Servidor na pindaíba

0

O servidor estadual encerra mais um ano sem nada para comemorar. Sem ter recebido um único centavo de reajuste em 2014, a categoria passará um Natal magérrimo, e não terá disposição para festejar a chegada do Ano Novo. Bem que o sindicato que os representa tem lutado bravamente para sensibilizar o governo, porém este alega não dispor de recursos para conceder qualquer reajuste. O que mais irritou os servidores da administração direta foi a presteza como o governo repassou a inflação do período para os salários dos professores, numa evidente discriminação para com as demais categorias. A estas resta o consolo de que 2014 será um ano de eleições, período apropriado para dar o troco a quem acha que os servidores e seus familiares vivem de brisa.

Crime ambiental

A Central Única dos Trabalhadores promove daqui a pouco um debate sobre o criminoso aterro de parte do Rio Sergipe, nas imediações do Iate Clube de Aracaju. Os participantes vão discutir as consequências nefastas causadas pela obra, principalmente à pesca e à navegação. O debate começa às 8h30 na sede da CUT, na rua Porto da Folha, nº 1039, bairro Cirurgia. Prestigie!

Condenado

Decididamente, o ano não termina bem para o ex-prefeito de Capela, Manoel Messias, o ‘Sukita’ (PSB). Depois de ter tido encerrado o contrato de arrendamento da rádio Atalaia/FM, ele acaba de ser condenado por fazer propaganda eleitoral antecipada. ‘Sukita’ foi acusado de usar a emissora que arrendou para divulgar sua possível candidatura a um cargo eletivo em 2014. Naturalmente, o ex-prefeito vai recorrer contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral.

Grana alta

Essa informação interessa a quem amanheceu sem um tostão furado no bolso: a Mega-Sena pode pagar hoje um prêmio de R$ 44 milhões àquele que acertar os seis números sorteados. Caso apenas um apostador ganhe o prêmio, pode comprar 44 casas, no valor de R$ 1 milhão cada, ou garantir uma aposentadoria de R$ 229 mil por mês, o equivalente a R$ 7,6 mil por dia, caso invista todo o dinheiro na poupança.

Almoço do PIB

O governador Jackson Barreto (PMDB) participa hoje do tradicional almoço da Federação das Indústrias do Estado de Sergipe (FIES). Marcada para as 12h, a confraternização vai reunir industriais sergipanos, secretários estaduais e dirigentes de órgãos públicos. Este será o primeiro encontro de Jackson Barreto com empresários da indústria depois da morte do ex-governador Marcelo Déda (PT), ocorrida no início do mês.

Não pode

A partir do próximo ano, as redes sociais estão proibidas de divulgar enquetes sobre a preferência do eleitor. As novas regras aprovadas esta semana pela Justiça Eleitoral também determinam que no pleito de 2014 o voto não será obrigatório para presos provisórios. Esta regra já foi aplicada nas eleições do ano passado.

Novo peixinho

O PSC foi o partido escolhido pelo conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, Reinaldo Moura. Ele pretende disputar uma cadeira na Assembleia desde que a candidatura não atrapalhará o projeto político do filho e deputado federal André Moura, que preside o PSC em Sergipe. A filiação de Reinaldo está marcada para as 16h de hoje na sede da legenda dos peixinhos, em Aracaju.

Futura Mesa

Como já era esperado, a Câmara Municipal de Aracaju elegeu ontem a Mesa Diretora para o biênio 2015/2016. Com 18 votos favoráveis, foram eleitos Vinicius Porto (presidente), Jailton Santana (vice), Roberto Morais (1º secretário), Anderson de Tuca (2º secretário) e Adelson Barreto Filho (3º secretário). A futura Mesa não conta com um único representante da oposição, e as vereadoras também foram desprestigiadas.

Está fora

Como deseja em disputar um cargo eletivo em 2014, o ex-prefeito de Aracaju, Edvaldo Nogueira (PC do B), não será convidado para o novo secretariado estadual. É que, segundo publica o jornalista Eugênio Nascimento, o governador Jackson Barreto (PMDB) não pretende nomear pré-candidatos ao pleito de 2014. Por falar em Jackson, domingo próximo ele toma café da manhã com o senador Antônio Carlos Valadares (PSB) para discutir sobre eleições e as mudanças que fará no governo a partir de janeiro.

Borrachudos

Sergipe é o 2º estado do país em cheques sem fundo. Levantamento feito pela Serasa mostra que 9,51% dos cheques emitidos no estado de janeiro a novembro passado não tinham saldo. Este percentual só é menor do que o verificado em Roraima (10,79%). Segundo a Serasa, alta na inadimplência com cheques é reflexo do acúmulo de sucessivas elevações dos juros, que oneram o bolso do consumidor na hora de pagar as suas dívidas.

Do baú político

No início da década de 80, a Polícia causou um susto danado a um grupo de petistas reunidos para discutir os direitos da mulher. Era pouco mais de oito da noite e a reunião estava apenas começando na sede do PT, localizada no segundo pavimento de uma modesta casa na rua Divina Pastora, centro de Aracaju. Uma das participantes estava na janela quando viu chegarem os carros da Polícia. Deles, saltaram um delegado e alguns agentes, todos armados até os dentes. Alertados pela amiga, os demais petistas ficaram atônitos: “O que houve?”, perguntou um. “Será que estourou a revolução?”, indagou outro. Ao subirem as escadas, os policiais também se assustaram, pois conheciam a militância do PT. O delegado, inclusive, era colega de alguns no curso de Direito da Universidade Federal de Sergipe. “O que é isso companheiro?”, quis saber um dos petistas. “Nos desculpem. Estamos procurando mesmo é uma banca do jogo do bicho”, explicou-se o delegado comissionado. De fato, o jogo do bicho funcionava clandestinamente naquela rua, porém no imóvel ao lado, que, àquela hora, estava fechado.

Resumo dos jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais