Aumenta o número de municípios afetados pela seca em SE

0
Seca castiga o interior há mais de 8 meses (Fotos: Portal infonet)

A Defesa Civil Estadual reconheceu a situação de emergência em mais quatro municípios de Sergipe. Agora são 28 municípios reconhecidamente em dificuldades, devido à seca que atinge todo o Estado. O decreto oficial de situação de emergência dessas cidades deverá ser divulgado na próxima semana. Outros municípios, também em estado de emergência, ainda aguardam o reconhecimento da Defesa Civil.

Os novos municípios sergipanos que terão reconhecidos seus decretos municipais  serão Ribeirópolis, Capela, Aráua e Itabaianinha. A informação é do diretor do Departamento Estadual de Proteção e Defesa Civil de Sergipe (Depec), Tenente-Coronel José Erivaldo Mendes. Ele explica que embora os números estejam aumentando, as ações de combate à seca estão sendo também incrementadas concomitantemente. Mendes explica que algumas cidades estão sendo ainda analisadas, mas passarão pelos critérios técnicos para que seja configurado o estado de emergência.

“Algumas cidades ainda estão em análise, mas é possível que o número aumente. Estamos avaliando ainda os critérios técnicos, mas tenho já a ideia de que irá se configurar estado de emergência, devido à falta das chuvas. Nós temos o apoio do Governo Federal, que nos auxilia levando água para o consumo humano e do Governo do Estado, que fez um acréscimo de 40% desse volume da necessidade de atendimento dessa população”, explica.

Coronel Mendes "nós vamos dobrar esse atendimento com novas ações"

Segundo Mendes, o Governo do estado aumentou em 60% o atendimento à população atingida pela seca. “Agora nós vamos dobrar esse atendimento, com o apoio do Exército Brasileiro, para atender melhor essa população inclusive aos animais. Desde 2011, o governo entrou com a ação do carro pipa. Tivemos também o apoio da distribuição de cestas para as famílias mais vulneráveis. O aumento dessas ações trará ainda mais benefícios para essa população que passa por esse momento de dificuldade”, disse o Coronel.

Emergência

Vinte e quatro cidades tiveram o estado de emergência decretado oficialmente. São elas: Poço Redondo, Poço Verde, Porto da Folha, Tobias Barreto, Nossa Senhora da Glória, Canindé de São Francisco, Gararu, Itabi, Nossa Senhora Aparecida, Pedra Mole, Graccho Cardoso, São Miguel do Aleixo, Carira, Pinhão, Monte Alegre, Tomar do Geru, Nossa Senhora de Lourdes, Frei Paulo, Macambira, Feira Nova, Riachão do Dantas, Nossa Senhora das Dores, Lagarto e Simão Dias.

Juntos, os municípios somam uma população de 442.719 habitantes que agora poderão contar com os programas do Governo de assistência às comunidades que perderam suas lavouras com a seca. Para discutir a situação Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Inclusão, Assistência e do Desenvolvimento Social (Seides) e a Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) realizam nesta quarta-feira, 3, na Câmara de Vereadores de Nossa Senhora da Glória, uma reunião com gestores de 37 municípios que serão beneficiados com programas de mecanização agrícola, distribuição de sementes e limpeza de pequenas barragens e aguadas.

Jackson Barreto garantiu novas ações no combate a seca

O evento, segundo informou o governador do estado em exercício, Jackson Barreto, faz parte das ações de combate à seca. “O Governo assumiu o compromisso de entre abril e maio comprar milho nos estados do sul do país. A iniciativa tem como objetivo tentar sanar as dificuldades que estamos passando. Estamos aqui discutindo também com o Governo Federal como recompor a economia, o nosso rebanho e a questão da compra de alimento do rebanho”, disse o governador.

Por Eliene Andrade

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais