Sentiu o golpe

0

O DEM incluiu os grandes empresários sergipanos no rol de seus adversários. No programa eleitoral gratuito de ontem, a apresentadora disse que o partido condena o acordão formado entre os políticos da situação e a classe empresarial, além de criticar o que chamou de abuso do poder econômico na campanha. Há cerca de 15 dias, quando mais de 60% do PIB privado de Sergipe tornou público seu apoio ao governador Marcelo Déda (PPT), a coluna revelou que o fato se constituía numa grande porrada na candidatura demista, adiantando que restava saber se João teria fôlego para suportar o clinch. Pelo visto ele sentiu o golpe, pois sem o apoio das grandes empresas não é fácil bancar uma campanha majoritária. Quanto ao denunciado abuso do poder econômico, a apresentadora precisa ser mais clara nos próximos programas, até para ajudar a Justiça Eleitoral em sua função democrática de punir quem fere a legislação.

 

Grande perda

 

Sergipe perdeu ontem o ex-governador Arnaldo Garcez, que morreu vítima de falência múltipla dos órgãos aos 99 anos de idade. Ele governou o Estado de 1951 a 1954, após ter derrotado Leandro Maciel numa disputadíssima eleição que só teve o resultado reconhecido pela Justiça três meses depois. Arnaldo Rollemberg Garcez também foi deputado estadual, deputado federal e prefeito de Itaporanga D’Ajuda. Seu corpo foi sepultado ontem à tarde, no Cemitério Santa Izabel.

 

Corpo a corpo

 

E os candidatos de todos os partidos e coligações aproveitaram ontem as comemorações ao 7 de Setembro para fazer corpo a corpo. Praticamente todos eles estavam no desfile militar estudantil dando tapinhas nas costas dos eleitores, distribuindo ‘santinhos’ e prometendo um mundo maravilhoso a partir de janeiro de 2011. Depois do evento cívico, boa parte foi para as praias continuar o trabalho de convencimento.

 

Os incluídos

 

Os candidatos a cargos eletivos aproveitaram a 16ª edição do Grito dos Excluídos, realizada ontem depois do desfile de 7 de Setembro, para aparecer. Por pouco não tinha mais candidatos do que participantes. Pior é que muitos nunca se envolveram com este evento, até críticas já fizeram ao que chamavam de movimento violento de esquerda. O que não faz uma campanha eleitoral?

 

Fora de tempo

 

Alguém precisa dizer ao candidato a governador Francisco Henrique (PRTB) que Sergipe não é apenas Nossa Senhora do Socorro. Até parece que ele está disputando a prefeitura socorrense, pois quase todas as suas propostas são para lá. Desse jeito, Henrique não vai ser votado pelos eleitores dos outros 73 municípios sergipanos. Seria interessante também que o vice dele, professor ‘Lapada’, abrisse a boca pelo menos uma vez no horário eleitoral gratuito. Já tem gente dizendo que o rapaz é mudo. Será?

 

Prefeito advertido

 

A Procuradoria Regional Eleitoral recomendou ao prefeito de Neópolis, Marcelo Guedes (PTB), que retire dos veículos da Prefeitura a logomarca do governo estadual, um coração estilizado nas cores verde e amarela. O procurador Pablo Coutinho Barreto argumenta que o símbolo sugere aos eleitores o nome do candidato a reeleição Marcelo Déda (PT). Além disso, ele afirma que o Tribunal Regional Eleitoral proíbe o uso desta imagem nas propagandas do governo do Estado.

 

Posição estranha

 

É estranho que agora assessores de João Alves Filho (DEM) afirmem que ele não pode não ir para o debate da TV Sergipe porque a emissora não convidou também os candidatos ‘nanicos’. Foram justamente os representantes do demista que não aceitaram que a direção da TV incluísse no debate os pequenos candidatos. Ademais, recusar participar do confronto, após ter aceitado as regras, parece até medo de enfrentar os adversários num programa transmitido ao vivo para todo o Estado.

 

Urnas testadas

 

Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais iniciou ontem, testes em urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de outubro. O objetivo é saber se as ondas eletromagnéticas emitidas pelas urnas podem interferir em equipamentos eletrônicos, como o marca-passo. Criada na década de 90, a urna eletrônica sofreu mudanças no decorrer dos anos. Foi usada pela primeira vez nas eleições de 1996 e, em 2000, chegou a todo o país.

Em 2009, a Justiça Eleitoral testou o uso da urna com identificação biométrica em que o eleitor é reconhecido pela impressão digital.

 

Trabalho fiscalizado

 

O cumprimento da legislação trabalhista durante a campanha eleitoral será avaliado hoje em Aracaju. Será durante a reunião entre o Ministério Público do Trabalho, a Procuradoria Regional Eleitoral, a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego e os partidos políticos. Segundo o procurador-chefe do MPT em Sergipe, Manoel Adroaldo Bispo, o objetivo do Ministério Público é ouvir também os partidos políticos sobre eventuais dificuldades encontradas para cumprir a legislação.

 

Do baú político

 

A coluna publica hoje trechos da carta enviada pela senhora Maria Tereza, filha do ex-deputado federal Euvaldo Diniz. Antes, contudo, a coluna esclarece que a história sobre a quase prisão do parlamentar dentro do Palácio Olímpio Campos, no dia 1º de abril de 1964, foi contada pelo ilustre ex-governador Celso de Carvalho e publicada pela imprensa sergipana. Explicado este ponto, vamos ao que escreve a Senhora Maria Tereza: “Informamos ao senhor que Euvaldo Diniz, meu pai, falecido em 4 de setembro de 1964, aos 35 anos de idade, vitimado por um acidente aéreo, foi uma voz que se levantou contra Golpe Militar de 1º de abril, desde os primeiros momentos. Também, foi um dos poucos parlamentares que acompanhou o Presidente Juscelino Kubitschek no aeroporto quando este partia para o seu degredo em Paris. A carta de agradecimento do velho amigo Juscelino Kubitschek a Euvaldo Diniz, escrita em Paris, do dia 2 de julho de 1964, é um verdadeiro documento que está disponível para o baú político.Ademais, para seu enriquecimento sobre os verdadeiros fatos históricos acerca do deputado federal Euvaldo Diniz, ele não era pessedista, não estava em Sergipe no dia 1º de abril de 1964, assim como tudo mais que você relatou é uma obra de ficção”.

 

Confira outras notícias nacionais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais