Um golpe nos “golpistas”

0

Alguns adversários do governador Marcelo Déda (PT) ficaram de cabeça inchada ontem à noite com a decisão do TSE de arquivar o pedido de cassação do governador do Amapá, Waldez de Góes (PDT). É que, assim como a cassação seguida de dois governantes (Paraíba e Maranhão) sinalizou para a rigidez nos julgamentos futuros, o arquivamento do processo contra o pedetista aponta que os ministros do TSE abrandaram os corações, coisa que deve irritar profundamente quem dorme e acorda pensando em retomar o governo de Sergipe, mesmo que seja no “tapetão”.

 

Tapetão condenado

 

E Marcelo Déda (PT) abriu o verbo ontem à tarde contra o ex-governador João Alves Filho (DEM): “Voltar ao governo sem a vitória nas urnas é golpe”, fuzilou o petista. Segundo ele, João não aceita o fato de ter sido derrotado nas eleições de 2006 e quer voltar ao Poder a todo custo. “Quem é o interessado neste processo? É o Ministério Público? Não! É o ex-governador, que perdeu nas urnas e agora quer voltar de forma indireta”, fustigou o petista, que se diz tranqüilo quando ao processo que tramita no STJ propondo a sua cassação.

 

Garantia de crédito

 

Uma boa notícia para os micro e pequenos empresários: o governo federal deve criar hoje o fundo garantidor de crédito a pequenas e médias empresas, com verba do BNDES. O mecanismo elimina o risco de inadimplência, funcionando como uma espécie de aval para que os bancos voltem a financiar empresas menores sem correrem o risco de não receber. O fundo assegura capital de giro às empresas. O montante ainda não havia sido definido, mas o governo deverá reduzir os juros do dinheiro que repassará para o BNDES.

 

Esterilização bancada

 

Conforme lei sancionada ontem, os planos de saúde estão obrigados a cobrir procedimentos de planejamento familiar, contraceptivos ou de fertilização. Por determinação da Agência Nacional de Saúde, agora ratificada em lei, os planos têm de pagar laqueaduras, vasectomias e implantes de DIU. A reprodução assistida continua sem definição.

 

Menos “borrachudos”

O serviço de compensação bancária registrou uma redução de 17,50% nos cheques devolvidos o mês passado, em relação a março e 4,53% na comparação com abril do ano passado. De acordo com o Banco Central, a queda é resultado da lenta recuperação da atividade econômica, bem como do menor número de dias úteis em abril (20) que em março (22). A quantidade de “borrachudos” devolvidos por dia útil foi 9,25% menor que em março e 0,24% superior a abril de 2008.

De olho nas contas

A Controladoria-Geral da União sorteou ontem os municípios que serão fiscalizados quanto à aplicação de recursos em programas federais. Entre os 60 sorteados, está o município sergipano de Ilha das Flores. As áreas a serem fiscalizadas serão Educação, Saúde, Assistência Social, Habitação, Saneamento e Urbanismo. Nas fiscalizações já realizadas pela Controladoria, foram encontradas obras inacabadas ou paralisadas, apesar de pagas; uso de notas fiscais frias e documentos falsos e simulação de licitações ou irregularidades em licitações. Coisas do Brasil!

 

Carros em baixa

 

Durante o quarto mês deste ano, os carros registraram uma desvalorização média de 1,54%. No último mês, todos os tipos de veículos sofreram desvalorização, sendo que os importados alcançaram a maior perda em seus valores, de 3,94%. Os populares, os mais vendidos, registraram recuo de 1,41% em seus preços no mês passado. Os carros tipo Flex apresentaram a menor desvalorização no quarto mês do ano, tendo a queda ficado em 0,74%.

 

Workshop Sebrae

 

Estimular os empreendedores sergipanos a adotarem ações inovadoras na gestão dos seus negócios, essa é a proposta do workshop “Como a pequena empresa pode lucrar com a inovação”. Serão oito eventos, o primeiro acontece em Aracaju, no auditório do Sebrae, a partir das 8 horas da próxima segunda-feira. Os outros sete serão realizados nos municípios de Itabaiana, Nossa Senhora da Glória, Própria, Itabaianinha, Tobias Barreto, Estância e Lagarto. O evento é direcionado aos empreendedores e profissionais ligados às micro e pequenas empresas dos diversos setores da economia.

 

IPVA financiado

 

O Banese mantém uma linha de crédito para financiamento do pagamento das taxas anuais relativas ao IPVA, licenciamento, seguro obrigatório e multas de veículos registrados no Estado. O serviço, denominado de Credi-Fácil IPVA, está disponível o ano todo para pessoas físicas e jurídicas. De janeiro a dezembro, a depender da data de vencimento do emplacamento dos carros, o cliente pode ir ao banco e requerer o financiamento.

 

Palhaçada

 

Até os pequenos circos estão na mira dois bandidos. Ontem à noite, dois meliantes renderam os donos do circo Vitória, instalado em Itabaiana, e levaram toda a renda do espetáculo: R$ 120. As vítimas informaram à Polícia que, após o espetáculo, começaram a contar a “grana” e foi justamente nessa hora que os assaltantes chegaram, tomaram o dinheiro e desapareceram numa motoca preta. Que fuleragem, sô!

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais