São Cristóvão:imparcialidade gestão ferida esperando licenças empresa

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Parece que por falta de assessoria o prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana, entrou no imbróglio desnecessário às vésperas da eleição municipal. Por conta da licitação do lixo ter parado na Justiça, por conta de problemas na habilitação de várias empresas, a Prefeitura teve que fazer um processo emergencial na véspera do encerramento do contrato vigente, demonstrando total inércia da administração.

No processo está claro que: “a empresa proponente deverá comprovar, como condição de aceitabilidade da proposta, tendo em vista a necessidade imediata de execução dos serviços que dispõe de licenças ambientais imprescindíveis a execução dos serviços notadamente aquelas pertinentes aos resíduos sólidos urbanos, aos resíduos da construção civil, e aos resíduos de serviços de saúde.”

Na reunião da Comissão para abrir as propostas, a empresa que apresentou menor preço, a baiana CM Empreendimentos Administrativos, não apresentou as licenças e o representante disse que conseguiria as mesmas no outro dia. O responsável pela Comissão aceitou o argumento quando deveria ter desclassificado imediatamente a empresa, já que deveria comprovar as licenças junto com a proposta.

Para espanto de todos, a Prefeitura esperou alguns dias pelas licenças e nada. Aliás, esperou do dia 03, data da reunião, até o dia 09 à noite. Isto mesmo caro leitor, à noite. Como a empresa não conseguiu as licenças ainda à noite, por volta das 20h, foi enviado um e-mail para a segunda colocada, a LOC Construções e Empreendimentos para apresentar até às 9h do dia seguinte – 10/09 – com toda documentação para assinar o contrato, como foi feito ontem.

Ou seja, para uma foram dados quase seis dias, mesmo tendo a obrigação de apresentar no ato, para a outra pediram para assinar o contrato e levar toda documentação às 9h da manhã em uma convocação feita à noite.

Com certeza os vereadores da oposição e as autoridades responsáveis estão de olho nessa manobra frustrada que fere a imparcialidade administrativa. Aliás, sobre este assunto, todos que participaram da reunião da comissão tomaram conhecimento que o representante da empresa CM, de forma arrogante, disse que não tinha a licença, mas conseguiria no prazo de 24 horas num órgão ambiental. Ainda bem que em Sergipe os órgãos ambientais são sérios e coerentes, como a Adema na atual gestão, não se prestaria a este papel. Fontes internas, de alguns técnicos, confirmaram que o empresário tentou tirar a licença passando por todos os tramites legais de forma arbitrária, mas se deu mal com a seriedade do órgão.  O blog continuará com olhos e ouvidos dentro do órgão e da própria Prefeitura. 


Para camuflar inércia administrativa, Prefeitura jogou nota na mídia responsabilizando empresa  A documentação da prorrogação do contrato de 6 meses, cujo aditivo não foi feito para 2 meses e sim 60 dias, deixa claro que o referido serviço do aditivo acabaria no feriado de 7 de setembro. Para camuflar a inércia administrativa, a Prefeitura jogou na mídia que a empresa abandonou o serviço, quando na verdade foi falta de zelo administrativo que culminou com uma licitação na véspera do fim do aditivo. Aliás, a empresa ofendida deveria pedir direito de resposta em todos os meios de comunicação onde foi veiculada a inverídica versão da Prefeitura. A documentação é clara.

Na Justiça  Enquanto isso, a licitação para vários anos está na Justiça porque várias empresas foram habilitadas com falhas gritantes. Este é o outro assunto que será tratado posteriormente. Pelo jeito não é só o lixo de Aracaju que fede, mas também o de São Cristóvão.

Empresário do século em Sergipe O titular deste espaço agradece aos amigos e leitores que elogiaram o desprendimento do artigo de ontem, 10, fazendo Justiça ao cidadão Luciano Barreto. Um dos textos recebidos do ex-senador Francisco Rollemberg, um homem de bem e um médico que optou em atender o povo carente: “Parabenizo o amigo pela iniciativa da homenagem ao eminente empresário e homem público Luciano Barreto exemplo de sergipano pela sua capacidade de trabalho e sua infinita sensibilidade social. Sua obra no atendimento e preparo daqueles menos favorecidos já o imortaliza e o faz lembrado como o empresário do século em nosso Sergipe.”


Gente Sergipana – Luciano Barreto (80 anos) Por Antônio Samarone: Li na esclarecida coluna de Claudio Nunes, que o empresário Luciano da Celi está completando 80 anos. Não é fácil ser vencedor em Sergipe. Em qualquer área. Encontrei na feira de caranguejos do mercado de Aracaju, dois cestos grandes com os crustáceos, um aberto e o outro com a boca fechada com pindobas. Fiquei curioso e perguntei ao vendedor, por que um cesto fica aberto e o outro fechado? Ele respondeu, no cesto aberto são caranguejos de Sergipe, não precisa fechar, eles nunca fogem. Eita, como assim, por que os caranguejos de Sergipe não fogem? O vendedor deu uma risada. Se algum tentar escapar, os outros segura e puxa para baixo. Ninguém se liberta. Não sei se isso é verdade. O que eu constatei é que o cesto com os caranguejos sergipanos fica aberto e ninguém foge. Alguém crescer, ser bem sucedido, na construção civil em Sergipe, merece grande destaque. Ser empresário, intelectual, jornalista, artista, médico bem sucedido em Sergipe é muito difícil. Ser qualquer coisa em Sergipe parece mais complicado. O calouro começa a cantar na Bahia, em pouco tempo é sucesso nacional. Tente em Sergipe… Talvez eu seja um dos últimos “bairristas”, uma coisa que saiu de moda. Mas, mesmo assim, asseguro não é fácil fazer sucesso em Sergipe. Luciano da Celi chegou aos oitenta, segundo me disseram, com saúde e cabeça boa. Um vencedor. Parabéns, conterrâneo.”

Perguntar não ofende Tendo em vista a queda significativa do número de contaminados pela Covid-19, por que será que o prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira, não determina o fechamento do Hospital de Campanha? Recordando que o Hospital nem UTI possui, para vergonha da prefeitura.

Perguntar não ofende II Já que o prefeito não determina o fechamento, por que o Ministério Público Estadual (MPE) e o Tribunal de Contas do Estado (TCE) não se pronunciam sobre o assunto?

Aracaju: pré-candidatos e aliados reclamam que Márcio Macedo privilegia eleição de Jeferson Lima para o legislativo E o clima não anda bem nos bastidores da pré-candidatura de Márcio Macedo à prefeitura de Aracaju entre os próprios aliados. Onde passa leva a tiracolo o pré-candidato a vereador do PT, Jeferson Lima. Não só no PT, mas nos outros partidos aliados, Márcio está tendo problemas e a fritura interna pode levar a derrocada da candidatura dele. “Ou abre mão do candidato Jeferson, ou pede pra sair…” disse um petista histórico que já defende a entrada da vice-governadora, Eliane Aquino na disputa.

Macambira: nesta sexta-feira tem convenção do PP para homologar apoio candidatura de Carivaldo Souza E atendendo apelo de várias lideranças políticas e da comunidade que se sente abandonada nos últimos anos, o ex-prefeito de Macambira, Carivaldo Souza,  aceitou disputar a Prefeitura do município. Hoje, 11, a parte das 17h, será a convenção do PP em Macambira que homologará o apoio a candidatura dele tendo como candidato a vice-prefeito, Toinho do Trator. Uma candidatura bastante esperada pela população e com adesões de lideranças importantes, como  o ex-prefeito Leoson Leal, do PP, os vereadores que retornam ao grupo, Adalberto e Luiz Carlos, conhecido como Doidão e a chegada de Margarete de Amâncio. Dos 9 vereadores do legislativo, cinco são deste agrupamento.



Sérgio Reis consegue apoio do MDR para projeto de rodoanel em Lagarto Deu no O Bolo é Grande: Em Brasília, o pré-candidato a prefeito de Lagarto, Sérgio Reis, esteve no Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), em visita ao secretário da pasta, Thiago França, no intuito de conseguir apoio para projeto de rodoanel no entorno da cidade, conectando importantes vias de circulação de veículos para evitar que o tráfego afete vias de menor escoamento.

300 mil pessoas Segundo Sérgio Reis “mais de trezentas mil pessoas passam diariamente na pista principal do município, por isso, no quesito mobilidade urbana, é importante pensar de um novo jeito, nas pessoas e no desenvolvimento geral do município”.

Demanda importante O secretário Thiago França ofereceu o apoio necessário para o projeto. “ Sérgio tem trazido vários pleitos do município de Lagarto, o rodoanel é uma dessas demandas importantes, numa cidade com mais de 100 mil habitantes, por isso, os lagartenses podem contar com o nosso apoio; vamos trabalhar com afinco dentro desse projeto de mobilidade urbana”, disse. O irmão e parceiro político de Sérgio, o deputado federal Fábio Reis (MDB), já enviou projeto para construção do rodoanel, que custa em torno de R$ 90 milhões de reais.
                                                                                                                                                                     

 

Árvores centenárias sendo podadas incorretamente O que a Prefeitura de Aracaju e a Energisa estão fazendo com os oitizeiros plantados na década de 20 na Avenida Barão de Maruim em Aracaju é um crime ambiental. Ao invés de realizarem uma podagem correta respeitando as características de cada árvore, elas estão cortando de todo jeito. Cadê a Secretaria Municipal do Meio Ambiente para disciplinar essas podagens?


MPF processa Sindicato de Engenheiros e Crea por indicação de sindicalistas para atuarem como conselheiros O Ministério Público Federal (MPF) ajuizou uma ação civil pública, com pedido de urgência, para que quatro membros do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Rondônia (Crea) e seus suplentes sejam suspensos da plenária do Conselho. O motivo é que o MPF entende que há incompatibilidade entre a atuação sindical e o trabalho como conselheiro. Atualmente, o Crea permite que o Sindicato de Engenheiros (Senge) indique quatro profissionais para compor sua plenária. Toda matéria aqui.

I Encontro e pais e cuidadores: olhar integrativo no desenvolvimento atípico Numa realização do grupo Desenvolver com Amor, será realizado no dia 19 de setembro o I Encontro e pais e cuidadores: olhar integrativo no desenvolvimento através do canal no Youtube. O valor da inscrição será de apenas R$ 15,00 e toda renda será revertida para a casa de Sossego Vó Tereza. Segundo a organização, o dia 19 de setembro será com o olhar Multidisciplinar do Desenvolvimento atípico destinados para pais e cuidadores. Um momento dedicado para eles, a base de amor, dedicação e de extrema importância em toda caminhada. Inscrições aqui.


PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

                                                                                                                                                               


AMURCES realizará curso de oratório com Evaldo Campos Amanhã, 12, a Associação dos Municípios da Região Centro Sul de Sergipe – AMURCES, realizará um curso de oratória tendo como expositor o procurador da República aposentado, advogado, professor universitário e palestrante, Evaldo Campos. Veja como participar no print ao lado.


 

 

                                                                                                                                                       
Serra da Miaba: todo esforço tem sua recompensa. Domingo, 13/09  Da equipe Destino  Aventura Sergipe: O que você mais queria fazer agora? Não sei se posso realizar seu sonho. Mas, tenho um convite! Espairecer! Melhor, se reconectar com a natureza! Vamos a Serra da Miaba, a trilha mais desejada de Sergipe. A Destino Aventura segue todos os protocolos de segurança. E está preparada para te proporcionar um dia inesquecível! Informações e reserva: 79 – 99959 – 2100.




LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

cultce
Live hoje, 11/09, às 10h “Significado e valor do Patrimônio Cultural” A série de lives promovidas pelo Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE), por meio da sua Escola de Contas (Ecojan), terá continuidade hoje, 11, às 10h, com a Live “Significado e valor do Patrimônio Cultural”. A ação online terá início com a participação do Prof. Dr. Ernani Freire Filho. Egresso da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), o arquiteto e urbanista ministrará a palestra “Como e por que preservar o patrimônio”. Segundo expositor da Live, o historiador, escritor, professor e membro da Academia Sancristovense de Letras e Artes (ASLA), Thiago Fragata, coordenou a vitoriosa comissão de candidatura da histórica Praça de São Francisco, fincada no município de São Cristóvão, a chancela de Patrimônio Cultural da Humanidade conferida pela Unesco em 2010. Através de esforços conjuntos, o diretor da Escola, conselheiro Carlos Pinna, reitera o compromisso da Ecojan com a educação e informação, pois desde o início da pandemia do novo coronavírus a Escola viabiliza ações no ambiente virtual a fim de dar plena continuidade ao seu trabalho. A transmissão acontecerá no canal do TCE/SE no YouTube, onde permanecerá disponível após a realização: https://www.youtube.com/channel/UCV7OwLJBmO7nLYpUcVLEUbQ

                                                                                                                                                       
“Cidades e Pandemia”, hoje, das 15 às 17h Hoje, 11 de setembro, das 15h às 17h, o Observatório da Democracia da UFS realiza mais uma edição do evento online Enquanto a Pandemia Rola, com o tema “Cidades e Pandemia”.A mesa contará com a participação de Adriana Sansão, arquiteta, urbanista, professora e coordenadora do Laboratório de Intervenções Temporárias e Urbanismo Tático do PROURB (Programa de Pós Graduação em Urbanismo); Leonardo Brawl, arquiteto, urbanista, cofundador do coletivo TRANSLAB-URB (Porto Alegre); e de Maria Cecília Tavares, arquiteta, urbanista e professora do Curso de Arquitetura e Urbanismo (UFS). As inscrições podem ser realizadas via Sigaa/UFS.

                                                                                                                                                                     
Live hoje, 11/09, às 17h A inserção do médico-veterinário na saúde pública Em Homenagem ao Dia do Médico-Veterinário! A comissão regional de saúde pública veterinária do CRMV-SE está promovendo transmissões ao vivo semanalmente no Instagram https://www.instagram.com/crm.se/    Os encontros virtuais serão realizados as sextas-feiras, a partir dee hoje, 11/09 às 17h. Os especialistas irão tratar sobre diversos assuntos que envolvem a Medicina Veterinária. O tema da live de sexta-feira será “A inserção do médico-vetérinário na saúde pública.


PELO E-MAIL nunesclaudio@infonet.com.br E FACEBOOK

Os Desatinos do Aracaju. Por Antônio Samarone, médico sanitarista

O planejamento urbano é uma ideia antiga. Aracaju gaba-se de ter sido planejada pelo engenheiro Pirro. O primeiro Código de Postura de Aracaju, Lei nº 458, de 03 de setembro de 1856, criou regras urbanas cidadãs:

“O proprietário de casas era obrigado a calçar a frente com lageado regular (calçadas), sendo que nas ruas de sessenta palmos de largura, os lageados seriam de oito palmos, e nas ruas de cem palmos, os lageados de dez palmos.”

Trazendo para a linguagem atual, em 1856, Aracaju teria ruas de 12 metros de largura, com caçadas com 1,5 metros, e Avenidas com 20 metros de largura, com calçadas de 2 metros. São assim, as ruas do quadriculado central da cidade.

Não precisa falar muito, basta comparar com a atual Aracaju, que está sendo construída sob a tutela da especulação imobiliária, do chamado Mercado.

A última grande intervenção do Poder Público na cidade do Aracaju, foi o desmanche do Morro do Bomfim e a urbanização do Curral e da Ilha das Cobras, na década de 1950. A partir de Godofredo Diniz, a cidade foi entregue à indústria da construção civil.

Dizem que o Aracaju atual tem 13 donos. Mais da metade dos terrenos pertencem a esses 13 latifundiários urbanos. São imensas glebas entregues à especulação.

Na fundação do Aracaju (1855) não era diferente. O senhor Luiz Francisco das Chagas, o Seu Luizinho do Sítio Aurora, era proprietário da metade da nova Capital. A outra metade era de João Cabeça Mole e pequenos posseiros.

O sítio de Seu Luizinho ia da Catedral até o Tramandaí e do litoral, até a Lagoa da Pomba (penitenciária velha). Ele era o dono do lado direito da Capital.

Aracaju sepultou o planejamento urbano. Hoje, caminha sem direção, sem planos e sem rumos. Uma cidade entregue a pequenos interesses.

Vejam a nova Orla (foto) que está sendo construída ao lado do Tecarmo. Nenhum planejamento! Uma orla estreita, sem estacionamentos, espaços verdes e áreas de lazer e convivência. E o mais grave, esqueceram de deixar espaços para uma futura e necessária duplicação da Rodovia Sarney. Sinceramente, dinheiro público desperdiçado.


PELO TWITTER

www.twitter.com/minc_rj Sou completamente contrário ao perdão das dívidas de Templos+Igrejas. Lamento que deputados de esquerda tenham votado este absurdo. A constituição os isenta de imposto, não de contribuição previdenciária. R$1 bilhão garantiriam auxílio emergencial de R$ 500 a 2 milhões de pessoas

www.twitter.com/Alexjovem1   O maior medo do maranhense agora é de aumentarem o preço do cuscuz.

 

www.twitter.com/cinefilo_K o carioca elegeu:

 Marcelo Crivella para prefeito

  • Wilson Witzel para governador
  • Flordelis para deputada federal
  • Carlos Bolsonaro para vereador
  • Flávio Bolsonaro para senador
  • Jair Bolsonaro para presidente

Siga Blog Cláudio Nunes:

Instragram

 Facebook

 Twitter



Frase do Dia
“Aquele que ri, ao invés de enfurecer-se é sempre o mais forte.” Provérbio Japonês.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários