Banhistas tentam salvar tartaruga, mas ela acaba morrendo

0

Mesmo com a tentativa de salvamento por parte de banhistas, uma tartaruga verde morreu na tarde de hoje, 11, na região da praia José Sarney. O animal media 1,13 m de comprimento e 1,02 m de largura e pesava, aproximadamente 150 quilos. Este tipo de tartaruga está entre maiores da espécie.

Segundo informações do veterinário do projeto Tamar, Eduardo Melo, banhistas lhe informaram que encontraram a tartaruga ainda com vida e tentaram devolve-la ao mar de quatro a cinco vezes, cansada não conseguia vencer a arrebentação das ondas e retornava a areia. Na última tentativa, o animal não retornou e acabou morrendo.

“Quando chegamos ela já estava morta, boiando no mar”, relatou Melo. A tartaruga era uma fêmea adulta, o que causou surpresa no veterinário tendo em vista que não é normal encontra-la em praias sergipanas. “Quando é jovem pode ser encontrado, mas adulta é raro”, explicou ele. Esse tipo de espécie é normal ser vista em Fernando de Noronha, Atol das Rocas e no Espírito Santo.

O veterinário informou que foi feita a necropsia e aparentemente não foi encontrado nenhum sinal de agressão provocado, por exemplo, por redes de pescadores e mordida de tubarão. O motivo da morte da tartaruga ainda está sendo verificado.

Comentários