Até PSDB coube nos elogios de Déda

0

Na coletiva de ontem, 2, o governador eleito elogiou todos aqueles que participaram de sua campanha, sem esquecer os integrantes do PSDB que o apoiaram. Só teve palavras de encômios ao deputado federal Bosco Costa, que rompeu com o seu partido e sequer foi candidato a reeleição para poder apóia-lo.

Prestou homenagem também ao ex-governador Seixas Dória, que deu depoimento decisivo ao programa eleitoral. O governador eleito garantiu que vai concluir todas as obras deixas pelo governo atual, mas se reserva o direito de examinar todos os contratos destas obras e que vai conservar a ponte Aracaju-Barra porque ela é, hoje, um patrimônio do povo sergipano.

Disse que só conversará sobre sucessão municipal com o prefeito Edvaldo Nogueira no tempo que ele julgar conveniente. “Aqueles que não foram reeleitos serão peças indispensáveis ao meu governo”.

O governador eleito mostrou-se indignado “com as trapalhadas do PT que, visando prejudicar uma eleição em São Paulo, terminou por prejudicar a reeleição do presidente Lula já no primeiro turno”. Disse ele que, “O PT tem que ter uma mudança profunda”.

Por Ivan Valença

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais