Uso do helicóptero. Quem pilota esse governo?

0

Não é a primeira vez que este espaço recebe informações do uso, exacerbado, para não escrever inconseqüente do helicóptero alugado pelo governo do Estado para prestar serviços na área da segurança e na área da saúde em caso de graves acidentes.

 

O leitor que acompanha este espaço desde 2006 sabe da opinião do blog sobre o aluguel do helicóptero e o retorno financeiro por conta da dimensão do Estado e tudo mais. No governo passado, durante o período eleitoral o uso do helicóptero para algumas ações políticas foi denunciado pela imprensa. O helicóptero chegou a descer num povoado em Tobias Barreto levando, entre outros políticos, o governador de então, em plena campanha eleitoral. Sem falar nas denúncias de uso para proteção de valores de uma empresa de segurança.

 

Com a eleição de Marcelo Déda Chagas achava-se que muitas coisas iriam mudar de verdade, entre elas o uso irregular de veículos públicos. Lamentavelmente os veículos públicos continuam sendo usados irregularmente por conta da falta de uma punição dura e a certeza da impunidade. Sem falar no caso da viagem de policiais para jogar na Bélgica. Todos se calam, mas espera-se que o MP faça a sua parte.

 

Já o uso do helicóptero vários leitores cobram uma fiscalização mais rigorosa no uso dele, já que o pagamento do aluguel é de acordo com o número de horas de vôos. Pois bem. No último sábado, 07, por volta das 14h30, o helicóptero da SSP estava dando rasantes na praia onde fica o bar Paraty, sem nenhum motivo aparente.

 

Primeiro foi o susto dos banhistas daquele “barulhão” vindo em direção deles e quando olharam pra cima, o helicóptero passando pouco acima dos sombreiros. Passou, se afastou um pouco e logo retornou, dessa vez como se fosse pousar, exatamente em frente aos banhistas, entre eles e o mar, ficou a menos de 10 metros do chão, um dos policiais que estava no helicóptero com metade do corpo pra fora da aeronave, com arma  em punho (um fuzil ou metralhadora), apontando em direção aos banhistas, levantando bastante areia, ficou nessa posição por pelo menos 1 minuto e depois, do mesmo jeito que chegou, foi embora.

 

O comentário negativo era geral, todos impressionados com a falta de responsabilidade dos policiais em se aproximar tanto do chão e dos banhistas numa praia cheia, sem que parecesse existir nenhuma ação policial nas redondezas que justificasse aquele “show”, que ninguém achou graça. Aliás, o blog, assim como vários leitores, está impressionado com a quantidade de vezes que tenho visto esse helicóptero voando pelos céus de Aracaju, sem que posteriormente seja noticiada nenhuma ação da qual ele tenha participado….Se a assessoria de imprensa da SSP não divulgar os resultados dessas ações, pode ficar parecendo que são apenas passeios para justificar o alto custo do aluguel…

 

Viagem a Bélgica! Polêmica desnecessária

O blog recebeu a informação de que questionado sobre a viagem do time de futsal da PM a Bélgica, o governador em exercício, Belivaldo Chagas, disse que estão criando uma polêmica desnecessária porque o time está representando o Brasil e o Banese está bancando porque ele incentiva o esporte sergipano.

 

Belivaldo esquece que…

O governador em exercício esquece que: o time da PM já viajou as custas do Banese no ano passado para o mesmo campeonato; que o time “representa” o Brasil porque a grande maioria dos estados não “banca” esta viagem; que o governo “chora” dizendo que não tem dinheiro e pede contenção de despesas; que o Banese deve incentivas os atletas, sobretudo, os jovens que não têm patrocínio e muito menos salários e diárias para bancar suas viagens. E por fim está claro qual é a função principal da PM. Mas como dizem alguns “atletas” que vão viajar, não tem quem consiga fazer eles não viajarem. E viva o dinheiro público e viva a mudança em Sergipe.

 

Governador em recuperação

O governador Marcelo Déda deixou a unidade médica em que se encontrava no hospital Sirio Libanês e passou para um apartamento daquele hospital. No domingo, o governador realizou exames para ver o funcionamento do intestino e tudo correu perfeitamente. O médico liberou alimentação pastosa e espera-se que até o final de semana libere alimentação normal. O governador passa bem. Recebeu telefonema do presidente Lula, conversaram durante uns dez minutos. O ministro Padilha visitou-o.

 

Locanaan I

“Bem, Locanaan, eu estou viva; mas tu estás morto e tua cabeça me pertence…” — Salomé no drama teatral de Oscar Wilde, segurando a cabeça decepada de Locanaan (João Batista).Para os que não conhecem a história, João Batista teve a cabeça decepada a pedido de Salomé, sob influência da mãe, Herodias.

 

Locanaan II

Salomé, assim descrita por vários autores, era possuidora da pior das perfídias, usava o dom da sedução e o erotismo para conseguir os seus intentos. Por estes atos e por sua mãe, Herodias, ter trocado de marido (ou melhor, de irmãos, pois Herodias trocou Herodes Filipe por Herodes Antipas, porque este havia sido designado por Calígula para governar a Galileia), ambas eram desprezadas e criticadas por João Batista. Em uma festa no palácio, regada a muito vinho, e depois de ser seduzido pela dança erótica de Salomé, Herodes Antipas, disse a enteada e sobrinha que faria o que lhe fosse pedido, e sob orientação da mãe pediu que lhe fosse servida a cabeça de João batista numa bandeja de prata.

 

Locanaan III

De forma bem sucinta essa seria a história sobre “pedir a cabeça de alguém”. Passado mais de dois mil anos, “pedir a cabeça de alguém” assumiu outros significados. Um deles, o político, citado por eles próprios, por radialistas, jornalistas etc. tomou o significado de “pedir o cargo de alguém”, principalmente os de confiança. Qualquer semelhança com fatos ou pessoas terá sido mera coincidência.

 

Site do repórter fotográfico César de Oliveira

Quem gosta de fotos e do fotojornalismo não deve perder: é só acessar http://www.photosdesergipe.com/ Lá o leitor verá dezenas de fotos do repórter fotográfico César de Oliveira. No perfil dele tem depoimentos de colegas, entre eles deste jornalista. É só conferir.

 

Agricultores familiares X Biocombustível I

A Petrobras Biocombustível, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário, promove nesta quarta-feira (11/11) o Encontro de Mobilização para a Safra 2009/2010, em Aracaju (SE). O evento é voltado aos produtores de oleaginosas do Sergipe e suas entidades representativas. A cerimônia terá a presença do diretor de Suprimento Agrícola da Petrobras Biocombustível, Janio Rosa, e do representante da Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, André Machado.

 

Agricultores familiares X Biocombustível II

Este encontro faz parte de uma série que a empresa está promovendo. O objetivo é incentivar os agricultores familiares da região a produzir oleaginosas, como mamona e girassol, dentro do programa de suprimento de matéria-prima para a produção de biodiesel na usina operada pela empresa em Candeias (BA). A Petrobras Biocombustível possui contratos com cinco mil agricultores familiares em todo o Estado de Sergipe. A meta é chegar a seis mil ainda no próximo ano. Para isso, a empresa desenvolve um programa para estimular o mercado agrícola regional, envolvendo a agricultura familiar. Fazem parte das ações – que serão detalhadas no encontro – a prestação de assistência técnica, o fornecimento de sementes certificadas e a logística para transporte da produção.


Ibama e a Boa Luz

Um leitor alertou que o Ibama não pode fazer nada sobre a situação do papagaio cinzento e da catatua na fazenda Boa Luz porque os mesmos não são animais silvestres. Mas são pássaros e como tal deveriam estar em um local mais apropriado.

 

Lei dos empacotadores

O MP e o Procon não vem tomando as devidas providencias para que as redes de supermercados cumpra a lei municipal em Aracaju que determina que todo caixa tenha um empacotador. São várias reclamações diariamente. É preciso fiscalizar.

 

Fórum de secretários de Cultura

O Fórum dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura do Nordeste acontece em Aracaju nos dias 12 e 13, no hotel Aruanã, e será uma grande oportunidade para o debate e troca de informações sobre políticas e ações de cultura que objetivam melhorias para a região nordeste. Estados como Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará terão representantes no evento. Nossos vizinhos, Alagoas e Bahia, estarão bem representados pelos secretários de Estado da Cultura, Osvaldo Viegas e Márcio Meireles, respectivamente. Além da reunião, o grupo tem uma programação cultural que inclui a visita ao Circuito Cultural BR, Teatro Tobias Barreto e um importante o momento cultural que acontece na cidade de São Cristóvão na próxima sexta-feira, 13: a reabertura do Museu Histórico de Sergipe.

 

Aju recebe projeto Circuito Cultural BR I

Nos próximos dias 13 e 14 de novembro, no Parque Augusto Franco, mais conhecido como Parque da Sementeira, estará acontecendo a etapa Circuito Cultural BR Aracaju, promovida pela Petrobras que conta com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura  e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes (FUNCAJU).O evento, cuja primeira edição aconteceu em dezembro de 2008, em Porto Seguro (BA), agora aporta na capital sergipana, oferecendo ao público em geral, ações de saúde, esporte e cidadania. Além de oficinas de leitura, contação de histórias, desenho, pintura, xilogravura e percussão, também consta na programação, exibição de filmes, apresentação de grupos teatrais (esquetes), atividades esportivas, orientações na área de saúde e shows musicais.

 

Aju recebe projeto Circuito Cultural BR II

As oficinas serão ministradas à tarde, a partir das 16h, enquanto que as apresentações musicais acontecem a partir das 21h. No dia 13, quem sobe ao palco montado no Parque da Sementeira é a cantora Patrícia Polayne que faz o show de abertura para o cantor Toquinho. Já no dia 14, a atração local será a banda NaurÊa e a atração nacional, o cantor Jair Rodrigues.  Também no primeiro dia do evento ocorrerá apresentação especial do Projeto Estrelas patrocinado pela Petrobras e, na segunda noite, acontecerá a apresentação especial do Coral da Petrobras. Todas as atividades do projeto são gratuitas.

 

DO LEITOR

 

Segurança em shopping: pergunta que não quer calar

De um policial militar: “Se o leitor fosse dono de um grande shopping, por exemplo, o Shopping Jardins contrataria o serviço de segurança com qual perfil? Certamente de união entre o útil e o agradável. Não é mesmo?  Quando o governo acordar a vaca já foi para o brejo…”

 

Coisas de Itaporanga

E-mail recebido: “Por determinação do Senhor Prefeito Drº Cesar Mandarino todos os diretores das escolas municipais deverão “proibir” a entrada dos alunos que se apresentarem para as aulas com uniformes da gestão passada, uma determinação mesquinha, pequena, demonstrando assim uma política tupiniquim, no dia 05/11/2008 na radio cultura de Sergipe esse assunto foi destaque, representante do Síntese no município e pais de alunos se pronunciaram demonstrando assim total descontentamento com o episodio, vale frisar que à atual gestão fez a entrega de uniformes em uma escola do município que leva o nome da gestora passada sem o devido nome e símbolo, o mesmo uniforme que usa os funcionários municipais, uma estranha atitude já que esses uniformes são pagos com recursos da educação e o fato de não colocar o nome como se explica? Como empenhar uma despesa sem colocar qual o destino dessa mesma despesa? Essa sim é uma atitude Tupiniquim, estranha e que chama atenção de todos, imprensa, pais de alunos e toda a população, é preciso que o ministério público um órgão composto por pessoas competente e fiscalizador seja nossos olhos e ouvidos para não ficarmos a mercê daqueles que ainda pensar que estão em seus “currais” ou tratando o erário público como se fosse um bem privado. Coisas de Itaporanga”.

 

SOS servidores da Seed

Comentário de Carmem: “Pasmem os leitores deste blog, mas a situação dos servidores da Educação é ruim e cada dia piora ainda mais. Imaginem que agora além dos prejuízos financeiros sofridos, agora serão obrigador a ver descontados 7% nos seus salários, para completar a folha deste mês (novembro). Numa repartição com tantos, mas tantos mesmos contratados e CCS (em sua grande maioria Dispensáveis), inúmeros carros locados (a passear pelas ruas, praias e shoppings sem objetivos e a qualquer hora), aluguéis estrondosos de casas/prédios, instalações físicas, como o arquivo em situação de penúria – com mofo e ratos desfilando em meio aos prontuários dos servidores, etc. Será que  não seria mais sensato diminuir despesas desnecessárias como essas ao invés de subtrair o salário dos servidores efetivos que nada têm a ver com esses desmandos, de uma administração incompetente, perseguidora e que até o momento só causou antipatia e prejuízos aos servidores da Secretaria? O DHR da casa preocupa-se única e exclusivamente a cortar salários e instalar câmaras nos corredores – mais parece o BBB da Globo, e contratar vigilantes para verem os carros no estacionamento serem abertos, roubados e nada, absolutamente nada ser feito. Isso é uma administração diferente? É esse o plano de valorização do servidor, tão propagado? Com a palavra os servidores da Educação que já começaram a ter problemas de saúde como estresse, aumento súbito de pressão arterial, etc, consequência da situação e das notícias péssimas e prejudiciais que recebem lá dentro constantemente”.

 

Descaso do Poder Público em Malhador

 Do cidadão Malhadorense, Marcos Aurélio: “O semanário Cinform, na edição desta semana, trás no caderno Municípios, uma ampla matéria relatando um absurdo que está acontecendo, sob os olhos da administração municipal de Malhador. O tema, que já fora abordado no mês de agosto do ano passado, refere-se ao descaso da Prefeitura quanto ao tratamento do esgoto do conjunto “da creche”, que lamentavelmente, e devido à irresponsabilidade da prefeitura, despeja o esgoto numa nascente, que pasmem, é responsável pelo abastecimento de água da cidade.Mesmo com a mobilização da sociedade, em especial, alguns estudantes da cidade, o problema não recebeu até agora, nenhuma atenção por parte do Poder Executivo. Além desse problema, outra situação chamou a atenção da jornalista Alessandra Cavalcanti, responsável pela matéria. Outro riacho, o da Mata Verde também está sendo vítima do descaso da prefeitura. Os restos do matadouro estão sendo jogados no riacho, criando um grave problema ambiental.O pior de tudo isso, é que ambas as situações, acabam gerando graves consequências para a população. Esse é o tipo de problema no qual os efeitos negativos não aparecem de uma só vez, eles vão se acumulando no corpo do cidadão, e quando ele menos espera, as doenças aparecem, e ele não sabe como as adquiriu. É preciso que o Ministério Público Estadual tome as devidas providências, urgentemente”!  Nesta terça-feira (10) estará protocolando uma representação junto ao Ministério Público local solicitando ações imediatas, objetivando a solução dos problemas graves que ocorrem na cidade de Malhador”.

Evento na Orla da Atalaia

Do leitor Anderson de Jesus: “Venho por via deste , comentar um pouco sobre o evento que foi realizado na Orla da Atalaia no dia 7 de novembro. Ao comprar o ingresso para adentrar no evento, a pergunta feita pela vendedora foi, “…é área vip, ou pista…”, automaticamente eu pedi pista, pois eu não pensei que seria daquela maneira, onde a empresa na qual foi responsável pelo evento separou da seguinte maneira, de mais da metade do espaço para frente era a área vip, e o resto no fundo era pista, em nenhum momento foi especificado em local nenhum que seria dessa maneira, até porque se eu soubesse dessa aberração eu não teria cogitado a idéia de me deslocar para aquele local, o momento deixou-me muito triste, pois uma banda de renome nacional se desloca para Aracaju,  que por sinal fez um belíssimo evento, e não pode nem se quer visualizar mais próximo os artistas. Em outras empresas que prezam pelos seus eventos é feito um camarote, para separar a área vip da pista, e deixa ambas as partes satisfeitas, deixo meu protesto e minha indignação contra essa empresa, pois o povo lá do fundo comprou ingresso pensando da mesma maneira que eu. Digo hoje de plena certeza, se ao invés de ter ido tivesse comprado DVD, e ficado em minha casa assistindo, sairia no lucro, pois pelo menos em minha casa poderia ter conforto. Diante desses fatos lamentáveis, todas as vezes que MCM fizer eventos, prezem pelo publico, pois da próxima vez que a mesma em questão fizer evento pelo menos copiem o que as empresas tradicionais fazem com êxito a muito tempo”.


Ônibus velho na linha da orla

E-mail recebido: “Quero aproveitar a sua coluna para mostrar minha indignação com a Prefeitura de Aracaju, especificamente a SMTT. Todos os dias utilizo a linha de ônibus, Santa Tereza/Bairro Industrial, operada pela empresa VCA. E foram raras às vezes que o ônibus oferecia uma boa condição. Mas o que se ver, diariamente, são veículos faltando cadeiras, janelas quebradas, um barulho tremendo, tudo batendo…Mas o pior é que essa linha é a única que passa em toda Orla da Atalaia (desde o posto de Corpo de Bombeiros até o Farol), local onde se concentra maior parte dos hotéis e, consequentemente dos turistas. Pois é, tenho visto todos os dias dezenas de turistas utilizando essa linha para se dirigirem até os pontos turísticos localizados no centro da cidade.Percebo certo desconforto por parte deles quando entram no ônibus, mas preferem apenas olhar. Semana passada, uma turista de Belo Horizonte chegou a comentar as condições do ônibus. “Tá bem velhinho né?”, disse a senhora para mim, com o sorriso no rosto.Porém, hoje (09) foi o ápice. Aracaju recebeu nos últimos cinco dias, o Panamericano de  Ginástica. Centenas de atletas, técnicos, entre outros, estiveram na cidade. Muitos já foram embora, outros resolveram ficar para conhecer a capital sergipana.E não é que cinco mexicanos, um treinador e quatro atletas, tiveram o desprazer de utilizar o transporte coletivo de Aracaju. Parece que estavam adivinhando. Logo hoje, o  veículo foi um dos piores já colocados à disposição dos usuários.Ao subir no ônibus foram surpreendidos com cadeira quebrada, restos de vidros quebrados no chão e tudo que um ônibus não poderia oferecer. Acompanhados de um intérprete, uma  senhora se mostrou envergonhada com a situação e pediu que o intérprete pedisse desculpa pela situação do ônibus.O mesmo disse que o treinador logo ao entrar percebeu o estado “precário” e comentou com ele. No mais Cláudio, este é apenas um desabafo.Que as nossas autoridades percebam que turismo não é ir apenas em feiras de turismo e esquecer “detalhes” como este. Ou eles acreditam que os turistas que vem a Aracaju não utilizam o transporte coletivo?”

Sopapos no faroeste de Lagarto

Do radialista Antonio de Medeiros: “No mesmo clima de faroeste, encontro marcado para o duelo (uma emissora as seis, outra ao meio-dia) , Cabo Zé e Prefeitinho vem trocando mais que farpas, a coisa chegou ao nível de ofensa pessoal. Cabo Zé mandou que Prefeitinho “se casasse”, já o Aloisio respondeu dizendo que gostava de “Lora”. As alusões jocosas em forma de metáforas levaram o Cabo a ameaçar Prefeitinho no programa “povo no rádio” na Progresso Am de Lagarto hj pela manhã e Prefeitinho prometeu resposta na Juventude FM (comunitária) e disse não ter medo de enfrentar. Resultado, de celular em punho, Cabo Zé partiu pra cima do Prefeitinho na calçada da rádio Eldorado (propriedade do Cabo Zé) e atingiu-lhe na parte lateral do rosto, caindo o aparelho no chão todo espatifado. A briga só não teve um desfecho trágico, pois, a briga foi desapartada pelo filho do Cabo, o Rozendo, que teve uma atitude de homem, de pessoa digna, impedindo o pai de levar adiante sua fúria. Prefeitinho disse que agora ao meio-dia, a giripoca iria piar e a cobra iria fumar até charuto.Lagarto viveu o seu dia de faroeste caboclo. A política aqui, as vezes rasteira, as vezes de nível, cozinha os ânimos neste Sol senegalês, e muita coisa está para acontecer até as  próximas eleições. Agora mesmo, pouco mais de 12 horas, Cabo Zé que continuou atacando enquanto Prefeitinho se defendia e  que suas preferências sexuais só dizem respeito a ele, o que concordamos plenamente. Cada qual que abra as portas de seus armários e liberem seus esqueletos.Prefeitinho disse que faz o que quer de seu corpo, assim como tem mulher que deveria “vestir saia mas só vestem calças”..um recado subliminar ao Cabo.. Assim a sociedade lagartense continua engolindo cobras e lagartos, na hora que acorda e na hora que senta-se a mesa com sua família; uma  baixaria indigestiva. Entretanto está mais que na hora de chamarmos o xerife, antes que alguém saia desta “deitado”.

 

Participe ou indique este blog para um amigo: 

claudionunes@infonet.com.br

 

Frase do Dia

“Quanto mais nos elevamos, menores parecemos aos olhos daqueles que não sabem voar”. Nietzsche. 

 

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários