Traçado na estrela

0

Dentro do Partido dos Trabalhadores tem militante que defende uma chapa formada por Marcelo Deda e José Eduardo Dutra, para a Prefeitura de Aracaju. Seria uma chapa puro sangue, muito forte e com previsões para um futuro distante. O prefeito Marcelo Deda, de direito, vai para a reeleição, mas de fato ele está candidato ao Governo do Estado em 2006. Por mais que o prefeito procure driblar esse projeto, está muito claro que tudo está muito bem traçado na estrela petista. Sendo José Eduardo Dutra candidato a vice assume a Prefeitura 16 meses depois. Forma-se o casamento sonhado: Deda governador e Dutra prefeito. Seria difícil imaginar isso, porque o ex-senador José Eduardo Dutra ocupa o cobiçado cargo de presidente da Petrobrás. A única multinacional do Brasil, cujo orçamento só é inferior ao Estado de São Paulo. Trocar isso por um desproporcional mandato de vice-prefeito de Aracaju, mesmo com a certeza de ser o titular do município alguns meses depois, é muito pouco. Entretanto, dentro do projeto petista de permanecer no poder por trinta anos, como já previu segmentos do partido em Brasília, utilizando os mesmos métodos dos partidos que estavam no comando do país desde o fim da ditadura, talvez ser vice-prefeito, neste momento, seja bem mais importante do que se manter à frente da potentosa Petrobras. Dentro de uma especulação futurista dessa visão petista, o ex-senador José Eduardo Dutra assume a Prefeitura em abril de 2006, quando Marcelo Deda se desincompatibliza para disputar o Governo. Ele continuará prefeito até 2008, com direito à reeleição. Caso Deda seja eleito governador tentará permanecer à frente do poder até 2014, exatamente quando Dutra estará deixando a Prefeitura e se colocando como um nome para suceder Marcelo Deda no Governo do Estado. A coisa parece complicada, mas dentro de um projeto de sucessão, foi assim que ocorreu com o próprio João Alves Filho quando foi governador pela primeira vez, em 1982: elegeu o seu então vice Antônio Carlos Valadares, em 1986, e retornou em 1990. Evidente que nada ocorrerá dentro dessa ordem e com tamanha facilidade, porque depende de composições e até mesmo do atual Governo não conseguir quebrar essa rota pré-traçada. Há também possíveis problemas com os partidos aliados, que não estão aí apenas para manter Dutra e Deda no poder. Ninguém faz alianças políticas para perpetuar casamentos de lideranças de uma mesma sigla. Querem participar, integrar, promover suas lideranças e, também, ter oportunidade de chegar ao Palácio dos Despachos. A disputa para ocupar a chapa majoritária como vice-prefeito não será fácil. Evidente que, neste momento o assunto vem sendo tratado de forma educada, mas quando algum interesse for contrariado, ninguém segura os constrangidos e o clima esquenta de tal forma, que Marcelo Deda e outras lideranças, terão que vestir farda de bombeiros. Aliás, Até mesmo a possibilidade do ex-senador deixar a presidência da Petrobrás é muito difícil, mas na cabeça de segmentos do PT o projeto será executado com facilidade. Mas muita coisa ainda vai rolar. O governo federal perdeu a confiança da sociedade e o PT se revelou prepotente ao chegar no Poder. Alem disso, Deda vai enfrentar um homem que sabe fazer política e que mantém o carisma no sertão. Evidente que não será fácil, mas, com certeza, permanecer no poder é a única coisa que pensa o PT. Claro que podem classificar esse comentário como uma obra de ficção política. Mas, certamente, vão reconhecer que se trata de uma visão distante que pode ser verdadeira caso não aconteça possíveis e naturais acidentes de percursos. EXAMES A juiz Iolanda Guimarães indeferiu, ontem, todos os pedidos de exames médicos, solicitados pelos advogados do ex-deputado Antônio Francisco, em clínicas particulares. A juíza entendeu que Antônio Francisco se submeteu a todos os exames e teve assistência médica no Hospital da Polícia Militar. PEDIDO Iolanda Guimarães também solicitou do diretor do Hospital da Polícia Militar o resultado de todos os exames laboratoriais que foram feitos em Antônio Francisco. O laudo que a juíza recebeu da direção do hospital diz apenas que Antônio Francisco está em bom estado de saúde. FAMÍLIA Familiares do ex-deputado Antônio Francisco não se conformam com a prisão e demonstram profunda contrariedade com a imprensa. Um advogado que, preferiu omitir o nome, disse que ele deveria ter se entregado, o que evitaria o constrangimento. Além disso, ironizou ao dizer que estava ausente. CONVITE O ex-deputado Augusto Franco Neto negou que tenha recebido convite da senadora Maria do Carmo Alves (PFL) para assumir a Secretaria de Turismo. Augusto disse que foi sondado pelo atual secretário Pedrinho Valadares sobre a possibilidade de assumir a Pasta, com a sua desincompatibilização. CONFIRMA O secretário de Turismo, Pedrinho Valadares, confirmou que convidou Augusto Franco Neto para assumir a pasta, seguindo orientação do governador João Alves Filho. Pedrinho disse que também conversou com a senadora Maria do Carmo Alves e perguntou o que ela achava de Augusto Neto. Segundo Pedrinho, “a senadora adorou”. BOM NOME Há informações de que o substituto de Pedrinho Valadares será mesmo o atual presidente da Emsetur, Ariosvaldo Leite. Ariosvaldo (Ary) vem fazendo um bom trabalho à frente da Emsetur e se aprofundou no estudo das necessidades turísticas de Sergipe e suas soluções. CAMPANHA Pedrinho Valadares disse que está começando a esquentar sua pré-candidatura à Prefeitura de Aracaju. O seu nome está certo e “não se discute outro candidato”.Informou que já vem conversando com outros partidos, sem fazer estardalhaço. Quanto à aceitação, se mostrou satisfeito: “não tenho nada a reclamar”. CONVENÇÃO Começa hoje e vai até domingo, em São Paulo, a convenção PPS, para discutir o momento nacional e eleição do novo Diretório Nacional. O presidente regional do PPS, Ivan Paixão, vai participar e falar da situação de Sergipe. Mostrará que o governo apoiou Lula. COM CIRO O secretário Ivan Paixão também vai conversar com o ministro da Integração Nacional, Ciro Gomes (PPS) para saber porque ele está agindo mal com Sergipe. Ivan vai lembrar que João Alves Filho subiu no palanque dele para apoiá-lo como candidato a presidente e trabalhou para que ele fosse eleito. FABIANO O deputado federal Jackson Barreto (PTB) já marcou com o deputado estadual Fabiano Oliveira (PTB) um encontro para final de semana. O assunto será a chapa majoritária para a Prefeitura de Aracaju, que já tem Marcelo Deda como cabeça. Discute-se apenas o vice… DIÁLOGO O deputado Fabiano Oliveira, entretanto, já avisou ao seu pessoal que não vai abrir mão de participar do diálogo para escolha do vice. Isso em razão da densidade eleitoral que tem em Aracaju e pela forma como conduz o seu mandato, onde se mostra um bom aliado. SECRETÁRIOS Cinco secretários municipais vão deixar os cargos, dia 2 de abril, para disputar as eleições. Quatro a vereador e um a prefeito de uma cidade do interior. As vagas serão preenchidas por membros dos partidos aliados, já dentro das negociações visando a sucessão municipal. PREOCUPAÇÃO Aliados do governador João Alves Filho estão preocupados com a falta de preocupação em definir as candidaturas a prefeito em cidades do interior. Uma liderança interiorana revelou que há muito problema nas grandes cidades e que se o governador não agir rápida terá dificuldade para eleger os prefeitos. Notas TRABALHO O prefeito de Aracaju, Marcelo Deda (PT) não esconde que vem trabalhando firme no interior, para fazer o maior número de prefeitos. Reconhece, inclusive, que o governador João Alves Filho pode fazer a maioria, mas a sua estratégia é fixar uma liderança forte em cada cidade, visando 2006. Na opinião do prefeito, as eleições de 2006 não serão fáceis, porque o governador João Alves Filho sabe fazer política. A estratégia do PT, entretanto, é minar a região em que João sempre ganhou fácil as eleições. PRIVATIZAÇÃO O deputado estadual Francisco Gualberto (PT) assegurou que o presidente Lula da Silva não pretende privatizar a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), que esteve na mira do Programa Nacional de Desestatização do BNDES e quase foi privatizada. A ECT é eficiente e dá lucros. Segundo Gualberto, “por muito pouco, a bala quase acertou na testa da empresa, que é um exemplo de eficiência e lucratividade”. O deputado petista insiste em garantir que no Governo Lula essa hipótese foi descartada. MUDANÇA O vereador Antônio Góis (PT) ressaltou a realização do seminário “Queremos outro Brasil”, realizado em São Paulo domingo passado. Foi realizado por 15 parlamentares do Partido dos Trabalhadores, a maioria ligada à esquerda da legenda e teve a participação de, aproximadamente, 700 militantes. Estavam lá candidatos, vereadores e deputados estaduais de todos os Estados, além de senadores, como Eduardo Suplicy, e de ministro como Patrus Ananias, de Combate à Fome, além do professor Plínio Arruda Sampaio. É fogo Brasília e Goiânia experimentaram, na quarta e quinta feira, o café da manhã sergipano. Já é um trabalho para vender o São João. Ainda não é certo que Renildo Santana assuma o Senado com a licença de Maria do Carmo. Ele cuida da candidatura à Prefeitura de Itabaianinha. O prefeito de Poço Redondo, frei Enoque (PL), jamais imaginou que fosse enfrentar um candidato do Partido dos Trabalhadores. A deputada Susana Azevedo, em seus contatos para apoio à sua candidatura à prefeita, vai conversar com uma liderança política de peso em todo o Estado. A Secretaria da Educação está dando prosseguimento ao inquérito sobre pagamento de demissões “fantasmas”. O secretário da Administração, Ivan Paixão, viaja hoje a São Paulo, para participar da convenção que elegerá o novo presidente do PPS. Quem colaborou para o aprovação do veto do projeto que regulamentava motéis e pousadas em Aracaju, será responsável por assaltos e mortes de casais em locais desertos. A praça de eventos da orla de Atalaia terá o nome do cantor sergipano José Augusto, morto em acidente de carro em 1981. O vereador Antônio Samarone alerta que várias empresas privadas estão explorando o manancial de água existente no bairro Santa Maria. Só depois das desincompatibilizações é que o governador João Alves Filho dará inicio, para valer, aos contatos sobre sucessão municipal. Itabaiana está se preparando para fazer uma das maiores Micaranda. Será a última com Luciano Bispo no comando da Prefeitura. A inadimplência com cheques no país cresceu 2,6% em fevereiro, em comparação com janeiro, segundo levantamento mensal do Serasa. Por Diógenes Brayner brayner@infonet.com.br

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários