Agência dos Correios de Itabaiana fecha após suspeita de Covid-19

0
Medidas estão previstas em decisão liminar da Justiça do Trabalho (Foto: Ilustrativa/Arquivo)

A agência e o centro de distribuição dos Correios, que funcionam no mesmo prédio, em Itabaiana, tiveram os atendimentos suspensos, nesta última semana, após identificada suspeita de Covid-19 entre os funcionários das unidades. Assim como ocorreu em uma unidade operacional de Aracaju, há uma semana, os Correios precisaram interromper as atividades das unidades até que todos os profissionais sejam testados, afastando aqueles que testarem positivo e desinfectando os locais de trabalho, conforme prevê decisão liminar da Justiça do Trabalho determinando tais medidas.

Por meio de nota, os Correios informaram que na próxima segunda-feira, 25, conclui o processo e sanitarização da agência e o retorno das atividades está programado para o dia seguinte. A empresa informou ainda que segue “acompanhando a situação de saúde dos seus empregados, prestando o apoio necessário e, também, atuando para garantir o bom funcionamento das atividades operacionais”, pontua, em nota.

Enquanto as unidades de Itabaiana mantêm os atendimentos suspensos, no Centro de Distribuição da Zona Norte de Aracaju, que foi fechado há uma semana, os trabalhos já foram retomados. Segundos os Correios, todos os profissionais foram testados e as medidas sanitárias aplicadas. A capital, no entanto, tem três agências com os serviços paralisados. Segundo a empresa, o motivo são os decretos municipal e estadual. “As demais agências estão abertas ao público, com todos os serviços e produtos disponíveis à população”, complementa.

A nota da empresa acrescenta ainda que lamenta eventuais transtornos à população neste momento de adversidade e adaptação de todos os setores da sociedade. A empresa reitera que está trabalhando para viabilizar, com segurança, a continuidade de suas atividades, essenciais para atender a população nesse momento em que mais precisa, e segue à disposição pelos telefones 3003-0100 (capitais e regiões metropolitanas) e 0800 725 7282 (demais localidades), ou pelo Fale Conosco, no site www.correios.com.br.

Por Ícaro Novaes

Comentários