Audiência sobre uso de piercings e tatuagens é adiada

0

A audiência pública que discutiria o uso de piercings e tatuagens na manhã de hoje, 14, no Ministério Público foi adiada para o próximo dia 1º, às 9h. O adiamento foi causado por problemas de saúde da promotora Euza Missano, que presidiria a audiência. 

Com o intuito de disseminar a campanha de conscientização do uso entre as crianças e os adolescentes, órgãos ligados a área se reúnem desde o ano passado.

Em 2005, conselhos de Medicina e de Odontologia, órgãos de saúde pública do Estado e do Município e profissionais da área assinaram documento no Ministério Público de Sergipe se comprometendo com ações de conscientização para jovens e os pais sobre as conseqüências do uso de piercings e tatuagens para a saúde dos adolescentes.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais