As polícias Federal e Civil se unem contra o crime

0

Uma parceria entre as polícias Federal e Civil do Estado deve ser formalizada para evitar assaltos a bancos e a carros-forte em Sergipe. Acredita-se que, pelo fato de muitos assaltantes de outros Estados estarem agindo entre os Estados de Bahia e Pernambuco, Aracaju esteja sendo escolhida para a elaboração de ações criminosas dentro de Sergipe e redondezas. Em 2005, pelo menos três agências e vários postos de serviços de agências bancárias e Correios tiveram suas instalações invadidas por ladrões e, em alguns casos houve até morte.

 

O coronel Maurício Iunes, comandante do policiamento de elite da Polícia Militar, retornou do sul do país, onde foi  se especializar em novas ações contra o crime organizado. O grupo comandado por ele obteve êxito na caça aos assaltantes que agiram no município de Lagarto, de onde levaram da agência bancária mais de R$ 1 milhão. Quase todo o dinheiro foi recuperado. Já é sabido que criminosos sergipanos estão ajudando bandidos de outros Estados, o que facilita a ação das quadrilhas.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais