Acordo no TST encerra a greve dos Correios

0

Os funcionários da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) de todo o país decidiram nesta sexta-feira, 21, encerrar a greve iniciada no dia 13. O acordo para a suspensão da greve, firmado no Tribunal Superior do Trabalho (TST), prevê reajuste salarial de 3,74%, mais R$ 500 de abono, R$ 60 a partir de janeiro de 2008 e aumento do vale-refeição para R$ 17. A greve chegou à Justiça do Trabalho porque não houve acordo na negociação entre trabalhadores e diretores da estatal.

 

Inicialmente, os servidores pediam 47,7% de reajuste, mais R$ 200 de aumento linear para todos os trabalhadores, além de um novo plano de cargos e salários. A categoria não havia aceitado a primeira a proposta da diretoria dos Correios após a greve: abono de R$ 400 e inclusão dos pais dos funcionários no plano de saúde. Segundo informações dos Correios no início da greve, entre 2003 a 2007, os empregados tinham acumulado reajustes de 103%, contra uma inflação de 46,8%.

Atualmente, um servidor da ECT em início de carreira ganha R$ 524 mensais.

 

Fonte: Agência Brasil

Comentários