Acidentes de trânsito em Aracaju caem 14%

0
Levantamento foi feito pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT)

De janeiro a abril de 2017, Aracaju registrou menos acidentes de trânsito em comparação ao mesmo período do ano passado. O levantamento foi feito pela Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), que apontou uma redução de aproximadamente 14% neste tipo de ocorrência.

Foram 995 acidentes de trânsitos nas ruas e avenidas da capital nos primeiros quatro meses deste ano contra 1.152 durante o mesmo espaço de tempo em 2016. Quando são consideradas apenas as ocorrências com feridos, o número também é menor: 312 neste ano contra 386 do ano passado. Uma queda de quase 20%.

Para o superintendente da SMTT, Aristóteles Fernandes, o levantamento prova que a nova gestão do órgão começou no caminho certo. "Não podemos comemorar os números, porque a gente reconhece que ainda há muitos acidentes, mas essa diminuição mostra que as nossas primeiras ações estão conduzindo Aracaju para um trânsito mais seguro", diz Aristóteles.

Pequenas ações que fazem a diferença

O objetivo da Prefeitura de Aracaju é reduzir ainda mais o número de acidentes de trânsito na capital sergipana. Para isso, já estão sendo executadas ações de pequeno porte, como reposição de placas de sinalização. “Parece uma coisa pequena, mas quando uma placa não está visível para o condutor, isso facilita colisões e ocorrências similares”, destaca a coordenadora de Sinalização da SMTT, Sheila Thereza.
A maior presença de agentes de trânsito em vias com alto índice de acidentes também é um fator que pesa nesta redução. “Por exemplo: estamos praticamente todos os dias na região da avenida Euclides Figueiredo, que está passando por obras e que registrava acidentes quase que diariamente. Agora o número caiu”, cita Thiago Alcântara, diretor de Trânsito da SMTT.

Ainda no primeiro semestre, o órgão de trânsito dará início à revitalização das faixas de pedestre da cidade, o que garantirá uma travessia mais segura para os pedestres e, certamente, contribuirá para derrubar ainda mais os números de acidentes na cidade.

Educação para o trânsito

A intensificação das ações educativas também influenciou na menor incidência de acidentes, segundo o coordenador de Educação para o Trânsito da SMTT, Jorge Luiz da Conceição. “Todas as semanas estamos em diferentes pontos da cidade levando a mensagem de conscientização sobre segurança no trânsito para pessoas de todas as idades. Isso faz a diferença”, afirma Jorge.

Neste ano já foram desenvolvidas mais de 50 atividades dessa natureza em diversos pontos da cidade. Seja com apresentações teatrais, palestras, distribuição de panfletos ou comandos educativos, a SMTT aposta cada vez mais na educação como o principal recurso para transformar as ruas e avenidas de Aracaju em lugares mais seguros.

Planejamento

Enquanto isso, ações de médio e grande porte estão incluídas no planejamento estratégico da Prefeitura de Aracaju para os próximos três anos e meio com foco na melhor mobilidade para a população e diminuição do número de acidentes. A revitalização e expansão das ciclovias, o investimento em fiscalização eletrônica e as mudanças estruturais em algumas vias são exemplos disso.

O superintendente da SMTT reforça que a meta é reduzir os números de acidentes drasticamente até 2020. “Foi muito bom receber essa notícia em pleno ‘Maio Amarelo’, que é o movimento mundial para alertar a sociedade sobre as vítimas de trânsito. É um estímulo para que a gente siga nesse caminho”, frisa.

Aristóteles lembra ainda que o poder público e a sociedade civil precisam somar forças para promover um trânsito mais seguro. “Estamos totalmente em sintonia com o projeto do prefeito Edvaldo Nogueira de reconstruir a qualidade de vida da nossa Aracaju. Estamos fazendo nossa parte enquanto gestão, mas contamos também com o apoio da população nesta luta. Todos precisamos seguir as normas de trânsito à risca”, finaliza o superintendente da SMTT.

Fonte e foto: Ascom SMTT

Comentários