Barragem do Rio Poxim apresenta problemas estruturais, afirma ANA

0
ANA aponta problemas estruturais e Deso diz que a questão é a proximidade com a zona urbana (Foto: ASN)

A Barragem Sindicalista Jaime Umbelino Souza, a barragem do Rio Poxim, localizada em São Cristóvão, aparece na lista das barragens com algum comprometimento estrutural importante divulgada pela Agência Nacional de Águas (ANA).

A lista faz parte do último Relatório de Segurança da Barragens. O documento foi divulgado em 2017 e voltou a ser publicado nesta sexta-feira, 25, quando a ANA informou que a Barragem de Brumadinho – que se rompeu – não estava entre aquelas com situação crítica.

O relatório aponta que o problema da Barragem do Rio Poxim é a fundação composta de calcário e presença de várias surgências.

Deso

A Deso informou que a barragem foi construída sobre uma formação calcarea (rocha) com algumas fissuras que permitem a passagem de água pelo subsolo. Durante a construção, conforme a Deso, essas fissuras foram tratadas com preenchimento de nata de cimento.

A Deso disse ainda que faz monitoramento constante e manutenção da barragem e que tem um contrato com o professor Demóstenes Cavalcante, um dos maiores especialistas em solos do Nordeste. No ano passado, a barragem sofreu avaliação pela ANA, que não identificou problemas.

Ainda de acordo com a Deso, a grande questão da barragem do Poxim é a proximidade com a zona urbana, o que a torna de maior risco, mas um risco controlado.

A Deso destacou que realiza monitoramentos geotécnico e geofísico, manutenção das estruturas e instrumentação, além de inspeção com consultores de barragens do Banco Mundial.

 

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais