“Zé Eduardo fez a escolha consciente por SE”, Déda

0

   “O jornalismo é o exercício diário da inteligência e a prática cotidiana do caráter.” Cláudio Abramo.

Como o blog já prestou um tributo em vida a José Eduardo Dutra  no último dia 21 (https://.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=177649&titulo=claudionunes) o blog reproduz hoje parte de um discurso de Marcelo Déda, em junho de 2008, que retrata parte da vida do ex-senador e o amor que ele tinha por Sergipe

Como Senador: “Quando se ligava a televisão e assistia-se o senador José Eduardo Dutra na tribuna o sergipano tinha orgulho do voto que tinha dado, porque não votou em alguém para esquentar uma cadeira ou para no fim do mês ir buscar um salário. Não votou em alguém cujo o silêncio só é rivalizado pelo silêncio das estátuas que ornam aquela sala histórica do senado. Não votou em alguém que pôs Sergipe numa situação vexaminosa defendendo causa inconsequentes, ou aliando-se aos que atrapalharam a própria imagem pública do senado. José Eduardo Dutra atuou, como Valadares continua a atuar, sempre com dignidade e com responsabilidade, com destemor, sempre servindo ao povo de Sergipe. Por isso que os dois foram oito anos parceiros. E os dois formaram uma dobradinha que encheu de orgulho, encheu de autoestima o eleitorado do Estado de Sergipe."

Como Sindicalista: “Os grandes momentos de luta dos trabalhadores da Petromisa: ele como presidente do sindicato dos mineiros, eu na época como um jovem advogado de vinte e cinco/vinte e seis anos de idade, que para minha honra e meu orgulho posso dizer que fui o primeiro advogado do Sindicato dos Mineiros do Estado de Sergipe, como fui o primeiro advogado do sindicato dos petroquímicos. São páginas da minha história da qual eu tenho profundo orgulho.
Ao lado de Zé Eduardo eu testemunhei o seu empenho a sua determinação, a sua coragem. Geólogo; podia muito bem ficar polindo o anel do dedo e não se misturar com a peãozada. Geólogo, tinha condições muito bem, pelas relações que tinha tanto aqui em Sergipe como fora do estado, de ter escolhido uma carreira de conforto, de ficar no escritório, de ficar no Rio de Janeiro curtindo as delícias de qualquer cargo de chefia. Mas José Eduardo Dutra que ando chegou aqui em mil novecentos e oitenta e três fez uma opção: não esqueceu-se, até porque tem orgulho da profissão que escolheu de geólogo, mas não se escondeu atrás do título de doutor. José Eduardo foi peão no meio dos peões; foi descer nos quinhentos metros daquele poço para ao lado da classe operária construir a luta pela dignidade, a luta pelo respeito e ao direito dos trabalhadores, a luta pelo direito de auto-organização, a luta pelo direito de luta sindical, a luta pela democracia, a luta pela valorização efetiva da classe trabalhadora da sua categoria e dos trabalhadores de Sergipe. Ele que foi dirigente da Central Única dos Trabalhadores tanto aqui, quanto na CUT nacional.”

Como Sergipano de coração"Zé é, portanto, um patrimônio do povo sergipano. Os que dizem que Zé é forasteiro na verdade expressam com a sua expressão, coma sua frase melhor dizendo, traduzem nesta expressão, o pouco que eles valorizam o próprio estado de Sergipe. Porque ninguém como eles para receber de braços abertos os forasteiros de verdade. E ninguém como eles para destratar os que vieram para a nossa terra lutar ao lado do nosso povo.
Alguns o corpo nasceu em Sergipe, mas o espírito, a alma e a vocação estão muito longe dos interesses dos sergipanos.
José Eduardo Dutra não teve o seu corpo aqui pisando pela primeira vez no dia do seu nascimento, mas fez a escolha consciente do nosso estado para amar, para lutar, para colaborar, para trabalhar.”

Era assim que Zé Eduardo se definia no perfil do twitter:  “Pessoa física. Botafoguense, noveleiro e petista em ordem cronológica. Aos 7, 10 e 23 anos respectivamente”

Vá em Paz Zé. Você fez a sua parte e ajudou Sergipe e o Brasil. Vá encontrar com Déda. Serão intermináveis papos sobre política e resenhas sobre o Botafogo e o Flamengo.

José Eduardo Dutra. Corpo será cremado em BH
O ex-senador José Eduardo Dutra, aos 58 anos, em Belo Horizonte (MG), faleceu na madrugada do domingo. Dutra foi presidente da Petrobras e da BR Distribuidora. Ele também presidiu o Diretório Nacional do PT PT. Dutra lutava contra um câncer.O funeral ocorrerá em Belo Horizonte (MG), no Funeral House (na Avenida Afonso Pena, 2158. Bairro Funcionários), hoje,4, a partir das 10h. O corpo de Dutra será cremado no mesmo dia em Belo Horizonte.

Última tuitada de Zé Eduardo. Registro de morte de jornalista
“Sem ânimo de aparecer por aqui, mas registro a tristeza pela morte do Buarim. O primeiro repórter que conheci em BSB, em 95. Grande cara!” Escreveu Zé Eduardo em 17 de janeiro deste ano.

Presidente do PSDB de SE não respeita a morte de José Eduardo
Eis o que Pedrinho Barreto, postou no watsApp: “Bom Dia a Todos.Com o falecimento do Angel Companheiro J. Dutra, os crápulas do Ptismo, devem estar sorrindo à toa, pois vão com certeza eleger o defunto como culpado de ter montado o Petrolao, que por coincidência iniciou-se no seu mandato como presidente da Ptbras.Aguardem.Dutra será o culpado do Petrolao;Resumindo o histórico:Como bom petista, o falecido nunca ganhou a vida pelos próprios méritos. Sempre esteve pendurado em sindicatos e cargos públicos comissionados.

Presidente do PSDB de SE não respeita a morte de José Eduardo II
E em seguida respondeu à jornalista Ana Carla Barreto que foi uma das primeiras a lamentar: “Ana Carla, apenas repassei o que estou recebendo em vários grupos.Apesar de solidarizar no momento difícil, mas penso quase igual aos comentários que estão postando” E depois o PSDB/SE manda uma nota de pesar assinada por Pedrinho Barreto. É demais, nem a dor alheia alguns não respeitam. Obs: o blog não publicou a nota do PSDB/SE.

Flávio Vieira reforça a comunicação da Deso
Uma excelente aquisição para a comunicação da Deso, que ficou órfã nos programas de rádio com a saída de Alberto Jorge: o radialista Flávio Vieira passou a integrar a equipe que tem Wendel Barbosa e Fernando Freitas. Uma ótima aquisição.

Merendeira SEED cedida TCE: comida boa garantida
Enquanto o Estado de Sergipe possui déficit no quantitativo de merendeiras para preparar a alimentação dos alunos das escolas da rede de ensino, tanto é que está concluindo um processo seletivo de contratação dessas profissionais, o Tribunal de Contas continua requisitando uma profissional para "trabalhar" no TCE, como se pode ver no Diário Oficial de 02/10, pág; 45 (cessão de uma merendeira escolar da SEED).

Merendeira SEED cedida TCE: comida boa garantida II
Daí só  resta perguntar: A profissional prepara a refeição de algum Conselheiro em especial? Há uma comissão interna para degustar o que é servido e avaliar seu desempenho? Como o salário da profissional é pago por todos os cidadãos sergipanos, a população pode ter acesso a um "menu degustação" ou isso é privilégio da Corte de Contas? Ela exerce de fato a função de merendeira no TCE ou o Tribunal compactua com desvio de função? Com a palavra a Egrégia Corte de Contas…

Comissão da Verdade SE: Alguém sabe de alguma reunião?
Será que o governador em exercício Belivaldo Chagas ou o próprio governador licenciado, Jackson Barreto tem conhecimento de alguma reunião da Comissão da Verdade de Sergipe? Pelo que se sabe só se reuniu no início e ponto final. Aliás, o blog soube de uma história que não deve ser verdade. Que foi dada a comissão, uma sala na Secretaria de Inclusão Social para as reuniões. Arrepare, logo lá?

Trânsito Aracaju: vão aproveitar cortes para devolver muita gente
O blog foi informado que a situação está incontrolavel na Secretaria de Defesa Social, que comanda a SMTT. Os subordinados não atendem a determinação da secretaria. Com os cortes que estão sendo feitos e a decisão de devolver todos requisitados com ônus, muitos que ganham acima de R$ 12 mil e são de outras instituições retornaram para suas origens. Quem sabe agora o comando será respeitado.

Prefeituras x pagamento dos servidores
Até ontem, 04, o blog recebeu a informação que as prefeituras de Areia Branca, Japaratuba, Itabaiana, Laranjeiras e Riachuelo estão com o pagamento em dia dos servidores. Quem souber de outra é só avisar

Em Telha, situação dificl. Metade dos comissionados demitidos
O blog recebeu a informação que em Telha, o prefeito paga apenas como salario base R$ 728,00 e na última sexta-feira, 02, demitiu metade dos comissionados e não pagou os salários do mês de Setembro/2015.

Merenda Escolar: Em Aparecida problemas persistem
O blog recebeu a informação que na Escola Municipal Gabriel Lima dos Santos, no povoado Arari, em Nossa Senhora Aparecida, desde a última quinta-feira, 01, não é servida a alimentação escolar para alunos. Este não é o primeiro caso. Na Escola Municipal Manoel Perciliano dos Santos, no povoado Cruz das Graças, existe irregularidade na merenda, o que tem provocado revolta aos pais de família que tem seus filhos matriculados na rede municipal de ensino. Mesmo com a reincidência na falta de merenda, a Prefeita Vera Souza (PMDB), que é professora afastada, não toma qualquer atitude definitiva para solucionar os problemas.

PSC recebe vereadores de Capela
No último sábado, 03, em Capela o PSC filiou novas lideranças políticas na com a presença do presidente estadual deputado federal André Moura e do prefeito Ezequiel.Os vereadores Romildo (antes SDD), Toninho Arimatéia (antes PSB), Zezinho de Dr. Geraldo (antes PMDB), além do empresário Dinho, da Banda Danielzinho e Forrozão Quarto de Milha, tiveram suas fichas abonadas e agora fazem parte do Partido Social Cristão.

Cassação: deputado diz que vai recorrer
O deputado estadual Valmir Monteiro (PSC) tomou conhecimento, através da imprensa, da decisão judicial que pede cassação de seu mandato e a suspensão de seus direitos políticos por cinco anos, e já acionou sua assessoria jurídica.Assim que for notificado da decisão em 1º Grau, o advogado Fabiano Feitosa protocolará um recurso junto ao Tribunal de Justiça. Segundo a assessoria, estes recurso garantirá que Valmir Monteiro continue exercendo seu mandato na Assembleia Legislativa.

UFS devolve prédio do Colégio Polivalente para o Governo do Estado
A Universidade Federal de Sergipe (UFS) convida toda a comunidade para a solenidade de devolução do prédio do Colégio Estadual Abelardo Romero Dantas, em Lagarto (conhecido como Polivalente) para o Governo do Estado.  A cerimônia de entrega acontece amanhã, 6, a partir das 9h:30, no Colégio Estadual Abelardo Romero Dantas.

Ato simbólico
A partir das 8h, no entanto, estudantes, professores, funcionários e autoridades participarão de caminhada que sairá do Colégio Particular Cenecista Laudelino Freire (atual sede do Polivalente) até o Colégio Estadual Abelardo Romero Dantas, passando pelo centro da cidade. O ato simbólico será acompanhado SEC Banda.

Placa de segurança que SSP não quer identificar. Caso vai parar na OAB/SE
O cidadão que no dia 18 de julho deste ano sofreu um atentado, através de um membro da SSP que dirigia um veículo com placa de segurança na madrugada, comunicou o caso a OAB/SE e até mesmo ao gabinete do secretário Mendonça Prado. O MPE pediu ao diretor-geral da PC, Everton Santos, para identificar a placa e o delegado respondeu que não conseguiu.

Feira produtores rurais. Com o apoio do Sebrae, hoje, 05, na Praça Fausto Cardoso
Consumidores sergipanos poderão comprar alimentos mais saudáveis diretamente do Empreendedor Rural. Isso será possível graças à realização da Feira de Produtores Rurais, que será realizada na segunda feira, 05 de outubro, das 8h às 18h, na Praça Fausto Cardoso.

Sergipanos poderão comprar direto do homem do campo.
O evento contará com uma estrutura composta por 20 barracas, onde serão comercializados frutas, verduras, farináceos, derivados do leite e da mandioca, mel, ovos e outros produtos hortifrutigranjeiros. Todos os produtores são atendidos pelos projetos de agronegócio do Sebrae.

Iniciativa
A Feira faz parte das ações do Movimento Compre do Pequeno Negócio, uma iniciativa liderada pelo Sebrae para incentivar os cidadãos a adquirir produtos e serviços junto ás micro e pequenas empresas, de forma a auxiliá-las a superar as adversidades e fortalecer a economia. O Movimento tem como momento chave justamente o dia 5 de outubro, quando é comemorado o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa.

Novo caminho
“Estamos buscando viabilizar um novo caminho para a venda desses produtos e atender a uma demanda dos consumidores por alimentos mais saudáveis. Poder comprar direto de quem produz é mais vantajoso, pois permite que cliente e empreendedor possam negociar preços, prazos e quantidades de uma forma mais efetiva”, explica o superintendente do Sebrae, Emanoel Sobral.

Divulgação
Além da comercialização, a Feira também busca promover a divulgação do trabalho desenvolvido por esses produtores. Folders com os locais onde os alimentos são comercializados semanalmente na capital também serão distribuídos aos consumidores. Informações na Unidade de Agronegócio do SEBRAE, com a gerente Angela Souza, telefones (79) 2106-7729 e 2106-7700.

PELO TWITTER

www.twitter.com/PTsergipe  O Brasil perde um referencial ético e de luta em defesa da classe trabalhadora, mas ganha um vulto em sua história.

www.twitter.com/rfalcao13  Perdemos @zedutra13. Fará falta esse grande homem, companheiro e militante. José Eduardo Dutra, presente!

www.twitter.com/alanbarretoso  Nesta madrugada descansou do sofrimento físico e da hipocrisia dos homens, José Eduardo Dutra ou simplesmente Zé Eduardo!

www.twitter.com/AlberthoJorge1  Trabalhar no serviço público é bom e gratificante: o  que atrapalha é a porra da FOFOCA!!!

www.twitter.com/JoseRaimundos Preguiça,  lenga lenga, e postergação,  tres comportamentos que só produz desgraça.

DO LEITOR

Aracaju: Esgoto a céu aberto, incomoda os transeuntes e moradores.
Do leitor Leonardo Santos: “Falta de respeito é o que podemos dizer sobre o acumulo de esgoto na Rua Paraná, no Bairro 18 do

Forte. Como podemos ver na imagem ao lado, o pedestre tem que usar a rua, devido ao mato e esgoto acumulados na calçada e parte da rua. Esse descaso fica no fundo do Hospital Santa Isabel, próximo ao Hospital da PM e em frente a Escola de Ensito Fundamental Roberto Simonsen – SESI”.

ARTIGO

Fica a minha homenagem a esse bravo brasileiro. Por Eduardo Oliva

Tive bons momentos com Zé, nas conversas,  nas mesas de bares,  na política, no futebol (botafoguense apaixonado e amava a seleção brasileira). Em 1994 eu era do PSB e fui indicado para ser o seu suplente para o senado (os jornais da época chegaram a anunciar, mas a escolhida foi Valdiolanda) naquela memorável campanha. Senador eleito revelou-se na liderança da oposição e foi o primeiro parlamentar a enfrentar de forma segura e destemida o super poderoso presidente do Congresso Nacional Antônio Carlos Magalhães.  Acompanhamos juntos a Copa de 2002, última vez que o Brasil foi campeão, com uma galerera alege.  Naquele mesmo ano tivemos uma campanha memorável ao governo de Sergipe quando ele bravamente chegou ao segundo turno disputando com João Alves Filho,  abrindo o caminho para a vitória de Deda quatro anos depois.  Foi injustamente chamado de forasteiro pela oposição mas foi o melhor senador sergipano desde Gilvan Rocha. Presidiu a Petrobras num momento em que os numeros da empresa foram sempre positivos.

Neste turbilhão da Lava Jato seu nome jamais foi vinculado à falcatruas, e os jornais esqueceram de destacar isso. Fica aqui minha homenagem e meu profundo sentimento pela sua morte.

O país perdeu um patriota, um homem honrado, um homem de bem, um grande brasileiro. Que Deus o acolha como o homem  bom que de fato o foi e que Sergipe e o país  preste as honras e homenagens que lhe são merecidas.

Teresinha Oliva: alegria em não ver o nome dele enlameado
" Muito bom e muito merecido! Eu sempre acompanhei Zé Eduardo com orgulho e preocupação.  Nessa temporada de caça às bruxas, onde todo mundo é  colocado na vala comum da desonestidade, eu ficava sempre ansiosa e tinha a alegria de não  ver o nome dele enlameado.
Mas na semana passada, Cláudio Nunes destacou a figura e a integridade de Zé  Eduardo, como matéria  principal do seu blog;”

Lula: Zé Eduardo escreveu seu nome na história
Ex-presidente Lula no Facebook: “Na madrugada deste domingo, o Brasil perdeu um de seus mais comprometidos lutadores pelos direitos do trabalhador. O companheiro e amigo José Eduardo Dutra foi essencial para a construção da CUT no Sergipe, representou o Nordeste com paixão no Senado Federal e, como primeiro presidente da Petrobras dos governos do PT, deu início ao processo de revitalização que realizamos na empresa na última década. Escreveu seu nome na história presidindo o Partido dos Trabalhadores ao longo da eleição da primeira mulher presidenta do Brasil.
Neste momento de tristeza e luto, lamentamos que uma trajetória brilhante tenha sido interrompida tão cedo, e transmitimos nossos sentimentos e toda nossa solidariedade aos familiares e amigos.”
Luiz Inácio Lula da Silva e Marisa Letícia

Homenagem de Márcio Macêdo a José Eduardo Dutra

O secretário nacional de Finanças do PT, Márcio Macêdo, expressa seu pesar e tristeza pelo falecimento de José Eduardo Dutra, de quem era amigo, compadre e companheiro de partido.

O dia em que se perdeu o melhor amigo

Foi desta forma
O sol não nasceu com o brilho natural
A luz ofuscada provocou eclipse em nossos corações
Os raios, entretanto, queimaram o magma de uma existência
A chuva não alimentou a raiz da árvore,
não floriu as plantas, nem desabrochou seus frutos
Apenas inundou nossas almas
A brisa não chegou suave acariciando as nossas faces
Se apresentou quente e fria marejando os nossos olhos e mareando as nossas mentes
As ondas do mar chegaram tímidas, sem querer espalhar as suas espumas brancas sobre a areia da praia
Os rios sonolentos retardaram a sua chegada ao oceano
A terra se partiu em talhos de abismos
O inverno se despediu indolor
A primavera se tornou incolor
O outono se anunciou sem sabor
E o verão sem luz, com frio se acovardou
Os bichos não correram
As crianças não brincaram
E os lábios não sorriram
É como se a terra tivesse parado para se despedir de uma das suas partes
Morreu Zé Eduardo Dutra…
A gestão perdeu um talento
A política ficou mais frágil
O PT sem um dos seus líderes
O tempo se despediu de um ser decente e a vida de uma chama de justiça e dignidade
A família ficou sem seu filho, irmão e pai
Os amigos sem a fidelidade de sempre
A menina sem o padrinho
E eu, sem meu companheiro, amigo, compadre e irmão.
Zé, fica o seu exemplo! Que a eternidade lhe seja feliz.

NOTA DE FALECIMENTO -PTSE

O presidente do Diretório Estadual do Partido dos Trabalhadores em Sergipe, Rogério Carvalho, lamenta profundamente a morte do companheiro José Eduardo de Barros Dutra, ocorrida nesta madrugada (04).
É mais uma dolorosa perda que o Partido dos Trabalhadores registra em sua história e que deixará um vazio insuperável.
Zé Eduardo nasceu em 11 de abril de 1957, no Rio de Janeiro; formou-se em Geologia, pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, em 1979, e em 1983 veio para Sergipe, para trabalhar na Petrobras Mineração S/A – Petromisa, no Projeto Taquari Vassouras.
Sua trajetória é marcada pela conduta ética e em defesa da classe trabalhadora; pela transparência e lisura no trato da coisa pública.
Construiu uma digna carreira política que honrou Sergipe e o coloca em nossa história, em suas páginas mais edificantes.
Filiou-se ao Partido de Trabalhadores em 23 de janeiro de 1986; foi presidente em 2002; participou ativamente do movimento sindical e político de Sergipe, sendo eleito senador, em 1994; presidiu a Petrobras, de 2003 a 2005; foi presidente nacional do PT, de 2010 a 2011; um dos coordenadores da campanha vitoriosa da presidenta Dilma, em 2010; presidiu a Petrobras Distribuidora e, recentemente, antes de sua enfermidade, exercia a função de Diretor Corporativo da Petrobras.
Zé Eduardo costumava dizer que “a gente não escolhe onde nascer, mas escolhemos onde viver” e ele escolheu Sergipe para sua morada e os sergipanos como seus companheiros.
Neste momento de profunda tristeza, o presidente Estadual do PT em Sergipe, a direção executiva do partido e sua militância, solidarizam-se à todos seus familiares e amigos e também se associam à dor que toma conta de todos.
O corpo do companheiro Zé Eduardo está sendo velado em Belo Horizonte, na Avenida Afonso Pena, 2158 – Bairro Funcionários – onde na segunda-feira, 05/10, às 10 h, será cremado.
Descanse em paz, companheiro Zé Eduardo Dutra.

Rogério Carvalho
Presidente do Diretório Estadual do PT/Se

PSB/SE está de luto

A executiva estadual do PSB cumpre o doloroso dever de registrar  com tristeza o falecimento precoce do companheiro de muitas lutas, José Eduardo Dutra.

Perdemos um cidadão valoroso, que muito contribuiu para o desenvolvimento de Sergipe e do Brasil.

Ficam a saudade, as marcas de competência nos desafios que assumiu  e o grande exemplo de honestidade, coragem e de dedicação na defesa da cidadania e da melhoria das condições de vida dos sergipanos!

“Zé Eduardo fez a escolha consciente do nosso estado para amar, para lutar, para colaborar, para trabalhar.”

Governo do Estado lamenta falecimento de José Eduardo Dutra

O Governo de Sergipe lamenta o falecimento do geólogo e ex-senador por Sergipe, José Eduardo Dutra, na madrugada deste domingo, 04. Dutra foi presidente da Petrobras e da BR Distribuidora e lutava contra um câncer. O funeral ocorrerá em Belo Horizonte (MG), nesta segunda-feira, 05, a partir das 10h.

O governador em exercício, Belivaldo Chagas, determinou luto oficial de três dias e informou que o Governo irá mandar celebrar uma missa na ocasião do sétimo dia do falecimento do ex-senador. Belivaldo disse que a morte de José Eduardo é uma grande perda para o estado de Sergipe e para o Brasil. "Um companheiro valoroso que deixa um legado de luta e de trabalho por Sergipe e pelo país nos importantes cargos que exerceu", declarou.

Licenciado por conta de uma cirurgia, o governador Jackson Barreto lembrou que José Eduardo Dutra foi um dos mais qualificados Senadores por Sergipe. “Ele saiu das minas de potássio para os movimentos sociais e de lá para o Senado Federal, chegando a ser presidente da Petrobras sem uma mácula em seu nome. Por onde passou, José Eduardo Dutra orgulhou Sergipe e o Brasil”.

Jackson ressaltou que José Eduardo era um símbolo de dignidade, de lealdade e de companheirismo. “Dutra teve sua vida ceifada demasiadamente cedo, assim como nossos grandes companheiros Marcelo Déda e Rosalvo Alexandre. Mas quem somos nós para compreendermos os desígnios de Deus? Resta-nos uma lacuna e uma grande saudade. Seu nome será sempre lembrado por nós, seus companheiros, e também pela nossa gente como uma bandeira de luta e de ética, um exemplo a ser seguido por essa e pelas futuras gerações. Descanse em paz meu amigo", disse, lamentando estar impossibilitado de ir ao velório e ao enterro devido à cirurgia que realizou no pé esquerdo. “Se eu não estivesse operado, certamente iria para Belo Horizonte abraçar sua família, a quem eu envio meus sentimentos por essa perda irreparável”.

Blog no twitter: https://.twitter.com/BlogClaudioNun

Frase do Dia
“A vida é um tecido de equívocos.” Cyro dos Anjos, escritor brasileiro, nasceu em 05 de Outubro de 1906 e morreu em 1994.

O texto acima se trata da opinião do autor e não representa o pensamento do Portal Infonet.
Comentários