Receita repetida

0

Na tentativa de dar uma sobrevida a já combalida máquina estatal, o governo enviará para a Assembleia mais um projeto de reforma administrativa. Como seus antecessores, o governante de plantão insiste no discurso de que o projeto a ser apreciado pelos deputados visa modernizar o Executivo. Isso não é verdade. As medidas a serem anunciadas, semana que vem, serão mais uma tentativa de estancar o crescimento das exageradas despesas para garantir, ao menos, o pagamento em dia da folha de pessoal a partir de 2019. Como falar em modernidade se o governo jamais se preocupou, por exemplo, em fazer um estudo atuarial para, com base nele, traçar o futuro da previdência estadual? Na verdade, este projeto de reforma administrativa significa mais um tiro no escuro, na esperança de se conseguir uma folga financeira que permita ao governo cumprir algumas das promessas de campanha. No mais, é conversa mole para boi dormir.

Pulou a cerca

A deputada estadual eleita Janier Mota (PR) acaba de trocar a oposição pelo governo. Atual vice-prefeita de Itabaianinha, Janier chegou a ser sondada para disputar a vice-governadoria na chapa encabeçada pelo tucano Eduardo Amorim. Preferiu concorrer a Assembleia, sob a alegação de que no Parlamento tem mais chance “de atender as grandes necessidades das pessoas”. Agora, com Janier no governo isso fica mais fácil. Marminino!

Quer comprar?

No apagar das luzes de seu governo temerário, o presidente Michel Temer (MDB) anunciou a venda de 12 aeroportos, inclusive o campinho de pouso de Aracaju. O prazo para realização do leilão é de, no mínimo, 100 dias a partir da publicação do edital, no caso, a primeira quinzena de março. Juntos, os 12 terminais recebem, por ano, 19,6 milhões de passageiros e respondem por 9,5% do mercado nacional de aviação. Ah, bom!

Devo não nego…

Do total de consumidores que foram negativados em outubro último, 80% são reincidentes, ou seja, já haviam aparecido no cadastro de devedores ao longo dos últimos 12 meses. Segundo o SPC Brasil, o tempo médio decorrido entre o vencimento de uma dívida para outra é de 96 dias. O volume de dívidas regularizadas avançou 8,2% no acumulado de 12 meses. Desse total, a maior parte diz respeito a débitos bancários (65%). Homem, vôte!

Mais grana

E o deputado federal André Moura (PSC) está comemorando a liberação pelo Ministério da Integração de R$ 7 milhões para municípios sergipanos. A grana permitirá a realização de obras e compra de equipamentos pelas prefeituras de Amparo do São Francisco, Campo do Brito, Carira, Estância, Frei Paulo, Gararu, Japaratuba e Pacatuba. André também liberou R$ 1,9 milhão para a Codevasf recuperar estradas vicinais em Capela, Japaratuba e Carira. Legal!

Tarifa em debate

A Câmara de Vereadores promoveu uma audiência pública para discutir o valor da passagem de ônibus da Grande Aracaju. Proposta pelo vereador Iran Barbosa (PT), a reunião foi prestigiada pelo economista Luís Moura, do Dieese, Waldson Costa, da ONG Ciclo Urbano, e Demétrio Varjão, do Movimento Não Pago. Também convidados, o Sindicato das Empresas de Ônibus e a SMTT não deram as caras na Câmara. Os participantes da audiência reafirmaram que o reajuste solicitado para a tarifa é um absurdo. Crendeuspai!

Homenagem em festa

A Associação dos Procuradores do Estado aproveitou sua festa de confraternização natalina para prestar homenagens. O governador Belivaldo Chagas (PSD) e os ex-governadores Albano Franco (PSDB) e Jackson Barreto (MDB) foram condecorados com a Comenda Dr. Cantidiano Vieira Machado. Desde que assumiu o governo, Belivaldo já homologou um concurso para procurador, nomeou os cinco aprovados e encaminhou à Assembleia projeto aumentando o quadro da Procuradoria Geral do Estado em mais cinco profissionais.

Natal iluminado

Será hoje à tarde, na praça Fausto Cardoso, a abertura oficial do Natal Iluminado de Aracaju, resultado de uma parceria entre a Prefeitura e a Fecomércio. Ao todo, serão 400 mil pontos de luz para decoração da praça Fausto Cardoso e do calçadão da rua João Pessoa. A programação se estende até o dia 6 de janeiro de 2019 e inclui apresentações culturais, que se iniciarão, sempre, nos fins de tarde, movimentando o centro comercial da cidade. Prestigie!

Por fora

Pesquisa constatou que 25% dos consultados – um em cada quatro – ignoram que pagam impostos no seu dia a dia, contra 73% que sabem estar pagando algum tipo de imposto. Dentre os 73% que afirmam pagar algum tipo de imposto, 69% destacaram tributos municipais, como IPTU e taxas de iluminação e de lixo; 54% citaram impostos indiretos sobre serviços e produtos; 39% salientaram impostos estaduais; e 17% lembraram dos impostos federais, como o Imposto de Renda. Aff Maria!

Síndrome de Odorico

Desde o sucesso da novela global “O Bem Amado”, há 45 anos, nenhum prefeito se dispôs a construir cemitérios em Aracaju. Temem repetir a saga do personagem central da trama, Odorico Paraguaçu, que foi o primeiro defunto sepultado no cemitério construído por ele em Sucupira. O último campo santo edificado na capital sergipana foi o Colina da Saudade, em 2003, e assim mesmo pela iniciativa privada. O superlotado cemitério São João Batista foi construído na década de 60, pelo então prefeito da capital, Conrado de Araújo. Já faz muito tempo, né?

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano Diário da Manhã, em 29 de junho de 1916

Resumo dos jornas

Comentários