Ato da Prefeitura é marcado por protesto de moradores no Jabotiana

0
Moradores cobram ações do Poder Público no Jabotiana. (Foto: Portal Infonet)

O ato de anúncio das medidas da Prefeitura Municipal de Aracaju para recuperação da cidade após o período chuvoso foi marcado por protestos na manhã desta terça-feira, 16, na Praça Iselte Fernandes, bairro Jabotiana. Moradores do bairro aproveitaram da solenidade e fizeram um manifesto por medidas que resultem na erradicação de futuros transtornos pelos quais a comunidade sofreu durante as chuvas.

Morador Stoessel Chagas (à esquerda) ao lado da estudante de biologia, Ariel Dantas. (Foto: Portal Infonet)

A manifestação foi recheada de vaias, reclamações, gritos, mas também de diálogo, já que os mobilizadores conseguiram chegar ao prefeito Edvaldo Nogueira (PCdoB) e ao governador Belivaldo Chagas (PSD) e definiram agendas para os dias 29 de julho com o prefeito e 1º de agosto com o governador. “A situação que vivemos hoje tem responsável e não é a chuva. Alguns dos culpados estão aqui e se estão aqui, queremos enquanto comunidade que eles resolvam”, reivindica o morador Stoessel Chagas.

Entre as cobranças levantadas pelos moradores estava a ausência do governador nas comunidades durante as chuvas que geraram transtornos no Jabotiana e a paralisação da obra que vem sendo executada pela Companhia de Abastecimento de Sergipe (Deso) na Lagoa Doce, a qual é classificada como irregular pela população local.

Prefeito Edvaldo Nogueira dialoga com manifestantes. (Foto: Portal Infonet)

Na sua fala, Belivaldo Chagas foi enfático na resposta: “O governo não está omisso […] Se alguém me provar que a obra na lagoa [doce] é um problema, eu determino que a Deso paralise a obra. Mas até agora o que temos são informações do corpo técnico de que não há problema”, discursou o governador.

Ao Portal Infonet, Edvaldo Nogueira, por sua vez, se limitou a dizer: “Vamos ter uma reunião com a comunidade. Já marcamos. Será dia 29”, disse.

Ações da Prefeitura

Cerca de 400 trabalhadores de equipes da Superintendência Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), da Empresa de Obras e Urbanização (Emurb), da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), das secretarias da Saúde, Defesa Social e da Fundação de Formação para o Trabalho (Fundat), que atuarão a partir da solenidade desta terça-feira, 16. Entre as ações, estão os serviços de limpeza, tapa-buraco, vistoria em residências, atendimento médico, organização de trânsito, expedição de carteiras de Identidade e do Trabalho, cadastro de currículos, cortes e escova de cabelo.

por Daniel Rezende

Comentários