Angico: Polícia cumpre mandados judiciais em Aparecida

0

Capitão Matheus Soares/Foto: SSP/SE
Policiais civis da delegacia da cidade de Nossa Senhora Aparecida e da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci), coordenados pelo delegado Nélio Bicalho juntamente com policiais do Grupo de Ações Táticas do Interior (GATI) da Polícia Militar de Sergipe, cumpriram dois mandados de busca e apreensão nas primeiras horas desta quarta-feira, 10, no município de Nossa Senhora Aparecida, distante 93 quilômetros de Aracaju. Durante a ação, foi preso o lavrador Sérgio de Jesus Santana e apreendido um adolescente, que estavam numa residência localizada no centro da cidade.

Com a dupla, os militares apreenderam duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 32, da marca Rossi, e outra de calibre 36, além de diversos cartuchos de ambos calibres e 17 aparelhos de telefonia celular. Segundo o comandante do GATI, capitão Mateus Soares, que esteve à frente das equipes, os mandados de busca e apreensão foram expedidos pela Comarca de Ribeirópolis, no dia 4 de fevereiro de 2010.

A operação contou, ainda, com agentes civis da Coordenadoria de Polícia Civil do Interior (Copci) e da delegacia regional do município de Nossa Senhora da Glória. “Os mandados de busca e apreensão estão relacionados aos crimes de porte ilegal de arma de fogo e prática de assaltos à mão armada”, informou Mateus. As ações são decorrentes da “Operação Angicos’, iniciada no dia 1º de fevereiro deste ano, que visa ao cumprimento de mandados de prisão e busca e apreensão, além do enfrentamento à criminalidade nos municípios do sertão sergipano.


Com estas prisões, a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) chega nesta quarta-feira,  ao saldo de 36 prisões realizadas nas ações desenvolvidas no sertão sergipano durante a operação “Angico”. Já foram apreendidas até o momento onze armas de fogo e recuperados objetos furtados ou roubados, além de 41 cabeças de gado.

Comentários