Auditores fiscais voltam ao trabalho

0

Cantidiano Novais foi multado por causa da greve
Os auditores fiscais de Sergipe decidiram no final desta terça-feira, 11, aceitar a proposta do Governo do Estado e suspender a paralisação. Os servidores se mantêm em estado de mobilização e aguardam que, num prazo máximo de 15 dias, todos os itens da pauta de negociação sejam resolvidos.

 

Dentre as promessas que fizeram com que os auditores suspendessem a greve estão a imediata publicação de escala de jornada de plantões, com carga-horária não superior a 30h semanais. Além disso, o pagamento do adicional noturno, a negociação quanto ao percentual da produtividade variável e o levantamento, caso a caso, da necessidade de reenquadramento dos aposentados.

 

Os auditores paralisaram as atividades no último dia 27 de fevereiro. No dia 5 de março, a greve foi decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça do Estado, a decisão também aplicava uma multa de R$ 5 mil por dia de descumprimento. Dois dias depois, uma outra multa foi destinada ao presidente do Sindifisco, Cantidiano Novais, de R$ 2 mil por dia.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais