Acidente com carro de campanha:Juíza quer ouvir crianças

0

Audiência teve que ser remarcada (Foto: Portal Infonet)

Estava marcada para acontecer na manhã desta quarta-feira, 29, uma nova audiência que trata da morte da criança Renato dos Santos Pereira que faleceu vítima de um atropelamento por uma Kombi que fazia propaganda partidária, ocorrido no dia 13 de setembro de 2012.

Na oportunidade, a juíza Drª. Lidiane dos Santos Andrade pretendia ouvir as quatro crianças que estavam brincando com a vítima, no momento em que ocorreu o atropelamento, bem como o réu. Mas diante da ausência das crianças, por não terem sido intimadas, a audiência teve que ser remarcada para o dia 10 de junho a partir das 8h. Na ocasião, também será realizado o interrogatório do réu e ouvida as testemunhas de defesa.

Na oportunidade, o pai da criança compareceu ao Fórum Gumercindo Bessa para acompanhar o andamento da audiência. Ainda muito abalado, Ricardo dos Santos Pereira, preferiu conversar pouco com a reportagem. “Nem parei para pensar no que aconteceu com o meu único filho. Está nas mãos de Deus e o que for de fazer, ele fará”, conta ainda abalado.

Entenda

O garoto Renato dos Santos Pereira, quatro anos, morreu no dia 13 de setembro, ao ser atropelado por uma kombi que realizava campanha eleitoral para um vereador.  O crime aconteceu no bairro América, na zona oeste de Aracaju, enquanto a vítima brincava com outras crianças.

Por Aisla Vasconcelos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais