Saída pela esquerda!

0

Havia no desenho animado denominado “Leão da Montanha”, um leão que sempre que se via em maus lençóis, ou diante de apuros, não encontrando meios para enfrentar o perigo, utilizava o bordão “Saída pela esquerda”. Era uma espécie de fuga, de escapatória para uma situação difícil de enfrentar.

Na política de Sergipe, mais precisamente no pleito municipal de Aracaju, enxerga-se coisa semelhante. Houve inicialmente um período reservado às conversações e formação de possíveis alianças, para que os partidos se apresentassem com seus candidatos objetivando disputar o pleito municipal.

Nesse período alguns fatos se destacaram, dentre eles a dificuldade em saber se o candidato que contaria com o apoio da base aliada do governador seria Valadares Filho ou Rogério Carvalho. Essa decisão se arrastou por um considerável tempo, para que a escolha não provocasse a divisão de um agrupamento político que nos últimos pleitos tem demonstrado nas urnas a sintonia com o eleitorado.

Outro fato repercutia bastante nos bastidores políticos, a situação do pré-candidato João Alves Filho, que apesar de aparecer nas pesquisas eleitorais com índices favoráveis, não possuía um grupo consolidado a ponto de assegurar uma vitória correspondente. João iria para a disputa, com o velho discurso de sempre e um saco de gargalhadas que se tornou sua marca registrada, tendo como mais expressivo aliado o PSDB, cujo comando atual encontra-se nas mãos de ex-correligionários, oriundos do DEM. Um apoio que embora o assegure maior tempo de televisão, não representa acréscimo de força eleitoral.

... Aliados indesejáveis – No centro do furacão, encontrava o PSC & Cia, que afastado do governo num rompante ensaiado por Marcelo Deda, quando aproveitou o episódio da eleição da mesa diretora da Alese, para colocar em prática uma ideia já amadurecida de que esses aliados não serviam para o “presente” e muito menos para o “futuro” político do seu agrupamento, visto que, sob a orquestração de que disputariam o governo em 2014, desconsideravam a condição de aliados para orquestrar significativo desgaste às ações administrativas do governo.

O rompimento deixou o PSC & Cia em polvorosa, mas mesmo assim, tentaram manter a aparência de robustez eleitoral. O agrupamento comandado pelos irmãos “Amorim” sabia da sua fragilidade na capital, colégio eleitoral que representa um terço dos votos do Estado de Sergipe, e tinha a convicção de que não reunia condições para apresentar um candidato próprio, sob pena de sair do pleito de 2012 desmoralizado eleitoralmente e obrigado a enterrar de vez o sonho de 2014.

…Indefinição – Diante desse quadro não muito animador, utilizaram o blefe como instrumento constante de valorização, política. Num primeiro momento demonstraram a intenção em apoiar Valadares Filho, depois falavam em candidatura própria, chegando a lançar publicamente os nomes de Zeca e Venâncio, ao tempo em que alimentavam Almeida Lima e paralelamente faziam circular na imprensa, notas de simpatia com a candidatura de João Alves, até porque, os números das pesquisas divulgadas até então, o deixariam em confortável segurança, para apoiando Alves, demonstrarem que foram bem sucedidos no pleito de 2012.

Todas as vezes que essa aliança era aventada, o deputado federal Mendonça Prado, genro do ex-governador João Alves, respondia de bate e pronto, que não se misturava com “essa gente”. Como o recado de Mendonça aparentava ter o aval da senadora Maria do Carmo, ex-sogra de um dos irmãos “Amorim”, cuja relação familiar havia deixado ressentimentos aparentemente insuperáveis, foi restando como alternativa o deputado Almeida Lima, que figurando na política local como elemento isolado, e dizia implorar de joelhos o apoio dos “Amorins”.

…Definição – Ante a falta de opção, o PSC & Cia alimentou então a aliança com Almeida Lima, e o fez crer, até a undécima hora, que ele seria o “escolhido”. Porém, a definição do nome de Valadares Filho e a conquista da unidade do agrupamento em torno do seu nome, acendeu a luz amarela nas hostes do DEM/PSDB e o fez buscar no PSC, um apoio que até então rejeitava publicamente.
Essa união inesperada, criou um embaraço terrível para a candidatura do DEM, houve reação imediata inclusive de familiares de João. Embora esse parecesse ser o maior problema, ele se tornou pequeno diante da reação esboçada pelo candidato do PPS Almeida Lima, que aparentando sintomas de marido traído, preparou um contra-ataque devastador, e ocupou de forma competente, alguns espaços midiáticos para ferir de morte a aliança do DEM/PSC.

…Formação de quadrilha – Almeida ocupou os principais programas radiofônicos para denunciar o envolvimento de mais de 5 milhões no acordo João/Amorim, e ao ser chamado de mentiroso, expôs publicamente que o acordo também previa a entrega de 4 importantes secretarias ao agrupamento de André Moura, que tem a imagem, arranhada pela gestão de Pirambu e que segundo Lima está sendo incriminado em dois inquéritos por formação de quadrilha.

As declarações de Almeida criaram um estrago tão grande na coligação, que provocou uma reunião emergencial para que Moura abandonasse a mídia e caísse fora do circuito. Acuado André chegou a fugir de um debate com Almeida, agora tenta retornar ao cenário eleitoral e utiliza como estratégia, desprezar a força devastadora de Lima e partir para o ataque ao governador Marcelo Deda, insinuando que o mesmo não deve aparecer na campanha de Valadares Filho, ou seja, como diria o desenho animado, André está procurando uma “Saída pela esquerda!”.

O que André não imagina é que Almeida Lima, pelo que parece, ainda não se deu por satisfeito.

Quem compreendeu?
O blog  não conseguiu compreender a nota da Associação dos Procuradores em resposta a Benedito Figueiredo. Dizem os Procuradores que "o Conselho Superior da Advocacia Pública do Estado de Sergipe, em decisão unânime, constatou a ilegalidade da nomeação de Diretores de Presídios, sem a escolaridade mínima exigida pela Lei das Execuções Penais, exortando o Secretário de Estado Benedito Figueiredo a restaurar a legalidade, exonerando os Diretores irregularmente nomeados."

Reconsideração
Ora, a nota de Benedito Figueiredo já dizia isto, mas esclarecia que apresentou ao Conselho pedido de reconsideração. E que só recebeu resposta do Conselho na mesma data em que os procuradores entraram com a ação.

Onde se separa associação e o órgão?
Mas o principal é o seguinte: quem fala pela Procuradoria, nos assuntos que envolvem a aplicação das decisões formais do órgão, é a Associação de Procuradores? Onde se separa associação e o órgão? Quando a nota dos procuradores diz que os "procuradores envidaram esforços para convencer o secretário de Estado Benedito Figueiredo" estão falando de uma atividade da associação ou do órgão Procuradoria Geral do Estado?

Associação não pode representar os interesses do Estado
Para quem pouco domina o jargão jurídico da área, a opinião que ficou é que os procuradores acabaram evidenciando que de fato a associação não pode representar os interesses do Estado. E o papel do Ministério Público onde ficou? E, mais ainda, onde ficou o maior prejuízo para a sociedade: na suposta "irregularidade", ou na possibilidade de presídios ficar sem diretores?

Paulo Costa – 100 anos de nascimento
O jurista Paulo Costa, considerado o maior jornalista de Sergipe nas décadas de 30, 40 e 50 do século passado, estaria completando 100 anos de nascimento, neste ano em curso. Grande polemista, Paulo Costa foi uma personalidade brilhante, quer na advocacia, quer no jornalismo. Quem herda, não furta. O mesmo se diz hoje de seu filho, Luiz Eduardo Costa, no que diz respeito à atuação como jornalista.

Armando mantém campanha
Independente da decisão do juiz eleitoral de São Cristóvão, Manoel da Costa Neto, que indeferiu o registro da sua candidatura, o ex-prefeito Armando Batalha (PSB) continua com sua agenda intensa de campanha. No último final de semana, ele inaugurou os comitês eleitorais na sede do município e o do conjunto Eduardo Gomes.

Conseguirá reverter decisão
"É uma decisão em 1ª instância e até certo ponto esperada. Temos convicção de que iremos revertê-la no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), a exemplo do que já ocorreu no Tribunal de Justiça em relação a essas mesmas ações. Nada muda em nossa campanha e continuamos todos os dias visitando casa por casa, conversando com a população de São Cristóvão para levar nossa proposta de governo que retomará o crescimento do nosso município, que enfrenta um caos diante de duas gestões desastrosas", enfatiza Armando Batalha.

Agenda com Lula
E Aracaju deu sorte ontem, 30, ao candidato a prefeito Valadares Filho (PSB) em São Paulo. O ex-presidente Lula tirou fotos com alguns aliados. E todos foram organizados por ordem alfabética da cidade. Teve político que esperou cerca de três horas.  Lula conversou com Valadares Filho e registrou a importância da vitória na capital sergipana.

João viajando. Homenagem a Marlene Calumby
O candidato João Alves Filho (DEM) também encontra-se viajando e só deve retomar a agenda de campanha na quinta-feira. A irmã dele, a professora Marlene calumby foi homenageada pela Faculdade Estácio Fase recebendo a medalha de Mérito “Ícone da Educação”, num evento bastante concorrido realizado no auditório da Instituição de Ensino Superior no final de semana.

Orgulho da família
O irmão da professora Marlene, o candidato a prefeito de Aracaju (DEM), João Alves Filho, foi convidado pelo diretor da Estácio/Fase, professor Pedro Amaro, para fazer a entrega da medalha. João abraçou Marlene e disse que ela é um orgulho da família e um exemplo de dedicação à Educação.

Eduardo Amorim: Luciano atinge o povo de Itabaiana I
Nenoticias – O senador Eduardo Amorim (PSC) foi entrevistado na segunda-feira, dia 30, no programa Gilmar Carvalho na Rádio Capital do Agreste, em Itabaiana. O parlamentar teve nos últimos dias uma agenda densa com inaugurações de comitês e atos políticos nos mais diversos municípios. “Estarei nos 75 municípios. Levo em minhas palavras a esperança de trazer de volta o interesse pela política. As pessoas estão desacreditadas. Com a participação do povo mudaremos esse cenário. Política deve ser participativa e para todos”, disse Amorim.

Eduardo Amorim: Luciano atinge o povo de Itabaiana II
O senador foi indagado sobre a colocação do prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo, que fez referência ao vice-governador, Jackson Barreto, como o futuro governador do Estado. Para o senador essas atitudes explicam os ataques que ele e o grupo, liderado pelo PSC, vêm sofrendo. “Essa é uma medida utilizada para nos atingir e indiretamente está atingindo nosso povo, nossa gente. Cada um diz o que quer e assume todas as responsabilidades e consequências, então, o que temos a fazer é aguardar e no momento certo agirmos. Eu nunca disse a ninguém que seria candidato ao governo. Eu acredito que o povo tem consciência e dará a devida resposta”, acredita Eduardo Amorim.

Sucesso de audiência I
Uma gravação do radialista Marcos Aurélio transformou-se no grande sucesso de audiência na rádio Capital do Agreste, em Itabaiana. Nela, o atual aliado do prefeito Luciano Bispo (PMDB), o responsabiliza de instalar a corrupção na administração municipal. "A corrupção que o senhor implantou foi algo estrondoso", acusa o radialista.

Sucesso de audiência II
Segundo Marcos Aurélio, foram passados "cheque e mais cheques da prefeitura sem a dotação orçamentária" e muita gente enriqueceu com o esquema de corrupção ora existente. Como o radialista hoje é um dos soldados mais ferrenhos do front de Luciano, a gravação tem deixado muita gente de cabelo em pé e o pessoal do poder aperreado.

Justiça impede divulgação dos salários da Câmara dos Deputados
A Justiça Federal do Distrito Federal concedeu uma liminar ontem suspendendo a divulgação dos salários dos funcionários da Câmara, anteriormente prevista para ocorrer hoje. Na decisão, o juiz determina que a Casa não divulgue os nomes dos servidores com seus respectivos vencimentos, como estipulado pela Lei de Acesso à Informação.

Privacidade
A liminar foi concedida após recurso do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo à 21ª Vara da Justiça do Distrito Feredal. Segundo o sindicato, a Lei de Acesso fere o direito à privacidade dos servidores e coloca a segurança deles em risco.

Posse do novo secretário do Trabalho
O governador Marcelo Déda dará posse nesta terça-feira, 31, a José Lauro Seixas Lima, novo secretário de Estado do Trabalho. O evento acontece às 11 horas Auditório da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social, na rua Santa Luzia, 680 São José

Atuação
Advogado, pós-graduado e com foco de atuação no Direito Público, o secretário anunciado do Trabalho já atuou profissionalmente junto ao Tribunal de Contas de Sergipe, Tribunal de Justiça, Tribunal Regional Eleitoral e Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Lançamento
Na noite da última sexta-feira, amigos, familiares, comerciantes, professores, servidores público, lideranças de bairros, políticos e principalmente gente do povo prestigiaram o lançamento oficial da campanha do vereador Emmanuel Nascimento (PT), à reeleição para ocupar mais uma vez uma cadeira na Câmara Municipal de Aracaju (CMA). O evento, que reuniu centenas de pessoas, aconteceu no salão de festas Camila, localizado na avenida São Paulo, no Agamenon Magalhães, comunidade onde começou sua vida política.

Redes sociais para agentes de viagens
O Sebrae, em parceria com a ABAV/SE, promove nos dias 02 e 03 de agosto, das 18 às 22hs, na sede da entidade de apoio às micro e pequenas empresas, o curso ‘Posicionamento Digital das Agências de Viagens :Visibilidade e Governança Digital – Ser Encontrado na Internet e Participação Ativa nas Redes Sociais como Indutor na Captura de Clientes’. As inscrições podem ser feitas pelo telefone (79) 3214-2564 e pelo e-mail:http://abav@abavsergipe.com.br. As vagas são limitadas.

Imprudência continua nas praias
Até quando os responsáveis pela fiscalização nas areias das praias de Sergipe, principalmente Aracaju, deixarão que motos e triciclos

foto: César de Oliveira

trafeguem em meio aos banhistas? Vão esperar um acidente com morte e Sergipe sendo notícia em rede nacional para que as providências sejam tomadas? Ao lado mais uma imprudência no final de semana captada pelo fotojornalista César de Oliveira.

Venezuela no Mercosul
Será oficializada hoje, em Brasília, a entrada da Venezuela no MERCOSUL. Criticada por uns, aplaudida por outros, o fato é que a entrada desse país na organização comercial que era integrada, até agora, pelo Brasil, Uruguai, Paraguai e pela Argentina vai fortalecer bastante o comércio exterior dos agora 5 participantes. Grande produtor de petróleo, o país presidido pelo polêmico Hugo Chávez contribuirá para o crescimento do Mercado Comum dos Países da América do Sul. Outras nações, como o Equador, o Peru e a Colômbia também estão interessadas em ingressar no MERCOSUL.

PIB brasileiro
O Fundo Monetário Internacional acredita num crescimento da ordem de 2,5 por cento para o nosso Produto Interno Bruto. Para o Banco Central, porém, o PIB do Brasil não chegará a 2 por cento, ficando em 1,9 por cento. Segundo os analistas de bancos e corretoras, em 2013 o PIB nacional vai atingir a marca de 4,1 por cento.

Poupança
Segundo estudos do DIEESE, a caderneta de poupança ainda supera cerca de 60 por cento dos fundos de investimento.

Livro
“Parábolas da Chuva”. Editora: Textopronto. Publicado em 2001. O autor, Paulo Fernando Teles Morais, é um dos melhores contistas de Sergipe. Este é o seu terceiro livro. Os dois anteriores foram “Emparedados”, de 1980 e “Letra Y e Outros Contos”, de 1985, em obra coletiva com os escritores Alberto Carvalho e José Augusto Garcez. Em “Parábolas da Chuva”, o autor exibe, mais uma vez, seu estilo inconfundível, aliado a uma rigorosa obediência às características do conto, um gênero sabidamente difícil em sua composição. São 17 contos de alta qualidade. Destaque especial, porém, para o de número 2, que por sinal tem o mesmo título do livro e ainda para “Z” e “Ganimedes”. Paulo Fernando Teles Morais nasceu em 1941, na usina Pedras, em Maruim (SE). Jornalista, escritor, licenciado em Letras Vernáculas pela Universidade Federal de Sergipe, trabalhou no Banco do Brasil, onde se aposentou. Foi correspondente da revista VEJA e do jornal O GLOBO, e editor do Jornal da Cidade, de Aracaju. Torcedor do Fluminense do Rio de Janeiro e do Confiança, de Aracaju, Paulo Fernando trabalha para lançar sua quarta obra literária, o que, provavelmente, ocorrerá no início de 2013.

Projetos
Dados atualizados sobre o trabalho que a Câmara Municipal de Aracaju (CMA) vem desenvolvendo nos primeiros seis meses do ano indicam que o Legislativo Municipal aprovou 26 Projetos de Lei, sete Projetos de Lei Complementar, outros dois Projetos de Resolução e 28 Projetos de Decreto Legislativo. Esses projetos são de autoria dos vereadores e também do Executivo Municipal.

Indicações
Os levantamentos feitos do primeiro semestre apontam que os vereadores de Aracaju fizeram 208 indicações, ou seja, os parlamentares sugeriram aos poderes competentes, que fazem parte da estrutura administrativa do Município em que exercem seus mandatos, medidas que de interesse público. Já os requerimentos foram ao todo 512 aprovados ao longo deste ano.

Futebol
TAÇA GOVERNO DE SERGIPE – Começa hoje a segunda rodada do returno da competição. Jogarão Sergipe e River Plate. Amanhã, a Socorrense receberá o Confiança. BRASILEIRO DA SÉRIE C – O Itabaiana, ainda com chances matemáticas, enfrentará, domingo, o CSA, líder do grupo. O tricolor não depende mais apenas de si para classificar-se. LONDRES 2012 – Já classificado para as quartas-de-final do torneio de futebol das Olimpíadas, o Brasil terá pela frente, amanhã, 01.08, a equipe da Nova Zelândia. A partida começará às 10,30 horas.

Blog no twitter: www.twitter.com/BlogClaudioNun

Frases do Dia
Escreve-se para não ser solitário e por amor aos outros; se você não tiver essa solidariedade, é bobagem escrever. Ignacio de Loyola Brandão, escritor brasileiro, nasceu em 31 de julho de 1936.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários