Ativistas defendem conscientização para combater a transfobia

0

Roda de Debate foi promovida pela OAB/SE (Foto: divulgação)

Ativistas do movimento LGBT defenderam que a conscientização é uma das maiores armas no combate a transfobia. O assunto foi discutido na noite desta quarta-feira, 7, durante roda de debate promovida pela omissão de Diversidade Sexual da OAB/SE.

Mônica Porto, que é uma das organizadoras do evento e integrante da Comissão de Diversidade Sexual, conta que os casos de ódio têm aumentado e que é preciso debater esse tipo de situação. “Estamos em uma onde de ódio muito grande no Brasil e as transexuais são seres humanos. Então, precisamos nos unir, pois nenhum tipo de violência pode ser aceito. Mais do que os advogados estarem juntos para defender, é preciso abrir essas rodas de debate com frequência para poder abranger um público maior”, opina.

Mônica Porto é uma das organizadoras do evento

O que gente quer é que as pessoas tenham acesso as informações, pois só assim elas poderão ter respeito e compreender os LGBTS e trans que são as mais marginalizadas e excluídas socialmente por vários processos de evasão seja familiar, escolar ou profissional”, comenta  ativista transfeminista, Linda Brasil.

O delegado Mário Leone, que também participou do debate, levantou a necessidade denunciar os casos de transfobia. “Quem presenciar um tipo de situação com essa deve ligar para o Disk Denúncia e nunca se omitir de relatar essas fatos, pois muitas vezes, a vítima não se sente encorajada, ela sente vergonha ou se sente constrangida”, relata.

Ativista transfeminista Linda Brasil

A Roda de Conversa foi promovida pela OAB/SE com o objetivo de defender ebater e propagar a conscientização sobre o combate à transfobia, defendendo os direitos e a igualdade entre todo ser humano. O debate partiu do caso Laysa Fortuna, que foi assassinada por um morador de rua que costumava ameaçar as transexuais no Centro de Aracaju. Também participaram do evento, a advogada Renata de Oliveira (representante da CasAmor), o psicólogo Thiago Mesquita, além de membros da comissão organizadora do evento.

por Verlane Estácio

Comentários