Banese vai repassar recursos à Apae

0

Presidente da Apae assina repasse de recursos do Banese (Foto: Ascom/Banese
O Banco do Estado de Sergipe (Banese), dentro de sua postura de responsabilidade social está apoiando a Associação de Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Aracaju (Apae), com recursos financeiros e um projeto de auxílio continuado, em face da crise que passa a entidade de assistência. A ajuda foi anunciada pelo presidente do banco, Saumíneo Nascimento, com assinatura de liberação de recursos, que ocorreu durante visita a convite, nesta quinta-feira, 30, do presidente da Apae, Homero Felizola ao Banese.

A Apae passa por séria crise com atraso dos salários de funcionários como fonoaudiólogos, neurologistas, assistentes sociais e enfermeiros, que atendem cerca de 348 crianças, provenientes de 22 municípios sergipanos, com Síndrome de Dawn, paralisia múltipla ou deficiência mental. A entidade tem caráter filantrópico e para sobreviver conta com doações de empresas e da sociedade civil.

De acordo com Saumíneo Nascimento, presidente do Banese, o auxílio à Apae não se restringe a essa demanda pontual e sim a um projeto que está sendo elaborado, dentro das ações de responsabilidade social do banco, envolvendo todo seu corpo de funcionários, em torno de 1.200, além das empresas coligadas. “Os baneseanos tem se engajado em várias ações de responsabilidade social e a Apae será nosso próximo objetivo, com ações de forma continuada, zelando para a continuidade desta importante instituição”, observou Saumíneo Nascimento.

Para Homero Felizola, presidente da Apae, a ajuda está chegando num momento oportuno e que foi uma ótima surpresa o convite do Banese para anunciar o repasse de recursos, que serão liberados já na próxima semana, e ainda o projeto que irá envolver os baneseanos em prol da entidade. Segundo ele, outras instituições estão fechando suas portas e a demanda está aumentando. “Nossos alunos vão poder dormir mais tranqüilos sabendo do apoio do Banese, essa semana recebemos mães preocupadas com o destino da APAE, e que agora ficarão confortadas. O Banese reafirma mais uma vez seu papel de responsabilidade social em nosso Estado, agradeço em nome de todas as nossas crianças assistidas”, conclui Homero Felizola.

Fonte: Ascom/Banese

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais