Assassinos de Joaldo Barbosa cumprirão pena em regime aberto

0

Antônio Francisco Junior e Rosenberg Marques, condenados a 19 anos de prisão pelo assassinato do ex-deputado Joaldo Barbosa, conseguiram progressão de pena através de um mutirão no qual vários presos conseguiram ter suas penas revistas. A partir de agora, eles cumprirão o resto da pena em regime aberto, no qual os presos podem passar o dia na rua para trabalhar e exercer outras atividades e durante a noite devem voltar à prisão para dormir (regime de albergue).

A juíza Maria de Fátima Barros, responsável pela progressão da pena, explicou que como no Estado de Sergipe não existe o regime de albergue, eles poderão dormir em casa. 

A juíza falou também porque os dois condenados conseguiram entrar nesse regime. “Eles conseguiram a progressão por bom comportamento, por nunca terem cometido nenhuma falta grave e por já terem cumprido 1/3 da pena”. Ele resssaltou que caso não sigam as condições do regime aberto eles poderão voltar à cadeia.


 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais