SE: mortes aumentarão. Poucos cumprem o isolamento.Não adianta chorar

0

“O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

“O governador e o prefeito fecham tudo e do que adianta? As mortes estão ai mesmo com tudo fechado e o isolamento social.”

Mente quem pensa assim.

Em Sergipe, poucos cumprem o isolamento social. Só as grandes lojas, os shoppings e alguns restaurantes estão fechados. O resto está tudo aberto.

Comércio no centro quase todo aberto

A PM fiscaliza pouco, a guarda municipal em Aracaju muito menos. A PM só quando tem holofotes das emissoras de TV. Os fiscais da Emsurb são coniventes, não servem para nada. Quem quiser comprovar vá agora próximo ao mercado central de Aracaju e fique dentro do carro em uma das ruas do lado do mercado. Comprovará que apenas as lojas maiores estão fechadas e as outras estão todas  abertas com suas portas de correr abaixadas, mas a todo o momento clientes entram e saem. Algumas colocaram até pessoas sem farda, para “organizar” a entrada e levantar e baixar as portas de correr. Ou seja, lá dentro tudo abafado com a porta baixa. Imagine um ambiente altamente propício para o vírus. Os fiscais da Emsurb sabem de tudo. O fluxo de pessoas, principalmente de idosos, é enorme.

Em todos os bairros, tudo aberto

Na Zona de Expansão, os bares abrem sem problemas. Todas as lojas pequenas estão abertas. Aliás, o blog recebeu uma denúncia de um morador contra a PM. Ele mora ao lado do bar Pantanal e ligou para denunciar que o bar estava aberto com as mesas cheias de gente no fundo, próximo à cozinha, apenas na frente do bar não tinha ninguém. A PM recebeu a denúncia, mas apareceu? Piada.

Feriadão do lazer e decretos que não valem nada

O governador e o prefeito devem acabar com os feriadões antecipados com o intuito de aumentar o isolamento social. O que aconteceu no último fim de semana foi uma piada. Centenas de pessoas nas ruas, nas praias e nos calçadões passeando. Aliás, o governador e o prefeito deveriam “lavar as mãos” e extinguir os decretos. Quase tudo está aberto mesmo. O papel não vale nada!

Máscaras que protegem apenas a desfaçatez

E se alguém prestar atenção, principalmente onde tem muita gente transitando como no centro e nas áreas comerciais dos bairros, notará que boa parte das pessoas usam as máscaras apenas para disfarçar o descaramento: elas estão no queixo ou então penduradas em uma das orelhas.

Não adianta chorar…

Os relatos de pessoas céticas, que perderam amigos ou algum parente para o coronavírus, estão aumentando.

Alguns estão descobrindo tarde demais que o vírus é de verdade: a morte entra em sua casa e na sua família de forma avassaladora. Ai não adianta chorar…



De volta ao passado. Bem-vindos à velha política, na qual o MJ era o advogado do PR. Na verdade, o MJ exorbitou de suas atribuições, ao usurpar as competências institucionais da AGU. Resta evidente no texto do HC o patrocínio de Advocacia Administrativa, ao defender interesses pessoais de investigado, alheios à estrutura da Administração Publica Federal. Em meio a tudo isso cabe à OAB responder: Ao assumir o cargo de ministro da Justiça, o seu ex-AGU teria seu registro de Advogado suspenso? Ou será que a regra no Estatuto da OAB não se aplicaria a este caso? Enfim, cabe à OAB cumprir sua missão histórica na defesa das prerrogativas dos Advogados, bem como da Constituição do Brasil. Com a palavra, Cézar Britto? Ayres de Britto?!

Do quartel general da ultradireita em SE, da pressão e o Lula-Lá E alguns leitores ainda analisam a entrevista de Lula esta semana na Jovem Pan Aracaju. Alguns ficaram espantados com tudo, parecia um comitê petista. Até o jingle da campanha de 1989 – Lula-Lá, brilha uma estrela – o Lomes, dono da emissora e articulista, pediu que executasse no final da entrevista. Tempos estranhos… acontece de tudo. Sinal dos tempos? O apocalipse está chegando?

Pena? E ontem, 28, o blog foi informado, por dois parlamentares, que o presidente da Assembleia Legislativa, Luciano Bispo conversou com vários deles para liberar o presidente do Banese de ir ao legislativo para ser sabatinado pelos parlamentares por conta de diversas ações do banco. “Tou com pena dele”, foi a justificativa. Pode isso Arnaldo?

Boquim: ex-secretário vai à Câmara e faz denúncias No último dia 20 de maio, o ex-secretário municipal de Obras e Agricultura da Prefeitura de Boquim, Luiz Carlos do Nascimento, esteve na Câmara de vereadores e da tribuna fez denúncias contra a administração do prefeito Eraldo de Andrade. Ele se referiu a licitação para a merenda escolar que foi em torno de R$ 700 mil para todo ano e o kit distribuído agora no período da pandemia. “Deveria ser no mínimo de R$ 60,00 e para alguns saiu de R$ 15,00”

Boleto para feirantes Luiz Carlos disse que quando secretário tinha proposto que os feirantes pagassem através de boleto. “Evita ter o fiscal recolhendo dinheiro. A arrecadação da feira é em torno de 2 mil por semana.. E já procurei na conta referida no portal da transparência e não encontro como também o repasse para a empresa que coloca as bancas.” O blog está esperando mais detalhes com a ata da sessão para divulgar mais informações do assunto que vem sendo polêmica nos últimos dias em Boquim. O primeiro vídeo:





Eleição geral em 2022 A Federação dos Municípios do Estado de Sergipe (FAMES), junto com a Confederação Nacional dos Municípios, divulgou uma Carta Aberta ao Congresso e à Nação sobre as Eleições 2020. A Carta requer que, “em nome da democracia e do Estado de Direito que precisa ser preservado, bem como, do direito à vida que seja considerada a posição histórica do Movimento Municipalista no sentido da unificação dos mandatos com a realização de uma eleição geral em 2022”.

Uso de QR Code em placas de obras públicas Para facilitar o acesso da população às informações sobre obras públicas em execução no Estado, o deputado estadual Luciano Pimentel apresentou o Projeto Lei nº 293/2019, que determina a disponibilização do código de barras bidimensional, conhecido como QR Code, em todas as placas de intervenções estaduais. O PL foi aprovado ontem, 28, em sessão remota da Assembleia Legislativa.

Transparência no que tange ao interesse público “O cidadão sergipano, através de um smartphone ou de outro dispositivo com leitura de QR Code, será capaz de acessar os dados de qualquer obra que esteja sendo desenvolvida no Estado. É um instrumento tecnológico que permite uma fiscalização mais fácil e acessível para população. Ou seja, traz benefícios para o contribuinte e fortalece o trabalho da administração, por ser uma prestação de contas”, considerou Pimentel.

Pagamento dos emolumentos dos cartórios de Sergipe já pode ser feito com cartão Por meio da Portaria Conjunta nº 15/2020 do Tribunal de Justiça de Sergipe, os cartórios de todo o estado foram autorizados a aceitar cartões de débito e crédito no pagamento de seus serviços. A operacionalização das transações foi possibilitada através de um convênio feito entre a Associação dos Notários e Registradores do Estado de Sergipe (ANOREG/SE) e a empresa Pag Tran.

Aliado na prevenção Para utilizar o novo meio de pagamento, os funcionários dos cartórios passaram por um treinamento com a empresa fornecedora da tecnologia para aprimorar a prestação de serviço ao usuário. A medida veio em um momento onde a utilização de cartão como meio de pagamento tornou-se mais um aliado na prevenção à COVID-19, ao evitar que a manipulação de cédulas de dinheiro seja um vetor da doença.

Aspectos O presidente da ANOREG-SE, Henrique Maciel, destacou os benefícios da nova forma de pagamento: “O uso do cartão de crédito e débito é bom em vários aspectos: na questão da segurança – já que o cidadão não precisa mais andar com dinheiro -, a possibilidade de parcelamento do valor, e também quanto à higiene, pois em tempos de pandemia o manuseio do cartão é menos suscetível à contaminação do que cédulas de dinheiro”.

Demanda atendida O pagamento dos serviços dos cartórios por meio de cartão é uma antiga demanda dos usuários e a sua concretização mais uma ação que consolida a implementação da tecnologia como facilitador entre as serventias extrajudiciais e a sociedade.

Câncer de Próstata em tempos de Pandemia O Tratamento do Câncer de Próstata em tempos de Pandemia foi o tema de mais uma live promovida pela Clínica Onco Hematos, na noite dessa quarta-feira, 27. O oncologista clínico da Onco Hematos, Thiago Menezes, recebeu o uro-oncologista, Marco Antônio Arap, professor assistente doutor do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina – USP, e docente permanente do programa de Pós-Graduação do Hospital Sírio Libanês. O atual cenário com a Pandemia da Covid-19 é cheio de incertezas e muitos pacientes com Câncer de Próstata chegam no consultório do urologista ou oncologista inseguros de como lidar com o medo de não tratar o câncer e a doença avançar, ou tratar e complicar pela infecção do vírus. Para iniciar esse assunto durante a live e tirar dúvidas dos pacientes, o oncologista Thiago Menezes destacou que o câncer de próstata é um dos mais incidentes no Brasil e no mundo.

Câncer de Próstata em tempos de Pandemia II “Essa doença é muito heterogênea, alguns têm uma evolução indolente, mas também tem alguns casos que a doença vem superagressiva e os pacientes precisam de um tratamento mais urgente. Agora estamos vivendo uma nova realidade com esta pandemia, que traz muito medo para a população, em especial para os pacientes que têm o diagnóstico de câncer e vão ter o tratamento adiado. E nós como médicos ficamos preocupados em postergar o tratamento, mas também precisamos ter cuidado para não expor os paciente ao vírus”, disse o oncologista, questionando o Dr. Marco Arap sobre como está a rotina em São Paulo para os tratamentos de câncer.

Fatores Dr. Thiago acrescentou que os principais fatores de risco relacionados ao Câncer de Próstata, também são os fatores prognósticos de gravidade da doença do Coronavírus. “Esses fatores são a idade, a obesidade, pacientes tabagistas, ou seja, a mesma população que tem risco de câncer de próstata, também pode ter o Covid-19 na sua forma mais grave”, disse o oncologista, enfatizando ainda que a maior dificuldade dos profissionais de Sergipe é com relação ao tempo dos resultados dos exames de PCR, que não são liberados com agilidade razoável.

Incertezas O Uro-oncologista Marco Arap salientou que a realidade de todos é de muita incerteza, por não saber se a vacina que está sendo desenvolvida chegará logo, se será eficiente e se terá um grau efetivo de proteção. “Também não sabemos se o paciente que já foi contaminado pode ter uma reinfecção, aparentemente não, mas essa também é outra incerteza”.

Protocolos Segundo Marco Arap, mesmo quando o paciente tem PCR negativo para o vírus, os profissionais estão seguindo o protocolo de utilizar todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para realizarem cirurgias. “Para os pacientes que tem Covid-19 e mesmo assim precisam ser operados urgentemente eles vão para uma área quente do Hospital. A direção do Hospital separou algumas salas de cirurgia para os pacientes que têm o Covid e os que não têm. No Sírio Libanês, a taxa de infecção dos membros da equipe que trata dos pacientes com Covid-19 é apenas de 3%, e mesmo assim não sabemos se eles foram contaminados dentro ou fora do Hospital. Então, o Sírio Libanês conseguiu uma proteção muito grande para a equipe médica e também para os pacientes atendidos e isso comprova que o risco de pegar a doença dentro do hospital é muito menor do que pegar na rua”, explicou.

Tratamentos Dr. Thiago Menezes também comentou na live sobre as mudanças de tratamento oncológico nesse período de pandemia. “Existe um protocolo para alguns pacientes começarem um bloqueio hormonal para tentar postergar um pouco mais o início da radioterapia neste momento”.

Cirurgias Robóticas Também foi comentado na live sobre os avanços dos tipos de cirurgia, mostrando as vantagens e limitações da cirurgia aberta e comparando com o avanço da cirurgia robótica para o tratamento do câncer de próstata. “Sabemos que a cirurgia aberta ainda é a maior opção e tem as suas vantagens. Mas hoje a cirurgia robótica é um grande avanço e aqui em São Paulo os hospitais particulares, em sua grande maioria, já tem programas de cirurgia robótica instalados. Pelo menos 60% dos hospitais particulares em São Paulo já tem robô, são mais de 30 robôs funcionando. E não há nenhuma dúvida de que os pacientes tratados por cirurgia robótica têm uma evolução muito mais tranquila, não só do ponto de vista funcional, em relação à continência urinária e impotência sexual, mas também em relação ao retorno mais rápido das suas atividades de trabalho e atividades físicas”, finalizou Marco Arap.

Imprensa nacional informa que Sob forte pressão, Witzel demite chefe da Casa Civil O governador do Rio, Wilson Witzel, demitiu o secretário da Casa Civil, André Moura. Moura era ex-braço-direito de Eduardo Cunha e foi trazido para o Palácio Guanabara com as bênçãos do Pastor Everaldo, presidente do PSC. A reportagem da revista Veja destaca que “o governador, que andava insatisfeito com a articulação política promovida pelo agora ex-secretário, viu sua lista de problemas aumentarem significativamente esta semana. Pairam contra ele cinco pedidos de impeachment na Assembleia Legislativa.” A matéria ainda acrescenta que “a gota d’água para o fim do relacionamento foi o silêncio do homem forte do governo diante das operações que atingiram em cheio Witzel e sua mulher, Helena, nesta semana.”

NOTA PÚBLICA – ANDRÉ MOURA

Após conversa com o governador Wilson Witzel, na noite da quinta-feira, 28, me despedi do cargo de chefe da Casa Civil e Governança do Rio de Janeiro, função que vinha desempenhando com todo respeito e responsabilidade, nos últimos oito meses. A decisão foi tomada em conjunto com o chefe do executivo do estado de forma amistosa.

Deixo o posto de secretário da Casa Civil e Governança do Rio de Janeiro, com sentimento de dever cumprido, pois foram muitas as conquistas, desde a minha chegada. Os méritos, divido com membros da minha equipe: os técnicos do governo, os que vieram comigo de outros estados, e os demais servidores que me auxiliaram, durante esse tempo. São profissionais aos quais devo verdadeira gratidão pelo brilhante trabalho prestado, por todo empenho, toda dedicação; gente que nunca desanima, mesmo com o ritmo acelerado e as horas de trabalho extenuantes.

Em tempo, quero agradecer àqueles colegas secretários que entenderam nossa proposta de trabalho, acreditaram na nossa visão e perseguiram as metas que apontamos.

Sou muito grato, também, aos parlamentares, em especial os deputados estaduais, que verdadeiramente incorporaram o espírito democrático, deixando as divergências partidárias de lado, para somar esforços conosco, aprovando diversas matérias em prol do Rio de Janeiro, construindo um saldo positivo entre o Executivo e Legislativo. Quero abraçar a todos em nome do presidente, André Ciciliano, um líder nato.

Não posso esquecer de agradecer o vice-governador Cláudio Castro, um cidadão empenhado com a coisa pública.

Ademais, o governador Wilson Witzel pela oportunidade de fazer parte do seu projeto de governo e pela confiança.

Peço a Deus e ao Nosso Senhor do Bonfim que nos abençoe e nos guie nesse novo ciclo que se inicia.

André Moura

PELO ZAP DO BLOG CLÁUDIO NUNES – (79) 99890 2018

Aniversário Sinpol/SE O Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Sergipe (Sinpol/SE) comemora no próximo sábado, 30, aniversário de 30 anos de uma trajetória de muita luta pela garantia dos direitos dos policiais civis. Se você admira o trabalho de agentes, agentes auxiliares e escrivães da Polícia Civil e a nossa luta sindical, envie uma mensagem em vídeo de até um minuto parabenizando o Sinpol Sergipe pelo seu aniversário. Todos os vídeos serão publicados em nossas redes sociais. Estamos aguardando sua homenagem a partir de agora. Confira vídeo 👆🏾 e entenda. Seguimos na luta! https://www.instagram.com/p/CAwOJ8mhWG7/?igshid=1skanh3xjb0x7
#Aniversário #30Anos #Homenagem #MandeVídeo
 
 


Sergipe  à Deriva Do leitor Alberto Argôlo: “Enquanto o dito governador foge pra Simão Dias, o povo clama por leitos de UTI, nada foi feito para a população, estamos com medo de morrer na porta dos hospitais dentro de uma ambulância, enquanto isso o Belivas manda o povo FICAR EM CASA, sem nenhuma assistência, uma vergonha para um governador que veio pra resolver. Será que o pior Governador da história é quem está orientado essas ações.”

CREFITO 17 não cumpre Lei de Acesso a Informação e Sindiscose comunica ao MPF O Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 17ª Região do Estado de Sergipe – CREFITO-17 não cumpre LAI. A Lei de Acesso à Informação, ou LAI, é uma lei federal que permite a qualquer pessoa, seja física ou jurídica, solicitar informações públicas das esferas municipais, estaduais e federais. No Art. 8º da Lei é bem claro quando diz que é dever dos órgãos e entidades públicas promover, independentemente de requerimentos, a divulgação em local de fácil acesso, no âmbito de suas competências, de informações de interesse coletivo ou geral por eles produzidas ou custodiadas, sendo obrigatória a divulgação em sítios oficiais da rede mundial de computadores (internet).A lei também abrange autarquias, empresas públicas, sociedades de economia mista e qualquer outra entidade controlada por esses órgãos. Foi promulgada em 18 de novembro de 2011 e é encontrada na Constituição Federal pelo número 12.527 de 18/11/2011. Toda matéria aqui.


LIVES SERGIPE – É SÓ ENVIAR PARA DIVULGAR NESTE ESPAÇO

Vamos bater um papo sobre Residência médica durante a pandemia? No dia 30/05 às 10h teremos mais uma edição do nosso #cantinhodaquarentena, nossas lives semanais, sob o comando do Dr. José Aderval Aragão, que abordam assuntos relevantes para a sociedade médica. Desta vez nosso convidado será o Dr. Euler Nicolau Sauaia Filho
A live desta *sexta-feira, dia 29/05, às 19h*, tem como tema “*CRIANDO NEGÓCIOS NA CRISE – É possível buscar alternativas para o empreendedorismo?*”. O empresário *Fábio Prado* estará junto com *Paulo do Eirado*, Superintendente do Sebrae/SE, debatendo sobre toda essa mudança social e o impacto do coronavírus nas empresas. http://www.instagram.com/sebraesergipe #Empreendedorismo #NenhumNegócioAMenos #SebraePeloBrasil #SebraePorSergipe

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

PELO E-MAIL E FACEBOOK

 OPINIÃO – O Fim do Isolamento Social  Por Antônio  Samarone

 O Brasil começou a suspender o isolamento social. O que houve? A Pandemia chegou ao pico e começou a declinar? Não, pelo contrário, a mortalidade continua crescendo. Ontem morreram 1.086 pessoas.

 E por que vão abrir a economia, quais as justificativas?

  1. Já temos um número de leitos de UTI suficientes, compramos mais respiradores. As pessoas já podem morrer com um certo conforto. Se o isolamento era para evitar o colapso do sistema de saúde, o problema foi resolvido.
  2. A economia caiu muito, só em abril, perdeu-se quase um milhão de empregos com carteira assinada. Os cofres públicos estão se esvaziando. Está na hora de abrimos a economia.
  3. Não faltará quem argumente, está vendo, esse isolamento social foi uma perda de tempo. Nunca funcionou. Estava na hora de acabar.
  4. Outro grupo defenderá que o isolamento social já cumpriu o seu papel, salvou milhares de vidas. (Alguns citam até o número de mortes evitadas). Já podemos suspendê-lo.

É a Torre de Babel. Os argumentos apontam para todos os lados, são movidos pelos interesses, mas todos encontrarão um “estudo científico” comprovando.

Mas se abrirmos a economia e todos voltarem as ruas, aumentar as aglomerações, o número de mortos não vai crescer? Parece lógico.

Mesmo assim, se o número de mortes pode crescer, o que levou mesmo a essa decisão nacional, de reabrir a economia agora?

Houve uma grande mudança no Brasil. A doença que chegou de avião, avançou para a periferia, para vilas e favelas, quem morre mais, agora, é o povo pobre e os profissionais de saúde.

A Pandemia começou a perder a sua importância social. A Pandemia está matando bem mais os pobres e profissionais de saúde.

Entenderam, a Pandemia está perdendo a sua importância social. Essa é a razão mais importante para a suspensão do isolamento. Os que vão morrer, em sua imensa maioria, são pobres e profissionais de saúde.

As mortes podem até aumentar, mas são mortes severinas. Na lógica neoliberal, esse gente é excedente, não conta para a economia.

O novo corona chegou cheio de empáfia, não poupava ninguém. Agora percebeu que matar pobres é bem mais fácil.

A Pandemia ter eliminado idosos pobres é visto como uma “reforma biológica da previdência”. É nessa realidade em que vivemos.

A velha sociedade se apressa em retornar ao modo de vida de antes.

O discurso em defesa da vida era um biombo político? A vida vale pouco no Brasil! O medo de quem é levado em conta, passando, em breve a Pandemia será uma curiosidade histórica.

Não estou dizendo nenhuma novidade, todos já sabiam. Estou apenas relembrando.

A dengue, a zica e a chikungunya vem aí, farão a sua coleta de mortos, deixarão as suas sequelas, e passarão desapercebidas, como sempre. No máximo, as autoridades mandarão que cuidemos dos jarros de flores, para não deixarmos água acumulada.

Essas são viroses antigas, que aprenderam a escolher as suas vítimas.

Os que sonham que a Pandemia botará uma pá de cal no neoliberalismo, precisam acordar!

OPINIÃO 

A tentação totalitária do ministro  Por Paulo Costa Neto  

O atual ministro da educação , Abraham Weintraub , não é um modelo de intelectual nem possui uma carreira acadêmica brilhante que o credencie para ocupar a pasta , mas possui a “militância” extremada e o alinhamento com a chamada ala ideológica do governo . Isso ficou bem evidenciado na sua fala durante a reunião ministerial divulgada pela mídia . Numa de suas falas acusou a “vitimização” dos povos negros , indígenas e ciganos como um entrave na construção de uma identidade única do “povo brasileiro” e , em tom ameaçador , profetizou :” Quer , quer . Não quer sai de ré” . Quase uma apologia ao slogan “Brasil ame-o ou deixe-o” da ditadura militar . 

A fala do ministro não revela somente um arroubo ditatorial mas flerta diretamente com um totalitarismo escancarado ao estilo de Hitler ou Stalin . O ministro revela , além do desejo de exterminar os inimigos políticos , um pendor totalitário de homogeneizar e unificar o Brasil em um só povo , sem povos negros , indígenas ou de qualquer outra distinção . Homogêneo , único , e se todos forem filiados ao Aliança pelo Brasil será o país dos sonhos totalitários de Weintraub . 

A fala de Weintraub não é despretensiosa , ela revela o desejo embrionário de um estado totalitário que se inicia com a aniquilação dos grupos , etnias ou qualquer identidade cultural e a consequente homogeneização . A filósofa Hannah Arendt , que não era comunista mas era judia como Weintraub , nos revela essa “homogeneização” em “Origens do totalitarismo” seja na Alemanha nazista ou na União Soviética de Stalin . 

“…O totalitarismo que se preza deve chegar ao ponto em que tem que acabar com a existência autônoma de qualquer atividade…..” 

“A atomização da massa na sociedade soviética foi conseguida pelo habilidoso uso de repetidos expurgos que invariavelmente precediam o verdadeiro extermínio de um grupo……” 

A arrogância ditatorial do ministro será contida pela sua demissão , retratação , ou até por uma simples nota de repudio das instituições democráticas , mas a sua tentação totalitária de “homogeneização” da sociedade brasileira é bem mais danosa . Pois ela traz a reboque o desejo de parte da nossa sociedade de negar as nossas origens e , uma simples nota de repudio , não será suficiente para aplacar esse desejo . 

A negação da própria identidade está disseminada em parte da nossa sociedade seja no negro que estampa no corpo a suástica nazista , no nordestino que renega suas origens , no desejo separatista do sul , no gay que não se acha discriminado , na intolerância religiosa , na figura do “homem de bem” (cristão e de família) espancando pessoas nas ruas e num sem números de outros exemplos . 

O Brasil está dividido entre aqueles que querem o país de Plinio Salgado , Major Curió e Neymar e aqueles que querem o país de Darcy Ribeiro , Capitão Sérgio Macaco e Sócrates.


PELO TWITTER

www.twitter.com/CFcomunicologo Os dados de isolamento caíram em Aracaju. O comércio funciona a todo vapor. Crianças perambulam em praças e ruas, a Praia da Cinelândia lotada no final de semana, bares e igrejas abertas @governosergipe . Cadê a fiscalização? A economia e irresponsabilidade vencem a Covid-19.

www.twitter.com/depfmitidieri Já tinha passado da hora de algo ser feito contra a disseminação de Fake News. Milhões de robôs espalhando mentiras pra manipular opinião pública jamais poderá ser confundido com liberdade de expressão. É crime e deve ser punido. Doa a quem doer, não importa o viés político.

www.twitter.com/Miltinhoaju Ah cara de pau! O PR abre a boca, ou melhor, digita nas redes sociais, que: ‘algo de muito grave ocorre com a democracia’. O mesmo que defende Brilhante Ustra, manifestações antidemocráticas, massacra e desrespeita a imprensa, e crítica a ação de ontem feita pela PF #óleodeperoba

www.twitter.com/gugachacra Anos atrás, um iraniano que estudou comigo na Universidade Columbia me disse sentir inveja, no bom sentido, de eu ser brasileiro. Infelizmente, ninguém nos inveja mais. Os olhos dos estrangeiros não brilham mais qdo dizemos que somos do Brasil. Triste.

www.twitter.com/AndreLuis022     



Siga Blog Cláudio Nunes:

 

Instragram

 Facebook

 Twitter


Frase do Dia
“Quando a gente acha que chegou no fundo do poço, sempre descobre que pode ir ainda mais fundo. Que escrotidão.” Charles Bukowski.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários