Sucessão de Aracaju em aberto

0

Erra quem arrisca fazer qualquer prognóstico sobre a sucessão em Aracaju, até porque as candidaturas ainda estão indefinidas. Tirando o prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB), já montado no cavalo selado da reeleição, os demais pré-candidatos dependem muito das decisões partidárias, dos apoios que esperam ter e, principalmente, da recepção do eleitorado aos seus nomes. Os prefeituráveis vão aproveitar este começo de 2020 para avaliar o quadro político e sentir a força dos prováveis adversários. Só depois, começarão a alinhavar as possíveis alianças, sempre de olho na janela partidária, uma abertura de 30 dias para o político trocar de legenda sem o risco de perder o mandato. Pode-se dizer que este 1º semestre será de marchas e contramarchas visando a estruturação das siglas para as convenções que definirão as candidaturas. Portanto, quase tudo que se diga ou escreva agora não passa de exercício de futurologia. O momento é mais para a classe política plantar verde pensando em colher maduro, enquanto espera a hora certa para colocar o bloco nas ruas. Aguardemos, portanto!

Mais aperto

O novo valor do salário mínimo (R$ 1.039), em vigor desde ontem (1º), terá forte impacto nas prefeituras. Segundo a Confederação Nacional de Municípios, as finanças municipais serão afetadas principalmente porque as aposentadorias e benefícios sociais têm como piso o salário mínimo. E olha que 26 prefeituras de Sergipe ainda nem pagaram o décimo terceiro de 2019. Pior é que os coitados dos servidores municipais não têm nem mais cinto para apertar. Vixe!

Pau-de-arara

Alguém sabe por que o Exército insiste em transportar nossos jovens recrutas em inseguras carrocerias de caminhões? O correto não seria transportá-los em ônibus? Será que os oficiais também viajam aboletados nas perigosas carrocerias? E por que a diligente Polícia Rodoviária Federal não apreende estes perigosos paus-de-arara verde oliva, que trafegam tranquilamente por nossas rodovias? Cala-te boca!

Engoliu corda

Quem está uma fera com o ex-prefeito de Lagarto, Valmir Monteiro (PSC), é o deputado federal Gustinho Ribeiro (SD). Tudo porque, em entrevista no rádio web, o ex-gestor e ex-aliado político responsabilizou o parlamentar pela perda do mandato. Gustinho disse já ter acionado a assessoria jurídica e que não vai “responder a criminosos que foram presos, condenados e cassados. Estes bandidos não merecem minha atenção”. Misericórdia!

Dou-lhe uma…

A Justiça do Trabalho levará a leilão, no dia 6 de fevereiro próximo, a fábrica de cimento Itaguassu/Nassau, do Grupo João Santos. Localizada em Socorro, a indústria tinha cerca de 500 empregados diretos e tem uma dívida trabalhista de mais de R$ 90 milhões. O valor inicial do leilão é de R$ 528 milhões. Desde outubro de 2015, a  unidade industrial está com as atividades suspensas. Esta informação é do blog Primeira Mão.

Quem pode, pode

Ganha uma mariola de goiaba quem souber quantos conselheiros existem nas estatais e autarquias de Sergipe e qual o custo deles para os cofres públicos. À boca miúda, comenta-se que alguns apadrinhados do governo participam de dois, três, até seis conselhos consultivos, comparecem a apenas uma reunião mensal e embolsam uma grana razoável. Enquanto essa turma faz a festa, lambuzando-se com o dinheiro público, o servidor estadual passa fome. Cruz credo!

Feira de Sergipe

Vem aí a já tradicional Feira de Sergipe. Maior vitrine do nosso artesanato, o evento organizado pelo Sebrae acontecerá entre os dias 14 e 26 de fevereiro próximo, no Parque da Sementeira, em Aracaju. Serão mais de 100 estandes dedicados aos diversos tipos de artesanato produzidos em patchwork, palhas, madeira, bonecas em cabaça, ostras, cerâmica e bordado. Prestigie!

Rei na barriga

E os políticos não se cansam de divulgar balanços positivos dos próprios mandatos. Relacionam uma série de atividades parlamentares – muitas sem qualquer importância – e concluem dizendo que passaram o ano de 2019 suando a camisa em defesa do povo. Estranho seria se estes políticos admitissem que seus mandatos são medíocres, só beneficiam eles, os familiares e alguns poucos agregados. Crendeuspai!

Pepino pra descascar

O conselheiro Luiz Augusto Ribeiro assume em definitivo, nesta quinta-feira, a presidência do Tribunal de Contas de Sergipe. Recebe o comando da Casa juntamente com uma interrogação: como manter na ativa o conselheiro Flávio Conceição, se o Supremo Tribunal Federal suspendeu a decisão do TCE que colocou o também conselheiro Clóvis Barbosa em indisponibilidade? Há quem garanta que, como legalmente o Pleno da Corte de Contas só pode ter sete membros, caso Flávio não volte imediatamente à condição de aposentado, Luiz Augusto pode ser responsabilizado pela desnecessária despesa do oitavo gabinete. Homem, será?

Desejos para 2020

Ao raiar do primeiro sol de 2020, o sergipano Carlos Ayres de Britto, ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, fez três pedidos: “Que o Poder não chegue às mãos de quem ele sobe à cabeça, que nenhuma autoridade faça de sua caneta um pé-de-cabra e que, apesar da pobreza das palavras, prossiga a rica intuição de que a vida humana é um filme que não começa no começo nem termina no fim”. Então, tá!

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano O Tempo, em 3 de março de 1949

 

Comentários