Adolescente acusada de matar mãe não está arrependida

0
IML: três assassinatos no sábado (Foto: Arquivo Portal Infonet)

Acusada de matar a própria mãe com um tiro na cabeça, uma adolescente de apenas 13 anos revelou à polícia que não se arrependeu do crime que cometeu e, após confessar a ação, foi encaminhada para a Delegacia Especial de Atendimento à Criança e ao Adolescente (DEPCA), onde aguarda decisão judicial. O crime aconteceu na tarde do sábado, 10, na Fazenda Barreiro, no município de Ribeirópolis.

A princípio, os policiais militares que atuam no município de Ribeirópolis receberam informações de que a vítima, identificada como Márcia Brito Santana, 33, teria cometido o suicídio. Mas, posteriormente, a adolescente acabou confessando o assassinato. A vítima estaria com uma criança no colo, que seria o filho mais novo.

À polícia, a adolescente contou detalhes com frieza, segundo informações de um agente que acompanhou os procedimentos legais durante a apreensão da adolescente. Antes de disparar a arma, a adolescente teve o “cuidado” de retirar o bebê dos braços da mãe, para não atingi-lo. Aos policiais, a adolescente revelou que teria estranhado o fato da criança não ter acordado com o barulho do único tiro que teria disparado contra a mãe.  “Estranhei porque meu irmão não acordou e eu fiquei quase surda com o barulho do tiro”, teria declarado a adolescente ao confessar crime.

A polícia ainda investiga a procedência da arma utilizada pela adolescente e há indícios de que o crime foi incentivado pelo namorado da acusada. O assassinato, de acordo com os primeiros levantamentos da polícia, foi cometido no início da tarde do sábado, 10, mas o corpo da vítima chegou ao IML às 22h55.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais