As mulheres do MST deixarão o acampamento armado na praça da Bandeira

0

Mulheres acampadas na praça da Bandeira devem deixar o local(Foto: Portal Infonet)
As mulheres do Movimentro dos Sem Terra (MST) que estão acampadas desde a manhã da última terça-feira, 1°, na praça da Bandeira, devem retornar para seus acampamentos na tarde de quinta-feira,3.

De acordo com a dirigente do movimento MST em Japaratuba, Gisélia Brito Fortunato, as mulheres decidiram retornar aos seus acampamentos por conta da falta de estrutura. “Tivemos até o apoio da Deso e de outros órgãos, mas a praça em si não nos dá estrutura para ficar aqui até sexta-feira, como pretendíamos”, explica.

Gisélia ainda pontuou que o movimento era em defesa dos direitos da mulher. “Esse ato é realizado todos os anos no mês em que se comemora o Dia da Mulher, onde reivindicamos nossos direitos. Principalmente as mulheres do campo”, salienta.

Gisélia Brito diz que por conta da falta de estrutura devem deixar o local(Foto: Portal Infonet)
Para a diretora do movimento no município de Saúde no sertão do estado, Solange Feitosa Santos, a participação das mulheres nas lutas de classe tem sido cada dia maior. “Essa participação é importante no sentido de construir outras relações, de fortalecer as mulheres que são tão discriminadas e que a séculos sofrem com a omissão dos direitos”, ressalta.

Durante toda a manhã desta quarta-feira, 2, no acampamento montado na praça da Bandeira, as mulheres participaram de palestras e assistiram apresentações musicais.

Por Alcione Martins

Comentários