Acampados dizem que não deixam terreno na Aruana

0
(Fotos: Portal Infonet)

De acordo com os organizados do Movimento Organizado dos Trabalhadores Urbanos (Motu) já são cerca de 200 famílias que ocupam uma área, localizada no bairro Aruana, zona de expansão da capital sergipana. Os integrantes do Motu chegaram ao terreno na última sexta-feira, 19, e prometem não deixar o local, até que o pleito por moradia seja atendido.

Segundo, Edinaldo Adrelino de Jesus, a área pertence a União. “Se é da União é do povo. É preciso que todos entendam que este é um movimento organizado, estamos aqui para lutar pelos nossos direitos”, afirma. Edinaldo acrescenta que as famílias não receberam nenhuma visita do poder público, mas irá buscar os órgãos.

“Ainda essa semana, nós vamos buscar ajuda para que as crianças tenham transporte para irem a escola e também a distribuição de cestas básicas e inclusão das famílias no posto de saúde mais próximo”, fala.

Famílias preparam o terreno para erguer a lona

Edivaldo Andrade Lima, diz que a ocupação conta com crianças, idosos e adultos, sendo necessária uma assistência do poder público. “Nós não estamos somente na luta por moradia, mas também por saúde e educação”.

A equipe do Portal Infonet permanece a disposição dos órgãos citados para esclarecimentos por meio do (079) 21068000 ou jornalismo@infonet.com.br.

Por Kátia Susanna

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais