Assassinado homem condenado por morte de ex-deputado

0
Rosemberg busca socorro em consultório e morre no sofá (Foto: Cássia Santana/Portal Infonet)

Rosemberg José Guilherme Marques, que cumpria pena em regime aberto por envolvimento no assassinato do ex-deputado Joaldo Barbosa, foi assassinado a tiros na porta de um consultório odontológico, crime ocorrido na tarde desta terça-feira, 18, na rua Lagarto, em Aracaju. Mesmo baleado, Rosemberg Marques conseguiu correr e morreu sentado no sofá dentro do consultório dentário, onde aguardava atendimento.

De acordo com informações do tenente-coronel Vivaldy Cabral, comandante do 8º Batalhão da Polícia Militar, a vítima chegou a receber uma ligação telefônica dentro do consultório dentário e teria fornecido o endereço onde se encontrava. Momentos depois, ele saiu e, na porta, homens que ocupavam um veículo de passeio na cor escura dispararam vários tiros, atingido a vítima nas costas. Baleado, Rosemberg Marques buscou socorro, voltando para a sala de espera do consultório dentário, onde morreu sentado no sofá.

De acordo com o tenente-coronel Vivaldy, Rosemberg Marques se apresentava como advogado. Na Ordem dos Advogados do Brasil de Sergipe (OAB/SE) não há registro. O presidente da entidade, Henri Clay Andrade, informou ao Portal Infonet que desconhece a vítima.

Pelo assassinato de Joaldo Barbosa, Rosemberg Marques foi condenado em junho de 2005 a pena de reclusão por mais de 19 anos em regime fechado, mas foi beneficiado pelo regime aberto no ano de 2011, tendo o dia 15 de outubro de 2025, o prazo final de cumprimento da pena.

Por Cássia Santana

Comentários