Santa Rosa do Ermírio: Parque de Eventos com Centro de Tecnologia

0

                         Blog Cláudio Nunes: a serviço da verdade e da justiça
“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

O governador Belivaldo Chagas anunciou que pretende construir um Parque de Exposições no Distrito de Santa Rosa do Ermírio, em Poço Redondo, com uma vasta estrutura. A iniciativa é louvável, mesmo sabendo que em Sergipe tem vários parques de exposições praticamente abandonados, servindo para poucos eventos durante todo o ano. Os produtores da região agradecem a lembrança, mas querem algo profissional, com conhecimento e tecnologia, e não apenas uma estrutura para ser usada poucas vezes ao ano: um Parque de Eventos com um Centro de Tecnologia de Reprodução Animal, com auditório, salas de aula, atividades de pecuária leiteira e exposições agropecuárias.

O governador anunciou também que o local servirá para realizar cursos de inseminação e melhoramento genético, algo não permanente. É muito pouco para uma região que merece uma atenção especial. Toda área do Distrito de Santa Rosa do Ermírio é responsável pela maior produção de leite de Sergipe. Segundo o próprio governo, mais de 150 mil litros de leite são produzidos e no local é realizada a Festa Amigos do Leite, que já é referência no Nordeste. É a maior bacia leiteira de Sergipe e parte significativa da produção vai para Nossa Senhora da Glória, para as fábricas de laticínios.

Porém, o governo precisa ouvir os produtores da região, aproximadamente 400 pequenos e médios produtores. Eles querem algo concreto que ajude no desenvolvimento da região. O mais importante é que seja uma estrutura que funcione o ano todo – de janeiro a janeiro – com a implantação do Parque de Eventos com um Centro Tecnologia de Reprodução Animal com cursos de pecuária leiteira, inseminação artificial, manipulação de embriões, incluindo contabilidade para ajudar os atuais e futuros produtores. Uma verdadeira formação técnica para o produtor rural e o Estado tem muitos técnicos qualificados para colaborar e o Campus da UFS na Região que pode fazer uma parceria. Inclusive cursos voltados para o desenvolvido sustentável durante os 12 meses do ano e não apenas para exposição animal, a Festa Amigo dos Leite e outros eventos esporádicos apenas alguns dias do ano.

Belivado veja no seu governo, na área da pasta da agricultura com os técnicos competentes. São vários exemplos pelo país de governos que criaram centros de tecnologia em regiões com viés produtivo que mudaram a face da economia local.

Belivaldo reveja o projeto! Se já tem R$ 2 milhões de uma emenda de Fábio Mitidieri consiga mais recursos ou com outros parlamentares, junto ao Governo Federal ou até mesmo do erário estadual.

O Parque de Eventos com um Centro de Tecnologia de Reprodução Animal mudaria a face de Santa Rosa do Ermínio, uma região de um povo trabalhador, de produtores que não esperneiam com a seca e o sol escaldante.

Passe para a história de Sergipe, Belivaldo, como o gestor que transformou o Distrito de Santa Rosa do Ermínio. Deixe essa marca registrada para orgulho de seus filhos e netos. “Devemos ser gratos a todos aqueles que nos fazem felizes; eles são os jardineiros responsáveis por fazerem a nossa alma florescer.” Marcel Proust.

Com certeza, ao realizar o desejo dos produtores de Santa Rosa do Ermírio, o nome de Belivaldo ficará para sempre passando de geração em geração como o governador que transformou a vida de todos eles.


     
O resultado do Ibope, divulgado recentemente mostra um descrédito total dos sergipanos com alguns programas de rádio jornalismo.A programação musical venceu em todas as comparações. Algumas emissoras amargaram uma queda sem precedentes. O blog não vai direcionar, porém o leitor mais atento basta analisar que ficou do quinto lugar para baixo, na computação geral para tirar suas conclusões. Tem gente que esperneia muito anunciando o que não tem! Aliás, alguns donos de rádios estão preparando mudanças ainda para este ano.


Reestruturação asfáltica da antiga Avenida Sarney: desde que inaugurada nenhum governador se preocupou em recuperar a via E na última sexta-feira, o governador Belivaldo Chagas assinou ordens de serviço para a reestruturação da Rodovia SE-100 ( antiga Sarney, hoje Inácio Barbosa), no acesso às praias do litoral sul de Aracaju, e para adequação urbanística dos trechos 3C, 3D e 3E da Orla Sul. Além da urbanização do calçadão em vários trechos, será realizado o recapeamento de toda rodovia. Mesmo sem a duplicação o recapeamento total merece elogios já que desde que foi inaugurada – há mais de 20 anos – a rodovia jamais passou por uma restruturação asfáltica completa, sempre com meia sola, o conhecido tapa-buracos, nos seus quase 17 quilômetros.


Clinradi: em apenas quatro anos referência em radioterapia e imagem no Nordeste Quando a Clinradi – radioterapia e

Na foto, da esquerda para direita os sócios do projeto: Nivaldo Vieira, William Eduardo, Roberto Gurgel, Karina Dantas, Sebastião Correia, William Giovanni e Aécio Cavalcante.

imagem – foi inaugurada há quatro anos o cenário da radioterapia em Sergipe era outro. Existia uma fila enorme no HUSE de cerca de 700 pacientes aguardando vaga para tratamento. A capacidade produtiva e alta tecnologia empregada na Clinradi permitiu praticamente zerar a fila já que a legislação exige que os pacientes sejam tratados em até 60 dias. Hoje não se vê mais na imprensa quase que semanalmente paciente cobrando a necessidade de radioterapia por não ter onde ser atendido.

Avançando sempre Em Sergipe, hoje, a média de espera de todo o sistema em relação à radioterapia é de 22 dias. Para os pacientes particulares e de convênios a Clinradi evitou que se deslocassem para outro Estado. Hoje a clínica é referência no nordeste, invertendo o fluxo de pacientes que agora vêm de outros Estados para se tratarem em Sergipe e na Clinradi. E com toda estrutura moderna – que segue os mais rigorosos padrões internacionais – a gestão da Clinradi continua avançando sempre preocupada em disponibilizar o melhor para seus pacientes, por isso está se preparando para receber um novo aparelho capaz de oferecer ainda mais tecnologia do que tem hoje.

Corpo técnico dedicado e humano Quem chega na Clinradi, seja paciente ou acompanhante, nota um diferencial: uma equipe altamente treinada e especializada para não atender, mas acolher a cada um como se fosse a extensão de sua casa e propiciando tudo de melhor que está à disposição. Para Sergipe, é um orgulho ter uma clínica que hoje é referência no Nordeste em radiorapia e imagem.

Itabaiana: termo de cooperação para programas E o prefeito de Itabaiana, Adailton Sousa, assinou o o termo de cooperação para a realização dos programas Agro Fraterno, Senar Saúde e do Senar Jovem. O Agro Fraterno é um movimento liderado pelo Sistema CNA/Senar para ajudar as famílias mais necessitadas atingidas pela grave crise gerada pela pandemia da Covid.O Senar Saúde é um programa social que atende homens e mulheres do campo para prevenção do câncer de próstata e do colo do útero.

Curso gratuito O Senar Jovem oferece um curso gratuito de Pecuária de Corte que vai iniciar no mês de setembro. O curso se destina a filhos de produtores ou trabalhadores rurais cursando ou que já tenham concluído o ensino médio com idade entre 16 e 30 anos. O objetivo é capacitar os jovens para o mercado de trabalho com aulas teóricas e atividades práticas voltadas para o setor do agronegócio. Estiveram presentes, Ivan Sobral, presidente da Faese/Senar; Dênio Leite, superintendente do Senar; Lorena Souza, Secretária Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento Alimentar; e José Francisco, o Kiko do Sindicato.

Visita ao Hospital Cirurgia O superintendente do Ministério da Saúde em Sergipe, Tiago Rangel, realizou uma visita de cortesia ao Hospital Cirurgia para conferir de perto as obras que estão sendo realizadas na unidade hospitalar. Na ocasião, Tiago se colocou à disposição da interventora Márcia Guimarães e toda a equipe técnica para intermediar, junto ao Ministério da Saúde, soluções para as demandas do hospital. “O Hospital Cirurgia passa por uma verdadeira transformação nos últimos anos e exerce um papel importante no atendimento aos usuários do SUS. Portanto, queremos nos colocar à disposição do Hospital Cirurgia para ajudar naquilo que for possível”, disse Tiago.

   
Riachão do Dantas: deputado volta a debater demandas com a prefeita E o deputado federal Fábio Reis, MDB, esteve no município de Riachão do Dantas em mais um dia de compromisso ouvindo os anseios da comunidade. Ele fez uma
visita cortesia à prefeita da cidade, Simone de Dona Raimunda, onde falou sobre as pavimentações que serão levadas ao município. “Simone, sempre muito atenciosa, me recebeu com muito carinho e eu consegui ouvir as demandas da cidade para empenhar ainda mais meu mandato na resolução delas. Essa parceria com as gestões municipais facilita muito o desenvolvimento do nosso Estado”, registrou o parlamentar nas redes sociais.

Itabi: parece que tudo funciona perfeitamente E uma autoridade fiscalizadora do Médio Sertão Sergipano vem fazendo um levantamento do relacionamento entre os poderes Executivos e Legislativos da região para saber do grau de independência necessária para o bom andamento da gestão e da democracia. Por enquanto, os primeiros levantamentos mostram que parte significativa dos membros do Poder Legislativo de Itabi parece que não conhece, ou então se omite, com relação ao papel de fiscalizar o Executivo. Embora com problemas, o Legislativo, nas suas redes sociais prefere divulgar notas de pesar, homenagens e aprovação de projetos do Executivo. Estranho, muito estranho!

Macambira: vacinação continua avançando A Secretaria da Saúde de Macambira informa que nessa segunda-feira, 19 de julho, haverá aplicação da 1ª e 2ª dose da vacina Covid-19 para pessoas com 38 anos ou mais. A partir das 08h, ao lado do Mercado Municipal. Macambira é um dos municípios sergipanos mais avançados na aplicação da vacinação. Lá a vacina chega e é logo colocada à disposição da população de acordo com a orientação do prefeito, Carivaldo Souza.

Estância: Gilson Andrade quando vai às compras recebe o agradecimento do comércio em geral E o prefeito reeleito de Estância, o médico Gilson Andrade sempre que diz que é uma obrigação pagar os salários do servidores em dia e por isso desde o primeiro dia da gestão anterior vem cumprindo este compromisso. Mesmo assim, quando vai ao comércio, os comerciantes não cansam de parabenizá-lo porque os salários dos servidores em dia significa dinheiro circulando em todo o comércio.

Benefício emergencial Além disso, o BEM – Benefício Emergencial Municipal – maior programa de transferência de renda da história de Estância, está beneficiando famílias com parcelas mensais de R$ 200. “No início do projeto, em maio, eram 3 parcelas, mas recentemente conseguimos aumentar para cinco parcelas de R$ 200!”, explicou o prefeito que foi a feira e recebeu o carinho dos feirantes. “Vamos continuar trabalhando pelo desenvolvimento de Estância e fortalecendo todos os setores produtivos,” explicou.

Tobias Barreto: Alese aprova indicações em prol de ciclistas, rodovias e saúde A deputada Diná Almeida, sempre preocupada e ouvindo os anseios da comunidade e das lideranças da região do Sul Sergipano teve aprovada recentemente três indicações na Alese. Uma delas, atendendo ao pleito do vereador do município de Tobias Barreto, Elbert Oliveira, pediu a adoção de ações educativas para o tráfego de ciclistas nas rodovias estaduais, além da implantação de sinalização vertical, horizontal e dispositivos de segurança na malha rodoviária estadual.

Atenção “Seja por lazer, esporte ou locomoção, a prática do ciclismo cresce cada vez mais e precisa receber a devida atenção por meio de políticas públicas. E nós sabemos que as rodovias estaduais não apresentam sinalizações adequadas. Acredito que através das medidas apresentadas será possível garantir mais segurança aos ciclistas e estimular a prática do uso da bicicleta”, explicou a parlamentar.

Rodovia SE -290 Diná Almeida também apresentou Indicação pedindo que fosse dirigida ao Governador do Estado, Belivaldo Chagas, e ao DER/SE uma solicitação para determinar as medidas necessárias para realização de obras de pavimentação asfáltica e infraestrutura completa na Rodovia SE-290, no trecho que liga os municípios de Tobias Barreto e Itabaianinha, partindo do trevo e seguindo por toda extensão que dá acesso ao Povoado Ilha.

Transtornos diários “É uma luta diária envolvendo recuperação de rodovias e pavimentação por todo o território estadual, porque sei da importância dessas obras para toda a população. E quando falo que é luta, me refiro também a estar sempre em contato com as autoridades competentes para cobrar resultados. Nesse trecho que liga os municípios de Tobias Barreto e Itabaianinha, por exemplo, as más condições de tráfego geram transtornos diários, com sérios riscos de acidentes, além das dificuldades de trânsito de veículos com mercadorias, bens e serviços, com riscos de danos materiais”, frisou a deputada.

Carros-fumacê nos municípios A terceira Indicação de Diná Almeida foi um pedido de solicitação dirigido ao Governo do Estado e à Secretaria de Estado da Saúde, para que sejam disponibilizados carros-fumacê para pulverização de inseticida nas áreas urbanas e rurais dos municípios com maior incidência de casos de Dengue, Chikungunya e Zica, com o objetivo de combater a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, causador das doenças. “Com o início do período das chuvas em Sergipe e as informações sobre o aumento do número de infestação do mosquito Aedes Aegypti, é muito importante essa oferta de carros-fumacê. Com a pandemia da Covid-19, o SUS já está bastante sobrecarregado, ou seja, é preciso investir o quanto antes em medidas de controle de enfermidades”, pontuou Diná.

Hospital Amparo de Maria retornou a realização das cirurgias eletivas No último sábado, 17, as cirurgias eletivas, os exames diagnósticos e as consultas especializadas retornaram gradativamente à rotina do Hospital Amparo de Maria em Estância/SE que, adaptado à nova normalidade por conta da pandemia de Covid-19, tem seguido rigorosos protocolos para garantir a segurança de todos os pacientes.

Salas remontadas Novas salas cirúrgicas distintas foram totalmente remontadas após processo de reforma e modernização. As consultas de enfermagem e pré-anestésica farão o rastreamento de sinais e sintomas suspeitos na fase pré-operatória. Os pacientes são avaliados 24 horas antes do procedimento com a aplicação de questionários para identificar se houve contato com suspeitos ou confirmados com a Covid-19 e/ou surgimento de achados clínicos.

Demanda É importante destacar, que as equipes assistencial e operacional estão devidamente preparadas e em plenas condições de atender à demanda de pacientes eletivos com segurança. Com a retomada das eletivas que estavam suspensas há mais de (3) meses por conta da pandemia, o Amparo de Maria, também, reforça com rigor todo seu processo de higienização hospitalar.

Fundo para Reconstituição de Bens Lesados divulga novo edital para cadastramento de associações para composição do Conselho Gestor O Conselho Gestor do Fundo para Reconstituição de Bens Lesados (FRBL) divulgou novo Edital (nº 03/2021) para cadastramento de associações para composição do Conselho para o biênio 2021/2023. Restam duas vagas e as entidades interessadas poderão fazer o cadastramento até o dia 10 de setembro, exclusivamente pelo e-mail: frbl@mpse.mp.br da Secretaria-Executiva do FRBL. A análise dos cadastros será realizada no período de 13 a 20 de setembro. Havendo mais de duas entidades cadastradas, a seleção será feita mediante sorteio público pelo Presidente do Conselho Gestor, em sessão pública, na Sala do Colégio de Procuradores de Justiça.

Pressupostos Poderão compor o Conselho Gestor do FRBL associações que atendam os seguintes pressupostos do artigo 5º, inciso V, da Lei Federal n. 7.347/1985 e ao artigo 2º da Lei Estadual n. 8.565/2019: esteja constituída há pelo menos um ano nos termos da lei civil; inclua, entre suas finalidades institucionais, a proteção ao meio ambiente, ao consumidor, à ordem econômica, à livre concorrência, ao patrimônio artístico, ao patrimônio estético, ao patrimônio histórico, ao patrimônio turístico, ao patrimônio paisagístico, ao patrimônio público, à ordem urbanística, aos direitos de grupos raciais, étnicos ou religiosos, à economia popular ou a qualquer outro interesse difuso ou coletivo; não possua fins lucrativos; e esteja sediada e tenha atuação no Estado de Sergipe. O Conselho Gestor do Fundo é composto por: 03 representantes do Ministério Público de Sergipe, designados pelo Procurador-Geral de Justiça (membro Presidente / Diretor de Centro de Apoio Operacional / Promotor de Justiça com atuação especializada); 05 do Poder Executivo; 02 do Poder Legislativo; e 03 representantes de Associações.

FRBL O Fundo foi criado pelo Governo do Estado por meio da Lei nº 8.565, de 29 de agosto de 2019, e regulamentado pelo Decreto nº 40. 496, de 12 de dezembro de 2019. As indenizações decorrentes de condenações e acordos judiciais promovidos pelo Ministério Público de Sergipe, por danos causados ao meio ambiente, ao consumidor, ao patrimônio ou a qualquer outro interesse difuso ou coletivo no Estado poderão ser usadas pelo Fundo para Reconstituição de Bens Lesados. Valores decorrentes de medidas compensatórias estabelecidas em acordo extrajudicial ou Termo de Ajustamento da Conduta (TAC), também promovidos pelo MPSE, e de multas aplicadas pelo descumprimento de cláusulas estabelecidas nesses instrumentos também poderão ser revertidos em benefício da sociedade sergipana. Mais detalhes aqui: https://www.mpse.mp.br/index.php/frbl/

Ação do Projeto SouRio Vaza Barris ( https://instagram.com/souriovazabarris?utm_medium=copy_link ) e do Grupo de vela Barlavento, reuniu 15 veleiros, mais de 50 Velejadores, alguns caiaques e lanchas, e com apoio da Marinha recolheu quase uma tonelada de lixo sólido de.um trecho de praia do Vaza Barris, no lado de Itaporanga d’ajuda, em frente à Ilha dos Namorados. O lixo foi levado para o Prainha Bar, onde vou organizado e será recolhido pela Emsurb na segunda, e entregue para uma cooperativa de reciclagem. A ação teve apoio da Top Mariner e Brumar.

União, cuidado e preservação “Cuidamos das águas onde navegamos, e das praias onde atracamos. 887kg (quase uma tonelada) de lixo foi recolhido na ação do @souriovazabarris realizada na manhã de hj. Velejadores, marinha e apoiadores se reuniram hj pra limpar umas das praias do Vaza Barris, mostrando quena cultura da vela é de unir, cuidar e preservar! Obrigado a todos que participaram desse dia lindo. Os Velejadores do Barlavento sempre presentes e com muita energia. A @marinhaoficial com uma grande equipe participando da ação, e os apoiadores @prainha.se , @teaserpropaganda , @vivamewe e @topmariner Bons ventos!”, da equipe organizadora nas redes sociais.

NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Prezado jornalista, sobre as notas publicadas em vossa coluna, nos dias 14 e 15 de julho do corrente ano, direcionadas à nossa gestão na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (Sedurbs), gostaríamos de esclarecer alguns fatos.

Em Fevereiro de 2019, por escolha e indicação do governador Belivaldo Chagas, em razão do nosso desempenho anterior no gerenciamento em outras repartições públicas, assumimos a titularidade da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, a qual contamos também com o apoio da sociedade civil como um todo. Tivemos carta branca para gerir as atividades inerentes à pasta, na qual imprimimos uma nova maneira de conduzir o andamento das obras, destravando intervenções antes paralisadas, ou em ritmo lento, a exemplo das rodovias SE-255 (Itaporanga D’ajuda/Itabaiana) e SE-100 (Pirambu/Pacatuba), Ceasa de Itabaiana, nova sede do Instituto Médico Legal (IML), Centro de Convenções de Sergipe, Rodovia SE-240, que liga o Povoado Cruz das Graças, em Nossa Senhora Aparecida à Rota do Sertão (SE-175) e a SE-170, no entroncamento com a SE-200, ligando o município de Nossa Senhora de Lourdes ao Povoado Escurial, além de obras do Proinveste e Sergipe Cidades, cuja última obra a ser finalizada é a escola profissionalizante de Indiaroba, que será entregue em agosto próximo. Sob nossa gestão, obras executadas anteriormente de baixa qualidade, foram e estão sendo alvos de atos administrativos com as punições devidas.

No novo organograma da Sedurbs, foram incorporadas à Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), que foi transformada em Superintendência Especial dos Recursos Hídricos e Meio Ambiente (Serhma) e o Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil (Depec), e, mesmo com a agregação dos órgãos, o custo operacional, proporcionalmente é bem menor do que o praticado anteriormente. Resolvemos os entraves existentes no programa Águas de Sergipe, e pela alta nota alcançada, o Estado é o primeiro do Nordeste e um dos primeiros do país, com maior capacidade de financiamento junto ao Banco Mundial.

Sob a gerência da Sedurbs, dentro do Avança Sergipe, estamos executando o Pró Rodovias, programa de recuperação da malha viária sem precedentes, com recursos do Tesouro Estadual e do Finisa, cujos investimentos iniciais são de R$ 330 milhões e a execução da primeira etapa contemplará 441,5 km, beneficiando 25 rodovias nos oito territórios sergipanos. Sendo que a segunda etapa contará com recursos do Banco Brasil.

A Sedurbs possui alto grau de transparência, tanto que na penúltima avaliação obteve nota 10, e, na última obteve nota 8, porém, está sendo corrigida pela Corregedoria, e que, acreditamos, repetirá o mesmo êxito da avaliação anterior. Todos esses fatos, reafirmam a responsabilidade com a gestão.

No que diz respeito à Orla Sul, o projeto foi desenvolvido por uma empresa contratada pela Secretaria de Estado do Turismo, competindo à Sedurbs o processo licitatório, e, juntamente com a Cehop, a fiscalização dos serviços. Convém ressaltar que no tocante às adequações urbanísticas, o projeto teve intervenção e acompanhamento do Ministério Público Federal e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e outros órgãos federais. No Trecho I, já entregue à população, onde foram construídos dois bolsões de estacionamento, iremos propor à estes órgãos, a possibilidade de os veículos estacionarem em alguns trechos próximos às áreas urbanizadas.

Ressaltamos que sobre uma possível duplicação das pistas de rolamento da SE-100, nos 16,5 km que fazem parte da Orla Sul, o projeto se tornaria inviável pelo alto custo financeiro da sua execução, uma vez que envolveria um grande número de indenizações, desapropriações, além de serviços específicos de drenagem e terraplenagem.

Por fim, gostaríamos de ressaltar que as questiúnculas entre o nobre jornalista e a pessoa do ex-governador Jackson Barreto, devem ser tratados entre ambos, não sendo voltados à minha pessoa, uma vez que sou um gestor técnico.

Ubirajara Barreto Santos
Secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018


“Os esportistas sergipanos pedem socorro” De alguns dirigentes dos esportes amadores de Sergipe: “Cadê o Constâncio Vieira, quando vão entregar a Arena, as federações pedem socorr. O pior governador para o esporte sergipano: sem propostas pra levantar o esporte sergipano, muito menos politicas publicas a nível escolar e federativo; nem politicas pra alavancar o turismo de eventos.Vergonha estadual, governador fraco. Prefeito pior ainda: as ruas de Aracaju todas desniveladas, nenhum veículo sustenta um alinhamento nas rodas, o bairro Suissa e adjacências que o diga. Avenida que circula o C. Vieira (o canal) o famoso buraco da treze nunca conserta, esqueci o nome dela, meu Deus quando vamos ter ” uns governantes macho ou fêmea arrematados(a) nesta cidade. 2022 vem aí, mais enganação desses Pseudos políticos. Quanto arrependimento o voto que dei pra Senador na eleição passada. Enganação total. Povo frouxo se contenta com migalhas. Governador fdp não dá um aumento pelo contrario, taxou os aposentados do estado em 14%. O estado NAO TEM OPOSIÇÃO, ex-políticos só opinam mas não vão pro “pau”, alguns também da imprensa corrompida, escapa uma ou duas, quem bem sabe é você que é do meio. Enfim, prezado amigo nos ajude aí meu irmão, pois a indignação é total….”

Chapa quente na feijoada da sucessão Do site, Liberdades.com, por Pedro Valadares, jornalista: Como era previsível, quanto mais chega perto o tempo das escolhas e revelações das candidaturas ao governo e ao senado, mais sobe a temperatura e esquenta a chapa nos caldeirões e cozinhas do governo e da oposição. Novos ingredientes nacionais como fator Lula, impeachment Bolsonaro, golpe militar, golpe político com o semi-presidencialismo do Lira e o novo e bilionário Fundão partidário, além das novas e suspeitas regras eleitorais engendradas pelo Congresso Nacional para beneficiar os atuais parlamentares em busca da reeleição, transformam a tradicional e saborosa feijoada sergipana em prato ainda atrativo, saboroso, mas muito mais gorduroso e apimentado, uma verdadeira misturada geral. Haja paladar para deglutir e estômago para aguentar a rebarba. Se fossem convidados para a festança e também fossem indagados sobre os múltiplos sabores do cardápio, os presidentes Lula e Bolsonaro, dois grandes protagonistas desse longa metragem gourmet, certamente dariam opiniões bem distintas. Leia todo artigo aqui.

     
Itabaiana: José Queiroz completou 85 anos. Uma justa homenagem E em Itabaiana, diversos amigos e autoridades prestaram homenagem na semana passada ao ex-deputado federal José Queiroz, que completou 85 anos de vida. “O pioneiro da radiofonia itabaianense e eterno patrono da Associação Olímpica de Itabaiana, José Queiroz da Costa, completa hoje 85 anos de vida. Considerando um dos maiores dirigentes de futebol do Nordeste na década de 80, deputado federal constituinte, vice-prefeito de Itabaiana, Zé Queiroz é uma lenda viva e dedicou parte da sua vida pela nossa cidade. Ao amigo José Queiroz da Costa, receba os meus sinceros votos de um feliz aniversário. Que sua vida seja repleta de saúde e felicidade,” registrou nas redes sociais o prefeito da cidade, Adailton Sousa.



 

Do presidente do Sinpol/SE, Adriano Bandeira: O comentário do dia ressalta a grande panela de pressão que chamamos de Segurança Pública Estadual, que segue achando que contém, quando na verdade segue deixando escapar por cima e está prestes a explodir. Ouça:https://www.instagram.com/p/CRbaa7HhPxK/?utm_medium=copy_link


 

Aracaju Profunda – São José dos Náufragos. Água limpa e manguezais saudáveis. Até quando? Texto e foto Antônio Samarone, médico sanitarista


EVENTOS ONLINE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

 

 

 

 

 





Lançamento EP Influências! Um EP criado com muito carinho, de Maupi para você! INFLUÊNCIAS, estará disponível em todas as redes sociais a partir do dia 20 de agosto.

PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK



HOMENAGEM

Ainda repercute a posse (solenidade on line) do médico e professor Aderval Aragão na ASL, no último dia 7. O blog publica hoje uma homenagem do membro da ASL, o médico e ex-senador Francisco Rollemberg ao amigo e novo imortal:

… o passado, minhas lembranças mesmo, minhas solidões, a vida; a vida é um antigamente só e nós ficamos lá.
Mas quem somos? Nós somos nosso próprio esquecimento – borracha do futuro a apagar o passado nas ardósias do presente.

(Ondjaki. Quantas madrugadas tem a noite)

Menino do interior, como eu, doutor José Aderval do sertão de Gracho Cardoso, desde criança se mostrou um lutador.

Perdeu cedo sua querida mãe, cedo foi trabalhar ajudando seu pai no campo, montou cavalo, conduziu gado, ordenhou vacas, jogou bola e voltava à tardinha para casa com a canelas sujas de poeira do trabalho e brincadeira naquele árido sertão sergipano – mas, sonhava.

O que é o homem sem os seus sonhos?

Veio a Aracaju, conheceu a cidade grande, foi ao cinema e como no conto de Andersen, O Patinho Feio, viu que o mundo não terminava na seca do sertão.
La mesmo fez o seu curso primário, foi estudar o ginásio em uma cidade próxima (Aquidabã) veio para Aracaju concluir o segundo grau. Foi aprovado não Universidade de Sergipe para o curso de Medicina.

Formado, permaneceu algum tempo em Sergipe, angustiado foi médico no interior e na capital até se dirigir para o estado de São Paulo, donde voltou mestre e doutor.

É hoje professor da Universidade de Sergipe e professor fundador do curso médico da UNIT.

Tem conceito alto, consultório e clinica respeitável.

Casou-se com a doce Marina, sua colega de faculdade, mãe de seus dois filhos, Felipe e Iapunira, hoje estudantes de medicina.

Frequentador assíduos da Sociedade Médica de Sergipe, é eleito por aclamação seu presidente por dois mandatos consecutivos, cargo que ocupou por seis anos.

A sua gestão foi das mais profícuas, reestruturou a SOMESE e a vivificou aumentou seu quadro de associados e prestigiando os médicos principalmente aqueles mais velhos e esquecidos que dedicaram suas vidas ao nosso interior.

Festeja-os, condecora-os e escreve suas biografias, gravando para a posteridade as suas memórias que hoje constituem a história médica de Sergipe.

Nunca a classe médica foi tão prestigiada como nas suas gestões.

Escreveu livros, biografias, criou comendas, organizou festas de congraçamento para que os médicos se encontrassem e contassem suas histórias, suas experiências, suas vivencias, suas recordações, suas saudades.

Nesse interim é eleito titular da Academia Sergipana de Medicina; cria o programa SALVE e vai à luta na divulgação do alto significado para a vida a aplicação do dito programa.

Conclui seu segundo mandato, é então convidado para Academia de Educação do Estado de Sergipe, onde figura como um dos seus fundadores.

Faltava-lhe então tão somente a batalha final dos seus sonhos quando elege para Academia Sergipana de Letras.

Um reconhecimento a sua hercúlea capacidade de trabalho sedimentada em uma cultura multiforme, alicerçada nos estudos médicos, e na sua condição de poeta e biografo já fortemente documentada.

Ei-lo agora as portas da Academia.

O que esperar da Academia?

O que é a Academia de Letras, tão diferente das Academias Literárias?

As Academias de Letras não formam escritores, lá se chega pelo passado, como bem o disse o Barão do Rio Branco, quando da instituição da Academia Brasileira de Letras, uma casa de todos.

As Academias não se inventam e nem fazem escritores menores ou maiores “os escritores sim é que as inventam. As Academias nada têm a dar-lhes além do reconhecimento dos valores dos poderem do convívio. ”

Doutor Aderval este é o seu momento, seu instante de glória, agora há amigos de todas as partes na companhia de Marina, Felipe, Iapunira e Seu Bal, e certamente também Maria Eulália sua encantadora genitora, pois eternas e imortais são as mães.

Tudo que realizou, doutor José Aderval acabou obedecendo a uma ordem, a ordem dos tempos modernos, da presença digital e espiritual daqueles que nos amam.

Tudo como queria com tanto acerto, a sua posse na Academia.

Tudo no seu tempo, na sequência natural de uma tarde enfeitada pelos amigos.

Jose Sarney, citando Mauro Mota poeta e imortal em seu poema Um Domingo na Praça: “ esta tarde não é de hoje, é antiga. ”, embora tudo aqui organizado ainda tenha um toque de improviso afetuoso.

E neste momento de suprema realização o senhor se imortaliza e a Academia lhe oferece um passado, estimula um presente e promete um futuro, porque se soma a glória fosca ou brilhante de seus antecessores a imortalidade dessa Casa.

Em 1897 quando se constituiu a Academia Brasileira de Letras, já com um quadro de quarenta membros, vinte e cinco fazem questão de proclamarem a sua condição de jornalistas, já que vinham eles de duas campanhas fundamentais: a Abolição da Escravatura e a Implantação da República.

E mais adiante quando se incorporou as tradições da Casa, o critério dos valores representativos do país, fora da área puramente literária para o preenchimento das vagas que foram surgindo, foi Joaquim Nabuco o seu primeiro secretário a propor em uma carta Machado de Assim: “ a minha teoria, já lhe disse: devemos fazer entrar para a Academia a superioridade do país. Academia formou-se de homens na maior parte novos, é preciso graduar o processo. Os novos podem esperar, ganham em esperar, entrarão depois por aclamação e não por simpatias pessoais. A Marinha, o Clero e o Exército (ainda não havia a Aeronáutica), não estão representados no nosso Grêmio é preciso introduzir as notabilidades dessas vocações que também cultivem as letras. ”

Daí uma ideia primordial, há de se estabelecer uma idade mínima de acesso a esta Casa, e criar-se um quadro anexo de Eméritos para permitir a representação de todas as gerações, o que não ocorre no momento.

As Academias são estanques, nela sé se entra e se sai pelo caminho da morte.

Precisamos ser imortais “enquanto dure” como disse o notável Vinicius de Morais, falando do amor.

Isto é tão somente uma sugestão para aqueles que agora adentram a Academia imbuídos nos melhores propósitos.
E suas sessões sejam alegres sem partidas dolorosas, sem chegadas lamentosas.

Digo isso com a certeza de que a notícia do dia faz esquecer a notícias da véspera, porem os nossos registros que recolhido na nossa revista, nos jornais, nos arquivos e bibliotecas perduram porque ali esta fixado o momento que passou, servido sempre como subsidio ao futuro, do passado.

Fica ali então a memória viva como se girasse para trás a máquina do tempo.

Esta Casa o recebe com alegria e este amigo com o poema de Carlos Drumond de Andrade:


O Criador
A mão do meu irmão desenha um jardim
E ele surge da pedra.
Há uma estrela no pátio
Uma estrela de rosa e gerânio
Mas, seu perfume não encanta mim
O que respiro é a glória do meu mano.

Sede Bem-vindo Doutor José Aderval Aragão!

OPINIÃO




Sua Excelência, os Vírus! Por Antônio Samarone, médico sanitarista.

http://blogdesamarone.blogspot.com/


Em 1979, a OMS anunciou festivamente a erradicação da varíola. Era a vitória sobre as doenças infecciosas, prometida pela ciência, desde o início da revolução pasteuriana (final do século XIX).

Era a vitória da modernidade sobre as epidemias.

A milenar luta dos humanos contra a fome, a guerra e as peste estava avançando, pelo menos contra as doenças, a vitória não se confirmou!

Como se não bastasse a permanência do paludismo, lepra, tuberculose, sífilis e febre amarela, surgiram novas enfermidades. Dengue, Zica e Chicungunha explodiram de forma epidêmica.

O triunfo do século XX sobre as doenças infecciosas não se comprovou! O surgimento da AIDS, início da década de 1980, foi a grande virada.

A virosfera invadiu os humanos. Doenças desconhecidas, letais, emergem de ambientes silvestres agredidos. Em 1993, o livro de Stephen Morse, “Emerging viroses”, alertou com dados e fundamentos para esta ameaça.

A palavra “vírus” tem suas raízes no termo latino para “veneno”.

Os vírus são as entidades biológicas mais abundantes do planeta, capazes de infectar todo ser vivo, inclusive os seres humanos (hoje se conhece cerca de 250 espécies de vírus hospedados nas células humanas).

O mundo também é dos vírus, eles são filhos de Deus.

“[Vírus], não leões, tigres ou ursos, sentam-se magistralmente acima de nós na cadeia alimentar da vida, ocupando um papel de predadores alfa que atacam tudo e são atacados por nada.” — Claus Wilke & Sara Sawyer

A discussão, em meu tempo de estudante, se os vírus são ou não seres vivos, foi superada. “A hereditariedade é o que diferencia os vírus de outras moléculas inanimadas, um ponto chave para o mundo dos seres vivos.”

A fronteira entre o vivo e o não vivo é difusa!

A Terra foi formada há cerca de 4,6 bilhões de anos, a vida apareceu, aproximadamente, há 3,5 bilhões de anos. O RNA armazenou informações genéticas e catalisou as reações químicas nas células primitivas.

Somente mais tarde, no tempo evolutivo, o DNA assumiu o controle como material genético predominante e as proteínas se tornaram o principal catalisador e componente estrutural das células.

Entenderam o protagonismo viral? Eles são apenas proteínas e material genético (DNA ou RNA).

Os desconhecidos vírus passaram a ser responsabilizados por toda e qualquer manifestação febril de causa desconhecida. Deve ser uma virose, dizem os médicos!

A Pandemia era previsível! Apenas não se sabia nem como nem quando começaria. A ameaça da virosfera aos humanos é o preambulo da crise climática. Dessa vez foi a Covid-19, teremos outras…

Por enquanto, o luxuriante mundo dos vírus não ameaça a vida humana (como espécie), mas com certeza farão um controle demográfico eficiente.

PELO TWITTER

www.twitter.com/AntonioSamarone Percebo um certo silencio entre os médicos que defenderam a cura milagrosa (cloroquina e similares) da Covid-19. Gente que empenhou a imagem, para fortalecer o bolsonarismo sanitário. @Medicina_CFM fica devendo uma explicação à história.

www.twitter.com/loka_costa O Brasil está doente, porque o presidente é um doente sádico , lutemos por um Brasil sem Bolsonaro..

www.twitter.com/palmeriodoria “Uns juntam a fome com a vontade de comer. Outros, o negacionismo com o negocionismo.” (André Comune)


Siga Blog Cláudio Nunes:         

Instragram

 Facebook

 Twitter




Frase do Dia
Nelson Werneck Sodré, o homenageado da semana com as frases no Blog: ⁠POPULISMO “Não tem sido puro…

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais