Reunião do PTB

0

O deputado federal Jackson Barreto (PTB) reuniu-se ontem com lideranças do partido, entre elas o deputado estadual Fabiano Oliveira e o ex-prefeito de Lagarto, Jerônimo Reis, para tomar algumas posições em relação às filiações. Já conseguiu a adesão do deputado estadual Adelson Barreto e do vereador Motinha, que a partir de agora passam a integrar os quadros trabalhistas. A novidade foi a possibilidade do deputado Fabiano Oliveira transferir o seu título para a Barra dos Coqueiros, com o objetivo de disputar a Prefeitura daquela cidade, com o apoio do grupo que dá sustentação à Administração de Marcelo Deda em Aracaju e faz oposição ao governador João Alves Filho. Não se pode negar que é um nome forte, em razão das promoções que já realizou naquela cidade e pelo apoio que terá do senador Antônio Carlos Valadares, que, quando era governador, fez um bom trabalho pelo balneário. Fabiano deve tomar essa decisão ainda hoje. Uma das coisas que os petebistas não discutem, mas deixam bem claro, é que têm nome para apresentar como candidato a vice-prefeito de Marcelo Deda, caso realmente ele dispute a reeleição. O pessoal não aceita uma chapa sangue puro. Como o Partido dos Trabalhadores já perdeu as tendências que levantavam o contraditório, está certo que não discutirá uma chapa petista para se manter na Prefeitura, mas que tenha a participação de elementos dos demais partidos que integram o bloco de oposição no Estado. Ninguém toca no assunto, mas há possibilidade do vice-prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) disputar uma vaga de vereador, ao lado de Tânia Soares, com chances reais de elegerem-se. Seria até um compromisso dos aliados, já que o PCdoB abriria mão de uma vice-prefeitura para disputar a Câmara, onde tanto Tânia, quanto Edvaldo, já a integraram e fizeram um bom trabalho. O prefeito de Aracaju, Marcelo Deda (PT), está chegando hoje da viagem que fez com o presidente Lula, pela América do Norte, inclusive Cuba. Deve falar alguma coisa da viagem e confirmar a possibilidade de ocupar o Ministério das Cidades, cuja informação circulou com insistência em Aracaju. Embora só pretenda conversar sobre sucessão municipal a partir de janeiro, Marcelo Deda terá que oferecer os primeiros sinais de que vai para a reeleição ou preferirá fortalecer a equipe de Lula no Ministério. Um dos assessores do ministro chefe da Casa Civil, José Dirceu, já disse que o nome de Deda seria muito bom para ajudar nas decisões políticas do presidente Lula. Numa análise fria, o mandato de prefeito ficou pequeno para o bom entrosamento que Marcelo Deda tem no Governo Federal e da sua importância para trabalhar mais diretamente com o Planalto, principalmente na área política. Do lado do Governo apenas dois candidatos podem ser lançados: a deputada estadual Suzana Azevedo, pelo PPS, e o secretário de Turismo, Pedrinho Valadares, pelo PFL. O deputado estadual Gilmar Carvalho já é pré-candidato à Prefeitura pelo Partido Verde. Mostra-se aliado do governador, mas não anuncia sua candidatura como proveniente de uma vontade do Palácio dos Despachos. O senador José Almeida Lima (PDT), que era o nome que todos contavam como certo para disputar as eleições municipais, já declarou que não está pensando nisso. Entretanto, deixa claro que o seu partido terá candidato. O certo é que ainda está muito longe de se ter uma definição sobre candidaturas, mas de uma coisa ninguém se iluda: até janeiro – ou talvez antes – haverá grande surpresa que pode mudar todo o quadro sucessório da capital. É aguardar para ver… NEGATIVA O juiz de Canindé do São Francisco, Sergio Lucas, deu parecer contrário à transferência do prefeito de Paulo Afonso, Paulo Barbosa de Deus (PHS), para a sua comarca. Alega problemas de domicilio eleitoral, embora Paulo tenha residência em Canindé há 30 anos. Vai recorrer da decisão do juiz APELOU Os advogados de Paulo Barbosa de Deus já entraram com recursos no TRE, em Aracaju, e tem absoluta certeza que o título será transferido. Os advogados alegaram que já existe jurisprudência firmada em Delmiro Gouveia e outras cidades até de Sergipe. ENOQUE O prefeito de Poço Redondo, Enoque Salvador, teria transferido, ontem, o título de eleitor para Canindé do São Francisco, onde pretende disputar a Prefeitura daquela cidade. Enoque também teria assinado a ficha de filiação ao Partido Liberal, atendendo a convite do deputado federal Heleno Silva. SITUAÇÃO Segundo uma influente fonte de Canindé do São Francisco, a situação da prefeita Rosa Feitosa é muito boa na cidade. Ela é candidata à reeleição e o seu nome vem liderando as pesquisas naquela cidade. O pessoal acha que o problema em relação à sua cassação já foi definitivamente solucionado. PEDRINHO O secretário de Turismo, Pedrinho Valadares já está filiado ao PFL. Teve sua ficha endossada pela primeira dama Maria do Carmo Alves. Com Pedrinho filiaram-se os prefeitos de Pinhão, Eduardo Marques, e de Santa Roza do Lima, Walter Barreto. Vereadores das duas cidades também assinaram pelo PFL. DISCURSO O Itamaraty só autorizou o discurso do presidente Lula em Cuba, depois de saber do conteúdo. Quem fez a leitura para autorização foi o prefeito de Aracaju, Marcelo Deda. O problema era porque existia a palavra Deus. Só depois do Itamarary ouvir, é que Lula foi autorizado a falar, incluindo a palavra. RETORNO O prefeito de Aracaju, Marcelo Deda, desembarcou, domingo, no Brasil, mas só virá a Aracaju hoje. Passou o dia de ontem em Brasília, onde está sua mulher. O café da manhã com os jornalistas foi cancelado, mas o prefeito vai relatar a viagem que fez com o presidente aos jornalistas. CANDIDATA A deputada estadual Maria Mendonça já está definida como candidata à Prefeitura de Itabaiana. Ela permanece no PSDB, embora o seu pai, Chico de Miguel, esteja dirigindo o Diretório Municipal do PTN naquela cidade. O nome de Maria Mendonça é forte na cidade e tem um bom índice nas pesquisas de opinião pública. BRASÍLIA O secretário da Fazenda, Max Andrade, está em Brasília reunido com os 19 colegas do Nordeste. Norte e Centro-Oeste. O pessoal está discutindo propostas para se chegar a um consenso entre as três regiões. É que o Centro-Oeste está reivindicando mais alguns benefícios do Governo. UNANIMIDADE Há uma certa unanimidade entre os secretários, para evitar que uma região faça exigências que prejudique o projeto das três. Em razão disso, todos os secretários estão tentando chegar a um acordo definitivo, para que não se criem problemas em relação ao conjunto. NOVA LUTA Os governadores estão querendo que a reforma mantenha o ICMS compartilhado, que dará 35 bilhões para o Fundo de Participação dos Estados e Municípios. Da forma que o Governo está propondo, não compartilhado, sobrará apenas R$ 6 bilhões para FPE e FPM, o que termina ficando a mesma miséria. VIAGEM Um grupo de secretárias, sorteadas para viajar a Maceió e passar o sábado e domingo em comemoração antecipada do seu dia, teve a viagem frustrada. O ônibus que as conduzia foi assaltado na rodovia, levado para um canavial e todos os pertences – entre roupas e jóias – foram levados pelos bandidos. Os pneus do veículo foram furados a tiro. CELULAR A sorte foi que uma das secretárias conseguiu esconder seu celular e quando os assaltantes foram embora, ligaram para a Polícia. O motorista arrastou o ônibus com as jantes até uma estrada vicinal. Duas horas depois foi que chegaram viaturas da Polícia Civil e da Polícia Rodoviária Federal. Notas REUNIÃO O governador João Alves Filho (PFL) embarcou, ontem, para Brasília e hoje, ao lado dos demais governadores de todo o país, participa de reunião das reformas que começam a tramitar no Senado Federal, onde o campo é mais restrito para a disputa. João continua defendendo os mesmos princípios. João Alves Filho, que integra o Grupo dos 20 (governadores do Nordeste, Centro Oeste e Norte), acha que a reforma Tributária deverá adquirir novos contornos entre os Senadores, em razão da união das três regiões. AMEAÇA O cabo Robson (PM), que serve na SMTT de Estância, e o cabo Lima, segurança particular do prefeito, são os responsáveis pelas ameaças ao vereador Fabrício Soares Cardozo. A descoberta foi feita pelo próprio cabo Lima, que tentou tomar a arma de um segurança do vereador, alegando que ele não tinha porte. Cabo Lima disse ao segurança que o seu colega Robson já sabia de tudo e estava preparado para pegar o vereador: “Fabrício não tem peito de aço”. Os dois foram reconhecidos como o motoqueiro que atacaram o veículo do vereador. PROVIDÊNCIAS Todas as providências já estão sendo tomadas, na Secretaria da Segurança Publica, para dar segurança ao vereador Fabrício Soares Cardozo. Serão deslocados dois militares para acompanhar o vereador. Pela dedução das rádios locais, os dois estão atuando sob as ordens do prefeito Gevani Bento, que ainda não entrou na história. O vereador Fabrício Soares Cardozo vai fazer um requerimento para que o secretário Luiz Mendonça faz um pronunciamento na Câmara Municipal e anuncie as medidas que serão adotadas para a segurança de um cidadão sob ameaça. É fogo O subsecretário de Comunicação, Francisco Ferreira, filiou-se ao PPS, ontem. A ficha de filiação foi assinada pelo secretário Ivan Paixão. O governador João Alves Filho viaja a Brasília, hoje, para reiniciar a luta em favor de mudanças na reforma Tributária no Senado. O secretário de Comunicação, Carlos Batalha, retornou às suas atividades ontem, depois de oito dias de repouso por conta de uma cirurgia da vesícula. O deputado estadual Fabiano Oliveira acha que foi ignorado pelo reitor da Universidade Federal de Sergipe, professor José Fernandes Lima. Fabiano Oliveira acha que foi ignorado pelo reitor da Universidade Federal de Sergipe, professor José Fernandes Lima, que não deu importância para a disposição em ajudar a UFS. Vai começar a tramitar o projeto de Fabiano Oliveira (PTB) dispondo sobre a gratuidade do acesso de pessoas portadoras de deficiências em todos os eventos. O ex-presidente do Diretório Estadual do PSC, Marcelo Arcanjo, ainda não assimilou bem a perda do controle do partido para o deputado estadual Antônio dos Santos. Marcelo Arcanjo vinha fazendo vários acordos para as eleições municipais em todo o Estado, que agora podem não vingar. As filiações partidárias têm movimentado lideranças de todos os portes no Estado. Termina hoje o desligamento dos partidos. É grande o número de aposentados que ainda trabalham no Brasil. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. O senador José Almeida Lima viajou ao exterior, domingo, como representante do Congresso Nacional. Sábado passado, no Mosqueiro, José Almeida Lima recebeu um número grande de amigos para comemorar os seus 50 anos. Só a partir de janeiro do próximo ano, principalmente a partir do pré-caju, é que dará início a movimentação em torno da sucessão municipal. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários