Escritor Michel de Oliveira lança livro de contos distópicos

0
A tarde de autografo acontecerá neste sábado, 2, na externa do Bistrô Café Passado. (Foto: Assessoria de Imprensa)

A influência das redes sociais e da tecnologia, com um tom levemente distópico, são o tema de “Fatal Error”, livro do escritor Michel de Oliveira, que será lançado nesta sexta-feira, 1º de outubro, às 19h30, em uma live conduzida pelo escritor Ivandro Menezes, no canal do YouTube da Editora Moinhos.

No sábado, 2, das 16h às 18h, o escritor fará uma tarde de autógrafos na área externa do Bistrô Café Passado (Rua Joventina Alves, 250 – Salgado Filho). “Como ainda precisamos manter os cuidados contra a covid, não farei um lançamento tradicional, reunindo os amigos. Mas não queria passar em branco, então estarei no Café Passado durante o final da tarde, quem quiser passa lá e pega um exemplar autografado comigo”, detalha Michel.

Segundo o escritor Marco Severo, que assina a orelha do livro, “Fatal Error” coloca sob os holofotes a essência do comportamento humano, permitindo ao leitor vislumbrar o agora e os tempos que virão. “O livro nos dá a possibilidade de compreender um mundo em que – aparentemente – ainda não se vive, mas que já está em curso, com a tecnologia avançando sobre nossas vidas de maneira desmesurada, incompreensível e avassaladora”, descreve. Leia um trecho do livro gratuitamente ao final deste texto.

Destaque nacional

“Fatal Error” é o quarto livro de ficção de Michel, que tem se destacado como um dos escritores da nova cena literária, levando o nome de Sergipe para o cenário nacional. “Os desafios de publicar ainda são muitos, mas é sempre uma alegria apresentar um novo livro. É mais uma obra que ganha o mundo, espero que seja uma boa leitura para quem acolher meus escritos”, expressa o escritor.

Afeiçoado pela narrativa curta, Michel preserva o legado do nosso grande contista Antônio Carlos Viana, com uma linguagem direta, sem floreios. “O conto é meu gênero preferido, gosto de escrever e de ler contos. Com a vida corrida que a gente leva, um livro de contos é uma boa pedida, dá para ir lendo com calma, um conto por dia. O importante é manter o hábito da leitura”, enfatiza Michel.

Sobre o autor 

Michel de Oliveira é natural de Tobias Barreto, jornalista, escritor, fotógrafo e doutor em Comunicação e Informação pela UFRGS. Autor de “O amor são tontas coisas” (Moinhos, 2021), “O sagrado coração do homem” (2018), “Cólicas, câimbras e outras dores” (Oito e Meio, 2017) e do livro de não ficção “Saudades eternas: fotografia entre a morte e a sobrevida”. Foi finalista do Prêmio Açorianos e do Prêmio Sesc de Literatura.

Leia aqui (link: https://editoramoinhos.com.br/wp-content/uploads/2021/08/trecho_fatal_error.pdf ) um trecho gratuito de “Fatal Error”.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais