TCE não condena

0

A imprensa sergipana costuma fazer um barulho dos diabos em torno das posições do Tribunal de Contas do Estado, como se elas fossem decisões prontas e acabadas. Não são. Mero órgão técnico auxiliar do Legislativo, o TCE diz o que parece ser. No jargão popular, elabora sugestões, oferece palpites. Compete aos conselheiros fazer e aprovar pareceres sobre as ações do Executivo para posterior analise dos deputados e vereadores. A estes cabe aprovar, ou não, as ponderações técnicas do TCE. Tanto isso é verdade que as “condenações” oriundas dos tribunais de contas estaduais não encontram guarida na Justiça Eleitoral para efeito de considerar o político ficha suja. No máximo, os pareceres subsidiam o Ministério Público e o Poder Judiciário. Oriundos geralmente do meio político, pois são indicados pela Assembleia, os conselheiros acham-se magistrados e alguns até pensam que seus palpites têm força de veredicto. Não têm. Eles só assustam o administrador desinformado, ou que não possui maioria no Legislativo, pois se o tiver, o parecer, tão valorizado pela imprensa, é rejeitado numa sessão relâmpago e ponto final.

Manhã Rosa

Acontece daqui a pouco no Parque da Sementeira, zona sul de Aracaju, a Manhã Rosa, evento promovido pela Associação dos Amigos da Oncologia para ajudar a prevenir o câncer de mama. Em quatro tendas, profissionais de saúde e estudantes vão estimular a prevenção e o diagnóstico da doença por meio de orientações do autoexame. Prestigie!

Pelo consenso

Pessoa cordata e político experiente, o deputado estadual Garibalde Mendonça (PMDB) evita o confronto na disputa pela presidência da Assembleia. Entrevistado no programa Batalha na TV, ele disse ser importante que o futuro presidente do Legislativo saia do consenso dos deputados situacionistas. Além dele, trabalham para comandar a Casa os deputados Gustinho Ribeiro (PSD), Luciano Bispo (PMDB), Zezinho Guimarães (PMDB) e Augusto Bezerra (DEM). Essa briga promete!

Grana preta

E quem está hoje em Sergipe é o ministro das Cidades, Gilberto Occhi. Vem assinar com o governador Jackson Barreto (PMDB) contratos de habitação e saneamento em Tobias Barreto, Lagarto, Estância, Aracaju e Socorro. As obras representam um investimento superior a R$ 234 milhões, recursos oriundos de convênios com a Caixa Econômica Federal.

Grande perda

Sergipe lamenta desde ontem a morte prematura do presidente do Sindicato dos Bancários, José Souza, Ele foi vítima de um infarto em Fortaleza, para onde havia ido assinar o acordo coletivo da categoria com o Banco do Nordeste. Natural de Carira, Souza dirigia o sindicato pela segunda vez e era um dos principais líderes sindicais de Sergipe. A coluna solidariza-se com a família enlutada.

Quase dentro

O ex-prefeito de Capela, Manoel Messias, o "Sukita” (PSB), está com um pé dentro da Assembleia. Ontem, a Procuradoria Eleitoral do Ministério Público Federal emitiu parecer favorável ao registro da candidatura dele, que foi negado pelo TRE com base em uma renúncia assinada por “Sukita”. Posteriormente, ele voltou atrás no ato e agora a Procuradoria entendeu como válida a desistência da renúncia. Tendo obtido mais de 33 mil votos, o ex-prefeito pode ficar com a vaga do deputado reeleito Francisco Gualberto (PT).

Abutres de fora

O senador Antônio Carlos Valadares (PSB) irritou os “dilmistas” sergipanos ao postar nas redes sociais que “os abutres estão mostrando suas garras asquerosas e não têm limites nos seus ataques”. Para evitar mal entendidos, o deputado federal Valadares Filho (PSB) explicou ao governador Jackson Barreto (PMDB) e à ex-primeira dama de Sergipe, Eliane Aquino (PT), que as duras críticas do pai foram dirigidas aos internautas de outros estados, que usam as redes sociais para atacar com virulência o presidenciável Aécio Neves (PSDB). Então, tá!

Cinco a zero

Em menos de 15 dias a Polícia sergipana fuzilou cinco criminosos, que teriam reagido à prisão, trocando tiros com os policiais. O último caso aconteceu ontem em Estância, e a vítima fatal era suspeita de praticar assaltos. Coincidentemente, foi assim que começou o famigerado grupo “A Missão”, criado pela Polícia Militar no segundo governo de João Alves Filho (DEM) para combater ladrões de gado, mas que praticou as maiores atrocidades, sempre alegando que as vítimas receberam os policiais à bala.

Fique ligado

Amanhã é o último dia para os candidatos promoverem reuniões públicas de campanha ou comícios. Os últimos programas da propaganda eleitoral gratuita irão ao ar na sexta-feira. Esta também é a data limite para divulgação paga de propaganda eleitoral, na imprensa escrita, e reprodução na internet do jornal impresso. Debates políticos na televisão e no rádio também só podem ser realizados até a meia-noite de sexta-feira.

Homenagem

Em recente evento de mobilização em favor da presidenciável Dilma Rousseff (PT), o governador Jackson Barreto homenageou o falecido ex-deputado estadual Oviêdo Teixeira e o filho deste, ex-deputado federal José Carlos Teixeira. JB lambrou a importante participação de ambos na fundação do PMDB e a coragem que sempre demonstraram na luta por melhores dias para os sergipanos. “Seo Oviêdo era um guerreiro incansável”, discursou Jackson.

Recorte de jornal

Publicado no jornal aracajuano A Tribuna, em 22 de abril de 1933

Resumo dos Jornais

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários