Apreciação da reforma administrativa adiada

0

A votação da reforma administrativa do Governo Estadual, marcada para hoje, foi adiada para uma data indefinida. O projeto da reforma foi elaborado pela Fundação Dom Cabral e visa a diminuição de custos para os cofres públicos. De acordo com o assessor de comunicação da Assembléia, Raimundo Luiz, “não há previsão de quando será feita a convocação”. A informação que circula entre os funcionários é de que o pleito possa ocorrer amanhã. Segundo oregimento interno da Assembléia, a convocação deve ser feita com uma antecedência de 24 horas para que os parlamentares preparem seus discursos. Apenas no caso de ser feita pelo Governador do Estado, o aviso prévio é dispensado. Pelo projeto, pode acontecer a extinção de dois órgãos, a Fundese e a Emsetur. Outros, como a Emdagro, Cohidro, Deso, Codise e Cehop podem ser transformados em autarquias. Já o Banese e a Segrase continuam como estão.

Comentários