiro próximo.

Do baú político

O jornal Folha de São Paulo publica uma nota que cai como uma luva para o nosso Baú Político. Eis o texto: Logo após a eleição de Lula em 2002, a cúpula da campanha petista viveu dias de expectativa sobre a montagem do novo ministério. Todos os aliados acreditavam que poderiam receber, a qualquer momento, um telefonema do chefe do cerimonial, Marcos Laguna, que tinha a incumbência de contatar os futuros ministros. – O Laguna já ligou?! –, perguntavam-se a toda hora. A tensão era tão grande que, durante um evento, o então prefeito de Aracaju, Marcelo Déda, fez uma brincadeira para testar os ânimos e, ao se aproximar de uma roda de petistas, gritou: “Ministro!”. Todos se viraram.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais