Quase eleito

0

Quase eleito

Tudo leva a crer que o vereador Emmanuel Nascimento (PT) se reelegerá amanhã presidente da Câmara Municipal de Aracaju. Depois que Fábio Mitidieri (PDT) retirou a candidatura para votar no petista, o governador Marcelo Déda (PT) postou em seu twitter que apóia a coordenação feita pelo prefeito Edvaldo Nogueira (PC do B) em favor de Nascimento. Sentindo dificuldade para montar a chapa, o vereador Valdir Santos também se afastou da disputa, enquanto o vice-governador eleito Jackson Barreto (PMDB) apressou-se em divulgar que jamais participou de articulação em favor deste ou daquele candidato. Diante de tudo isso, conclui-se que o vereador Robson Viana (PT) está no mato sem cachorro, ou seja, tem pouquíssimas chances de vencer a eleição, isso se insistir em registrar hoje a sua candidatura.

Lúcia ministra

Convidada pela presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), a ex-secretária de Planejamento de Sergipe, Lúcia Falcon, deve ocupar o Ministério de Desenvolvimento Agrário a partir de janeiro. Segundo a Folha de São Paulo, ela tem o apoio dos governadores de Sergipe, Marcelo Déda (PT), e da Bahia, Jaques Wagner (PT). O principal concorrente de Falcon era o senador eleito e ex-governador do Piauí, Wellington Dias (PT). Na última semana, entretanto, Dilma fez o convite a ex-secretária.

Não quer

Diferente de Lúcia Falcon, o senador eleito Eduardo Amorim (PSC) não está interessado em ser ministro. Segundo ele, mesmo que a presidente eleita Dilma Rousseff ofereça um ministério ao PSC, ele vai sugerir outro nome, pois está muito motivado para assumir uma cadeira no Senado. “Além do mais, o povo confiou em mim e vou respeitar essa vontade soberana”, discursa Amorim.

Palpite recusado

Quebrou a cara quem apostou que Jackson Barreto (PMDB) teria a sua eleição a vice-governador impugnada pela Justiça. Ontem, o Tribunal Superior Eleitoral deferiu o registro da candidatura de Jackson, por entender que o parecer do Tribunal de Contas do Estado contra ele virou letra morta ao ser rejeitado pela Câmara de Vereadores de Aracaju. Como a coluna já afirmou outras vezes, o TCE só elabora palpites, sendo o Legislativo o órgão competente para avaliar o exercício financeiro da Prefeitura.

Xarope proibido

A Anvisa suspendeu a distribuição, o comércio e o uso, em todo o país, do Lote 0535 ABR10 do xarope pediátrico Bisolvon. O motivo da suspensão foi um erro de informação na rotulagem do produto. No rótulo constava que o xarope não continha corante, mas estudos da Anvisa comprovaram a presença da substância. A fabricante Boehringer deverá providenciar a retirada imediata do lote citado do mercado.

Ternos novos

Governador, vice, deputados estaduais, federais, senadores e seus respectivos suplentes já mandaram engomar os ternos novos para a solenidade de diplomação que o Tribunal Regional Eleitoral promoverá na próxima quinta-feira. A festa está marcada para as 16h30, no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju, e promete ser das mais concorridas. Caso até lá o TSE não tenha julgado o recurso do deputado federal eleito Rogério Carvalho (PT), o oitavo diploma para a Câmara Federal será entregue ao lagartense Fábio Reis (PMDB).

Sem preconceito

Parceiros do mesmo sexo poderão usar o programa gerador do Imposto de Renda Pessoa Física 2011 sem nenhum problema, desde que comprovem a união estável. Em 2010, os contribuintes enquadrados nessa situação tiveram que preencher uma declaração retificadora para ter direito a benefícios tributários. A mudança ocorreu após o Ministério da Fazenda aprovar parecer da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional. Para incluir o parceiro ou parceira na declaração, o casal deve preencher o mesmo requisito estabelecido pela lei para casais com união estável.

Está fora

Enquanto um montão de gente dorme e acorda sonhando com uma vaguinha no novo secretariado do governador Marcelo Déda (PT), Jorge Santana desistiu de continuar à frente da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia. Preferiu reassumir o comando de sua empresa de informática, embora o governador tivesse insistido para ele permanecer na Sedetec.

Conta gotas

Depois de ter anunciado, no final de semana, que o secretário de Obras, Walmir Chagas, permanecerá no cargo a partir de janeiro, o governador Marcelo Déda confirmou ontem a permanência de outro auxiliar na próxima administração. Ele postou no twitter que “os bandidos podem ter certeza que não terão trégua em Sergipe no decorrer do meu segundo governo: João Eloy vai ficar”. Trata-se do secretário da Segurança Pública que, para desespero dos marginais, realiza um excelente trabalho.

Do baú político

Em março de 1990, o então presidente Fernando Collor de Melo (PMN) assustou o país com o bloqueio de todo o dinheiro depositado pelos brasileiros em contas correntes. Foi um Deus nos acuda. Quase todos os prefeitos sergipanos entraram em pânico, pois tinham depositado os recursos das prefeituras em suas contas pessoais para se beneficiar dos elevados juros pagos pelos bancos. Com o bloqueio, ficaram sem ter como honrar as dívidas do município, para desespero ainda maior dos credores. Somente após a intervenção de lideranças políticas, foi que a então ministra da Fazenda, Zélia Cardoso, permitiu o desbloqueio das contas dos prefeitos malandros para que eles transferissem o dinheiro para as prefeituras. Mesmo com seu jeito carrancudo, o deputado estadual Djenal Queiroz (PDS) provocou risos ao ser ouvido, na época, sobre o famigerado Plano Collor I. Quando o repórter quis saber o ele que achou do bloqueio das contas, recebeu uma resposta lacônica: “Não achei nada, perdi foi tudo”.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários