Banco do Nordeste assina contrato para implementar turismo

0

O presidente do Banco do Nordeste, Byron Queiroz, embarcou para Washington, integrando a delegação do ministro Pedro Malan, para participar de reunião do Fundo Monetário Internacional, cumprir agenda no Banco Mundial e assinar a operação do Prodetur/NE II com o Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. A assinatura do contrato acontecerá nessa sexta-feira, dia 28. A solenidade será realizada na sala do presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – Enrique Iglesias. A primeira etapa do Programa de Desenvolvimento do Turismo no Nordeste, iniciada em 1995, corresponde a recursos no valor de US$ 400 milhões, dos quais US$ 240 milhões aportados pelo BID e o restante, US$ 160 milhões, representando a contrapartida nacional. A segunda fase do Prodetur/NE destinará cerca de US$ 800 milhões em recursos para fortalecer a infra-estrutura turística nos nove Estados nordestinos e parte de Minas Gerais e do Espírito Santo. Desse total, US$ 480 milhões corresponderão ao financiamento do BID e o restante à contrapartida da União, dos Estados beneficiários e até mesmo do setor privado. A nova fase do Prodetur/NE insere-se na estratégia do Banco do Nordeste, governos nordestinos e demais parceiros, de busca conjunta de ações para viabilizar o produto turístico do Nordeste e sua comercialização nos mercados interno e externo, garantindo mais renda e ocupação a milhares de pessoas.

Comentários