Advogado acusado de estuprar criança em supermercado é indiciado

0
Delegada Anneclay França fechou o caso dentro do prazo estipulado (foto: Arquivo Portal Infonet)

A Delegacia de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítima (Deacav) indiciou o advogado André de Jesus Santana, por estupro de vulnerável e   reeteu à justiça. A delegada à frente do caso, Anneclay França, concluiu o inquérito dentro do prazo estipulado pela legislação quando alguém é preso em flagrante – 10 dias. O advogado continua preso no Presídio Militar (Presmil).

As informações foram confirmadas pela assessoria de comunicação da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP/SE), ao ressaltar que não necessita haver conjunção carnal para se configurar o crime de estupro porque a vítima tem idade inferior a 14 anos.

O Portal Infonet está à disposição da defesa do acusado pelo e-mail jornalismo@infonet.com.br ou tel (79) 2106-8000.

Caso
O advogado André de Jesus Santana foi preso em flagrante no último sábado, 3, suspeito de tentar estuprar um menino de 12 anos em um banheiro de um supermercado na capital. De acordo com a Secretária de Segurança Pública (SSP/SE), a prisão em flagrante foi convertida em preventiva após a audiência de custódia. André estava preso na 8ª Delegacia Metropolitana (DM) e foi transferido para o Presmil.

Ainda segundo informações da SSP/SE, a suspeita de estupro aconteceu em um banheiro de um supermercado. Uma funcionária do estabelecimento, responsável pela limpeza dos banheiros, notou a presença de duas pessoas dentro de uma das cabines e acionou os seguranças, conforme procedimento padrão do supermercado. Os seguranças flagraram o advogado com o menino de 12 anos naquele espaço destinado a apenas uma pessoa.

A Polícia Militar foi acionada e os envolvidos foram encaminhados ao Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV). Após as oitivas, a delegada Renata Aboim realizou o flagrante pelo crime de estupro de vulnerável.

Por Raquel Almeida com informações da SSP/SE

Comentários