Abastecimento de água será suspenso nesta terça

0

O abastecimento de água será suspenso nesta terça-feira, em várias localidades da Grande Aracaju para a substituição de trechos da tubulação e equipamentos eletromecânicos da Estação de Bombeamento E-3. A previsão de Sílvio Múcio, diretor de Operações da Companhia de Saneamento de Sergipe (Deso), é que o abastecimento seja normalizado no decorrer de quarta-feira. “Oito equipes de técnicos estão envolvidas com a operação, que deverá ser concluída por volta das 18 horas, quando ocorrerá a imediata reativação do bombeamento”, explica.

Estão previstas a substituição de um trecho da tubulação com 800 milímetros de diâmetro, numa profundidade média de quatro metros; a troca de duas válvulas de pressão, também com diâmetro de 800 milímetros; de dois conjuntos de moto-bomba; rebaixamento da base de concreto das bombas e do lençol freático; e a troca de motores de 400cv por outros de 500cv de potência em dois conjuntos de moto-bomba. “Vamos trabalhar com oito equipes justamente para que os serviços sejam executados simultaneamente e, portanto, concluídos ao mesmo tempo”, afirma Sílvio Múcio.

A suspensão do abastecimento de água vai alcançar os seguintes bairros de Aracaju: Aloque, Santa Maria, Aruana, Mosqueiro, Farolândia, Ignácio Barbosa, Distrito Industrial de Aracaju, São Conrado, Joboatiana, Luzia, Ponto Novo, Jardins, Grageru, 13 de Julho, São José, Suíça, Pereira Lobo, Capucho, América, José Conrado de Araújo, Novo Paraíso e Siqueira Campos, além dos povoados Várzea Grande e Santo Inácio, em São Cristóvão.

De acordo com o diretor de Operações, a substituição de um trecho da tubulação se faz necessário porque a corrosão o danificou seriamente. “Só o novo tubo suportará a elevação de pressão causada pelo maior volume de água a ser bombeada”, diz Sílvio Múcio. Com isso, será possível aumentar a oferta de água para o centro de Aracaju, toda a Zona Sul e a Zona de Expansão, que passarão a receber cerca de 300 litros por segundo a mais do que é distribuído atualmente.

Fonte: Ascom Deso

Comentários